ou

É comum encontrarmos artigos na Internet com dicas para aprender um idioma rápido, como ficar fluente em pouco tempo para uma viagem ou o vocabulário corporativo mais utilizado para reuniões de negócios em outra língua. O que vejo pouco por aí é sobre o estudo de idiomas pelo simples prazer de aprendê-los, ou pelo menos com um pouco mais de tempo, sem uma finalidade específica.

Eu estudo dois idiomas atualmente.

Inglês, como não poderia deixar de ser, para fins profissionais. Apesar de conseguir me virar bem com o inglês, a fluência sempre tem a melhorar, além de aspectos gramaticais. Como não falo inglês no meu dia a dia (moro no Brasil, afinal), se eu não praticar, nunca vou melhorar e, pelo contrário – posso até ir deteriorando o que eu já aprendi.

Italiano, que é o meu idioma preferido no mundo inteiro. Não tenho uma finalidade específica além de estudar como hobby, por ter família italiana, por querer conversar em italiano com outras pessoas que também falem.

Percebo que o meu estudo para ambos os idiomas são bastante diferentes. Eu venho estudando inglês desde a adolescência, mas passei a me dedicar mais seriamente quando passei a utilizar no meu meio profissional. Uma coisa era ler artigos – outra era viajar para os Estados Unidos para fazer um curso em inglês ou ministrar uma palestra nessa outra língua. Além do que, é fácil entender inglês quando é um inglês ou um (vá lá) americano falando. Tente entender o inglês que outras pessoas com fluência tão insuficiente quanto a sua falam, ou com sotaques diferentes! Portanto, quanto mais conhecimento e fluência você tiver, melhor. Por isso, há cerca de dois ou três anos, eu comecei a fazer um curso de inglês online (até comentei no blog – clique aqui para ler). Foi excelente. Treinei essencialmente minha conversação e pontos gramaticais específicos, direcionados. Tinha parado há algum tempo de fazer, mas resolvi retomar. Continuo fazendo online, que prefiro. Gosto mais da dinâmica e também considero mais ace$$ível, além da flexibilidade de horários.

Continue lendo

Thais Godinho
10/02/2015
Veja mais sobre:
49
Notícias de uma semana pré-férias
Minha lista pessoal de coisas a fazer no próximo outono
Segredos do ex-CEO da Microsoft para equilibrar trabalho e vida pessoal