Frequentemente eu recebo comentários de leitores que me contam como blog tem ajudado a melhorar alguns aspectos de suas vidas. Esses comentários me deixam muito comovida. Agradeço imensamente esse carinho que vocês têm ao compartilhar um pouco da vida de vocês comigo.

Algumas vezes, sinto que esses relatos podem ajudar outros leitores também. Nesses casos, peço autorização da pessoa para publicar o depoimento em formato de post. Espero que vocês gostem tanto quanto eu.

Segue hoje o depoimento da leitora Marianna:

Thais, este ano foi um ano extremamente difícil pra mim.

Assumi o cargo de coordenadora da equipe onde trabalho, e não lidei muito bem com isso.

Tecnicamente não há problema, minha equipe é excelente. Tive que aprender a lidar com as personalidades tão diferentes, mas isso é algo engrandecedor, pois você é forçado a ser compreensivo e empático.

No entanto, descobri que eu sou uma pessoa extremamente centralizadora. Trabalho muito rápido, e eu não confiava muito em delegar as coisas…

Comecei a ter problemas de prazos com a minha equipe, as coisas foram ficando insanas, super desorganizadas. Estava trabalhando 80 horas por semana e não dava conta.

Sofri um acidente de carro na Brigadeiro, dentro de um táxi. Era uma quinta-feira. Fui internada não por causa do acidente (tive escoriações apenas e bati a cabeça), mas por causa da pressão que havia ido para longe…

Desde aquele dia a relação com o meu chefe se deteriorou muito, porque com a minha ausência ele descobriu o quanto tudo estava desorganizado.

Fui obrigada a “perder” parte do meu cargo pois ficou evidente que eu fiz uma bagunça.

Foi aí que eu encontrei o seu site. Sem querer comecei pelo GTD no Evernote pois, embora você tenha afirmado que era melhor compreender o tema antes de se aventurar nos aplicativos, fiz as duas coisas ao mesmo tempo.

Sabe o que aconteceu?

Minha vida se “desentralhou”. Todos os processos serão entregues no prazo. Estou terminando as coisas e estou conseguindo focar. Estou um pouco cansada pois estou em um ritmo acelerado há cerca de dois anos mas, olha que engraçado, sempre foi impossível fechar os processos antes do dia 20/12, agora, sairei de férias dias 01/12 com tudo organizado.

O GTD salvou a minha vida. Você também, pois me apresentou ao processo.

Minha casa está definitivamente organizada. Sou mais objetiva em sua organização.
A minha faxineira está fazendo as coisas que eu desejo que sejam feitas sem dizer nada, só porque eu a auxiliei a observar as necessidades da casa.

Por enquanto eu preciso dela uma vez por semana pois odeio de todo o coração passar roupa (e meu custo/hora é bem mais caro que o dela), então faço questão de pagá-la.

Chegarei no primeiro final de semana de toda a minha carreira nesta empresa sem pensar no trabalho, e o melhor, sem precisar me estressar com a casa. Vou lavar roupa e curtir o meu novo hobby de cuidar do meu jardim. Vou conseguir planejar as minhas férias (estou sem grana e vou “viajar” por São Paulo”, sugestão do Buzzfeed). Tudo está mais claro em minha mente. Estou feliz.

Por isso digo a todos os meus amigos que leiam o livro do Daniel e o seu blog. O livro ensina a técnica e seu blog mostra o dia-a-dia.

Thais, te desejo imensamente toda a felicidade do mundo, pois você conseguiu trazer a minha de volta.

Um beijo e tudo de bom!

Envie seu depoimento também deixando um comentário no blog. Eu leio todos!

Obrigada por tudo, pessoal.

31 Comentários

  1. Thais hoje citei você numa situação e este post veio a calhar. Li uma pessoa reclamando na internet que as blogueiras não ajudam ninguém e pouco se via coisas a nível de ajuda social, projetos, etc. Eu disse que nem sempre a ajuda é feita desta forma, que muitas pessoas ajudam as outras e ninguém vê. Citei aquele post em que uma leitora dizia ter depressão e quando viu seu blog, tomou um rumo pra casa e pra família dela. São pequenas coisas que no final ficam grandes. Adoro seu trabalho.
    Sempre comparo com o trabalho de um dentista. A gente sempre pensa em algo negativo quando precisa ir a um, a palavra “dor”. Mas outro dia vi um trabalho onde a dentista ajudava as pessoas a obterem um sorriso mais bonito, consertando os dentes e tudo mais. A emoção da pessoa ao final da reportagem e o fim da vergonha de sorrir era tão evidente que passei a enxergar essa profissão com outros olhos. Parabéns pelo seu trabalho.

    • Obrigada, Thainá. É muito satisfatório para mim quando vejo isso acontecendo. Meu reconhecimento não é nada perto de ter esse retorno e saber que posso fazer alguma diferença na vida das pessoas.

  2. Olá Thais, fico muito feliz em poder ler mais um depoimento de alguém que com sua ajuda, através do blog, conseguiu mudar algo importante em sua vida para uma situação bem melhor. Este depoimento em especial falou diretamente comigo, pois passo por algo parecido. A luta e adaptação é diária. Esse mês de novembro, principalmente em meu trabalho tenho passado por altos e baixos… nossa! são muitos prazos a cumprir… serviço que não acaba mais… papéis.. papéis e mais papéis… qdo penso que as coisas estão no controle… aí vejo que ainda falta muito… estou tentando mudar de estratégia.
    Bom, ao menos algumas coisas sei que tenho melhorado muito, como exemplo… estou adotando a idéia do caderninho… anoto tudo… tenho um para o trabalho e um para casa. Ahhh… falando em casa… obrigada! Através das dicas que você tem postado em seu blog eu estou olhando para minha casa, não como apenas mais uma casa… mas sim como um lar… estou amando cuidar do que construimos até aqui… me dá uma sensação de amadurecimento e a cada dia que passa o meu desejo é aprender mais, crescer mais, mudar mais, etc.
    Hoje animei e fui na papelaria comprar uns materiais… quero montar meu Control Journal… embora nem sei como começar… acredito que vai me ajudar muito.
    Vlw!!!!!!!

  3. Mais uma vida salva pelo Vida Organizada!!! Parabéns a Thais por seu trabalho. Sou sua fã!
    Parabéns a Marianna por não desistir e por sua redenção. Boas férias!

    Um beijo às duas.

  4. Oi, Thais!
    Parabéns, parabéns e parabéns!!! Dentre muitos blogs que servem apenas para enaltecer a figura do “blogueiro”, vc é um oásis…
    Minhas férias estão acabando e, como há muito não acontecia, estou tranquila e serena. Venha o que vier!!
    Sabe, em 2010 comecei a dar aulas no Ensino Fundamental II (concursada) e, desde então, algo me afligia, não conseguia encontrar um equilíbrio. Assumi que não era isso que eu queria fazer (para o choque de muitos) e resolvi seguir minha intuição. Fiz novo concurso para área administrativa, ganhando um pouco menos. Passei e, em 15 de agosto de 2013, exonerei o cargo de professora. Assumi novo cargo em outubro de 2013 e, nesse mini sabático entre agosto e outubro, fui, bem desorganizadamente, repensando a minha atitude e me preparando para o porvir.
    Foi maravilhoso. Não fiz nada de concreto, é verdade, mas somente o fato de parar…Thais, quando eu iria fazer isso sendo um professora?!
    Bom, fui navegando na net (aprendi a me maquiar com adolescentes, acredita! rsrs.) e achei seu blog. Coloquei lá no favoritos e deixei lá parado…Bom, resumo da ópera, comecei novo emprego e, durante um ano tenho me desafiado com comportamentos assertivos, que, a bem da verdade, foram grandes fracassos, uma vez que continuei não tendo tempo para nada.
    Precisei sair da minha área para descobrir que o problema é falta de disciplina!!!
    Bom, para terminar, saí de férias agora em novembro e decidi simplesmente fazer outro mini sabático, só que dessa vez, contei com a sua ajuda, e que ajuda!
    Estou em processo, viu? Sou casada há quase dois anos (meu marido está curtindo essa versão atualizada de mim), não tenho filhos, não estou estudando…Mas, sinto que posso tudo! A casa, o trabalho, a família…Estou botando as coisas nos trilhos e curtindo cada momento.
    Volto a trabalhar na semana que vem com uma confiança inacreditável. Meu marido notou que minha ansiedade com relação à casa mudou espantosamente para uma tranquilidade que surgiu naturalmente…
    O meu mundo não mudou, mas o que mudou foi o meu olhar, aliás, cortei meus cabelos (assumi o cacho!) e botei umas lentes cor de mel para valorizar o olhão. Enfim, foi o jeito que encontrei para celebrar o meu modo de enxergar as coisas.
    Só tenho que agradecer.
    Renata.

  5. Lindo esse depoimento, me identifiquei com várias partes dele. Obrigada por aproximar as nossas histórias, Thais =)
    Thais, não sei se você já viu a proposta do Passion Planner. O site é http://www.passionplanner.com/ e creio que tem muito a ver com a idéia do GTD de ir mais além de “apenas” executar as tarefas. É uma agenda que nos ajuda a pensar no(s) nosso(s) propósito(s) de vida e entrelaçar tudo. Ainda não usei, mas vou usar esse próximo ano e ver o que acontece 😉

  6. É muito bom confirmar que, às vezes, uma palavra, uma dica de alguém mais experiente pode de fato ser tudo que alguém está precisando. Parabéns, Thais, por compartilhar, por ser generosa, e boa sorte à Marianna!
    Bjks,

  7. É isso aí, colegas! Força de vontade, foco e GTD neles!

    Abraços e bom final de ano para todos!

    Mônica

  8. Thais, que depoimento emocionante!!!

    Mesmo sem te conhecer pessoalmente, fiquei muito feliz por vc! Imagino como deve ser gratificante e que isso faz tudo valer a pena.

    Precisamos uns dos outros, não é mesmo? E do mesmo jeito que ajudamos as pessoas, as pessoas também nos ajudam pois fazem nos sentirmos úteis e importantes.

    Te desejo ainda mais sucesso e que todos os seus sonhos se realizem, vc merece!

  9. Caramba… sei nem o que dizer… Acho que mais sábio é aquele que aprende com as experiências compartilhadas pelos outros, sem precisar sofrer aquela circunstância para mudar de atitude logo quando se encontra um obstáculo. Esses depoimentos me estimulam e me fazer refletir ainda mais sobre a minha própria vida… Vejo o quanto do outro possuo em mim também.

    Obrigada por compartilhar seu depoimento, Marianna.

    Obrigada, Thaís, pela ajuda cotidiana. Já me cativaste e sinto que já te conheço, mesmo estando longe.

  10. Que bom Thais! Você tem ajudado muitas pessoas.
    Ah, se lembra que te perguntei se conseguia comprar o livro com PayPal? Então, não consegui comprar o ebook por PayPal, mas comprei com o cartão de crédito. Tô devorando ele no Kindle. 🙂

    Thais, to amando muito o Todoist. Também acho que comentei aqui nos comentários que achava o Evernote muito confuso para quem tem uma vida simples. Se você não usou a ferramenta, vale muito a pena experimentar.

    A melhor função é por etiquetas nas suas tarefas. Por exemplo, chegou no final do dia, eu transfiro tudo que passei para minha caixa de entrada para o Todoist. Se tem tarefas que eu terei que fazer na rua, eu coloco a etiqueta “Na Rua”. Se for no mercado coloco “Mercado”, se for telefonemas agendados, aproveito para fazer todos de uma vez. É tipo separar por contexto. Acho muito prático fazer isso nesse aplicativo.

    Um abraço!
    Até,

    • Oi Wellignton,

      Já usei sim e já ministrei alguns treinamentos na Call Daniel aplicando o GTD na ferramenta. Particularmente, não gosto. O Toodledo, por exemplo, também tem sistema de etiquetas, mas umas 47 coisas a mais.

      Acho que o Todoist tem grandes triunfos – a integração com o Google Chrome, o visual dele que é bem clean e bonito, mas eu prefiro focar mais na funcionalidade mesmo.

      Mas escolher ferramenta pra usar é muito pessoal. A gente tem que usar aquela que gosta mais mesmo, independente de qualquer coisa. 🙂

  11. Oi Thais. Que fantástico. Me animei a deixar o meu depoimento também. Principalmente porque 2014 está acabando e seu blog foi FUNDAMENTAL nesse ano para mim.

    Sempre fui uma pessoa minimamente organizada. Quer dizer, pelo menos, tentava e mantinha as coisas em um certo controle, mesmo que as vezes tudo ficasse um pouco bagunçado. Acontece que a vida se tornou cada vez mais complexa e eu sentia cada vez mais dificuldade de lidar com tudo. Aquilo foi me consumindo, juntamente com vários problemas que surgiam. A insatisfação com uma graduação que já não me agradava, as dúvidas se devia terminá-lo (estava no 4º ano) e a recém mudança para uma vida fora da casa dos meus pais, com muitas responsabilidades e coisas novas. Todo esse processo foi incrível, mas me mostrou que eu precisava de ajuda, pois frequentemente me via sem foco, sem determinação, perdida em questionamentos e muitas dificuldades de manter minimamente a ordem nas coisas externas (já que por dentro, estava ainda mais difícil). E foi nesse período que comecei a visitar o blog.

    Confesso que já tinha visitado antes algumas vezes, mas achava ele muito confuso e difícil de entender. Isso porque eu acredito que pra iniciar o processo de aprendizagem nós precisamos antes de tudo estar disposto a enfrentar as dificuldades que surgem no início (que são muitas) e querer acima de tudo iniciar um processo de mudança. Por isso, todas as vezes que visitei antes não me moveram a tentar ir além das dificuldades e acabei abandonando a leitura. Mas foi no momento de estopim dos problemas que eu disse para eu mesma que era a hora. Precisava fazer um esforço e foi quando tudo começou a mudar.

    Seu blog foi de certa forma, o combustível e o centro da mudança. Claro, que eu tive que vencer meus medos e confusões pessoais, mas acredito que isso só foi possível porque eu vinha aqui todo o dia e saia super motivada para colocar mil idéias em prática. No começo, a maioria falhava. Mas eu ia aprimorando, adaptando e fazendo uma mudança que ia além de jogar coisas foras e colocar outras no lugar, sentia que estava limpando minha alma e moldando a em outro tipo de pensamento. Entende o que eu falo? É como se a própria forma de eu enxergar as coisas estivesse mudando a partir de seus ensinamentos.

    Tudo isso aconteceu em meados de 2013. Desde lá, leio quase todos os dias o blog. 2014 começou cheio de planos e em um momento que eu já estava mais madura em algumas questões. O GTD ainda é um processo complicado para mim, mas estou no 2º ano de testar e implementar e vejo mudanças muito positivas. Mas algumas outra questões eu já podia sentir a mudança, pois eu era uma pessoa mais clara, objetiva e focada. Como nunca acho que fui. E me senti mas forte para enfrentar algumas dificuldades que eu havia deixado em suspenso.

    Voltei para a graduação que tanto me aterrorizava depois de um semestre longe. Estou fechando o 2º semestre desse ano e já conclui todas as disciplinas que optei cursar. Decidi ir com calma, mas não desistir, afinal, seriam 4 anos jogados fora. Comecei um curso paralelo na área que já estava trabalhando, me descobri profissionalmente e tenho conseguido crescer muito no que havia proposto. tenho meu negócio e com ele tenho conseguido tirar o dinheiro suficiente para me manter sem depender de ninguém. E isso por si só já é fantástico. Tudo isso, devo muito a você e seus ensinamentos.

    Apesar de todas as conquistas foi um ano muito, muito difícil. No meio do ano minha avó sofreu um AVC e simplesmente não se recuperou das sequelas. Ela foi diagnosticada com um quadro grave de demência e praticamente deixou de ser que ela era. Isso foi a coisa mais difícil que nos ocorreu e abalou toda a família. Não tem sido fácil lidar com as demandas que surgem a partir disso, principalmente trabalhando muito como autônoma, fazendo um curso técnico e uma graduação. Sabe? Alguns acham que estou louca, mas sempre me recordo de quando você nos contou como era difícil trabalhar fazer pós e cuidar do seu filhote. As vezes temos que fazer sacrifícios, aprender a dizer não (mesmo que fruste as pessoas ao nosso redor) e equilibrar as coisas para realizar alguns sonhos que temos, sem perder a noção da realidade e das pequenas coisas que devemos fazer para manter tudo em pé.

    O ano está chegando ao fim e estou cansada. Mas não estou perdida. Sei o que quero e estou exatamente construindo isso. Seu blog me ajudou a ter essa clareza, e hoje sei que clareza é o elemento principal na organização. Quando você sabe o que quer e como quer, é mais fácil traçar um plano para chegar lá e muito mais fácil não enlouquecer com as dificuldades da vida.

    Enfim, 2014 foi um ano pesado para muitos. Mas sei que muitos dos seus leitores conseguiram lidar bem melhor com ele devido a todos ensinamentos preciosos que você tem nos passado.

    Por isso muito obrigada Thais e todo o sucesso do mund para você!

  12. Obrigada a todos por todo carinho que recebi! É um processo tão bom que o processo em si te estimula a continuar cada vez mais!

    Eu não saí de férias, mas não porque as coisas saíram dos eixos, mas felizmente uma legislação referente à minha atividade foi divulgada na última semana. Precisávamos auxiliar alguns clientes que precisavam se adequar a legislação.

    Meu deadline pra sair de férias também veio de meu chefe para que eu pudesse também destralhar a cabeça (tamanho o meu nível de estresse e dos problemas que estava enfrentando). Mas como consegui fazer boa parte disso antes, eu não se sinto cansada, desmotivada ou desesperada. Foi possível engatar a quinta sem estourar o motor…rs.

    Semana que vem são minhas férias!!! Vou terminar de ler um livro chamado “O Poder do Hábito” (se a Thais ainda não sugeriu, vai a minha dica), e vou fazer um monte de coisas que eu estou louca pra começar!

    Obrigada novamente gente! Queria ter conseguido ir ao curso do GTD semana passada e ter tido a oportunidade de conhecê-la pessoalmente Thais!

    Um beijo a todos!

  13. Boa noite, Thais.
    Estou caminhando para organizar a vida, graças a você.
    estou caminhando também no Fly Lady; agora a pouco fiz decluter embaixo da cama, com cronômetro e tudo.
    Tenho destralhado a casa todos os dias, no momento é a papelada.
    A sensação é de orgulho e satisfação por estar efetivamente fazendo algo para melhorar minha vida e da minha família.
    Faço o Baby Steps, a rotina da manhã, minha pia brilha todo dia.
    estou usando o Evernote(aos poucos), o Google Agenda já comprei o caderninho de Entrada, a agenda e estou organizando a caixa de Entrada do E-mail.
    E vou aprender a usar o GTD.
    Este ano de 2015, decidi levar a organização da minha vida a sério e o seu blog tem sido o responsável por isso.
    Muito, muito obrigada por você e seu trabalho existirem!

DEIXE UMA RESPOSTA