ou

A única maneira de definir prioridades é saber dizer “não” a determinadas atividades. Organização é uma escolha diária que a gente tem que fazer, senão é muito provável que a nossa vida acabe ficando caótica e a gente perceba só quando passar mal, for demitido(a), o filho se envolver com drogas etc.

Mas por onde começar? Pelo básico. Quando digo básico, estou me baseando na Pirâmide de Maslow, um conceito comum utilizado na publicidade. Já falei um pouquinho sobre isso no blog e fiquei de escrever especificamente sobre as necessidades. Este primeiro post, no mês sobre simplicidade, falará sobre como suprir as nossas necessidades básicas, que são:

Respirar

Sabemos que respirar é uma necessidade básica e ninguém fica sem respirar, mas será que respiramos direito? A meditação, por exemplo, é muitas vezes apenas um exercício de respiração. Faça agora o exercício: feche os olhos e concentre-se somente na respiração que entra e sai do seu nariz. Fique assim durante um minuto (para ajudar, use um alarme no seu celular). Quando terminar, veja como se sente.

Uma segunda maneira de meditar prestando atenção à sua respiração é repetir o exercício acima mas, em vez de programar um minuto no alarme, você simplesmente contar suas respirações até o número 100. Não é para respirar rápido nem devagar, mas no seu ritmo natural mesmo.

Vale a pena fazer ambas as meditações todos os dias, para acalmar a mente e o corpo. Você já notou como toda vez que se sente nervoso/a ou impaciente você tem a tendência a respirar fundo, bufar ou até mesmo assoprar? São movimentos de respiração. O corpo tenta voltar ao equilíbrio que sua mente está desvirtuando e você nem percebe. Vale a pena, então, toda vez que sentir essa alteração de humor, fazer um pequeno exercício de respiração com as meditações acima.

Não sou médica mas, se a gente for ainda mais longe, chegará a outros distúrbios associados à respiração, como ansiedade e síndrome do pânico. Se você se identifica com esses cenários, pode valer a pena testar os exercícios.

Para equilibrar sua respiração:

  • Faça a meditação de um minuto prestando atenção na respiração
  • Faça a meditação contando até 100 o número de vezes que você respira
  • Identifique no seu dia a dia situações que lhe causaram (ou ainda causam) falta de ar e teste os exercícios anteriores para verificar os resultados

Comer

Faz parte da vida a gente se alimentar, mas comer com moderação também. Mais uma vez, recomendo a consulta a um nutrólogo para conhecer a melhor alimentação para o seu corpo. Conhecida, foque nela. Coma menos também. Thoreau, Sêneca e tantos outros pensadores históricos que falavam sobre simplicidade já alertaram sobre os perigos de comer sem moderação.

Comer em casa, ingredientes e preparos simples – tudo isso faz parte de um estilo de vida mais simples. Vegan ou paleo são dietas relacionadas ao conceito de simplicidade.

Para equilibrar a sua alimentação:

  • Consulte um nutrólogo para conhecer a melhor alimentação para você
  • Diminua as porções do seu prato diariamente
  • Prepare refeições em casa
  • Compre na feira

Dormir

Não preciso falar sobre a importância do bom sono porque todo mundo sabe como faz diferença dormir pouco ou dormir bem. Encontre seu período ideal de sono. Para algumas pessoas, é de 10 horas, enquanto para outras é de seis.

Prepare um ritual antes de dormir – o que funcionar para você. Eu gosto de tomar um banho, preparar minha roupa e bolsa para o dia seguinte, beber um chá, ler um pouco (coisas calmas) na cama. Não faça atividades agitadas, que podem te fazer perder o sono.

Nunca tire uma parte do seu sono para trabalhar ou fazer outra atividade. Se precisar acordar às 07:00 e você sabe que precisa dormir nove horas para ficar bem, durma às 22:00.

Para equilibrar seu sono:

  • Faça um diário de sono e encontre seu tempo ideal de horas para dormir diariamente
  • Estabeleça uma rotina noturna, para antes de dormir
  • Desligue os computadores e eletrônicos (incluindo celular) até duas horas antes de dormir
  • Não tome bebidas com cafeína depois das 14 horas
  • Seja rígida/o com seu horário de sono

Ir ao banheiro

Está aí outra necessidade básica que pode ser feia de falar mas faz parte do nosso dia a dia! Tem tudo a ver com a alimentação, então o que você fizer lá se refletirá aqui.

Para equilibrar suas necessidades pessoais no banheiro:

  • Beba bastante água ao longo do dia para limpar impurezas do corpo e mantê-lo hidratado
  • Tenha uma boa alimentação
  • Procure estabelecer rotinas para ir ao banheiro

Sexo

Quando escrevi o outro post (linkado ali em cima), um leitor comentou que nem todo mundo faz sexo. Não cabe a mim essa discussão, Cada um sabe o que faz com a própria vida e tem suas escolhas. Meu papel aqui com o blog é mostrar todas as necessidades básicas com base na pirâmide, que é meu escopo. Se algo não servir para você, basta não seguir.

Alguns leitores já me pediram para escrever sobre como organizar a vida sexual do casal. Acho que esse é um assunto muito íntimo! Já ouvi assim: “nossa, mas que absurdo organizar o sexo – vai colocar na agenda também?”, mas organização não é isso. Assim como a vida sexual do casal não é só sobre o momento do coito (#sheldonfeelings). Dá sim para se organizar para ter mais tempo livre durante a semana, para se arrumar, para o casal sair juntos, para fazerem atividades legais que aumentem a intimidade, para cuidar do corpo e por aí vai.

Para equilibrar sua vida sexual:

  • Organize-se para passar mais tempo com o seu parceiro ou parceira
  • Se tiverem algum problema relacionado, conversem
  • Toquem-se mais
  • Não deixem de fazer coisas que gostam juntos
  • Organize a rotina das crianças para que elas não virem desculpas

A ideia de colocar em ordem as necessidades básicas é que elas devem vir primeiro. Antes de pensar em abrigar novas atividades na sua vida, pergunte-se se isso vai:

  • Atrapalhar a sua alimentação. Ex: Fazer academia na hora do almoço.
  • Atrapalhar sua vida sexual. Ex: Aceitar um novo emprego em um horário totalmente diferente do seu parceiro ou parceira.
  • Atrapalhar seu sono. Ex: Ficar até mais tarde terminando um relatório que era para ter sido feito antes.
  • Atrapalhar suas idas ao banheiro. Ex: Se alimentar de forma desordenada e que te deixa com mal-estar.
  • Atrapalhar sua respiração. Ex: Marcar muitos compromissos em um mesmo dia e não conseguir nem parar um pouco.

Se você parar para analisar, apesar de serem necessidades básicas, muitas vezes elas podem ser deixadas de lado. Cuide-se!

Thais Godinho
12/01/2015
Veja mais sobre:
Minimalismo
22
Levante e alongue-se para melhorar a sua produtividade
4 dicas práticas para dormir melhor
Sugestão de cardápio para a semana de 10 a 16 de setembro