Imagem: Womenolog
Imagem: Womenolog

Eu recebi uma mensagem de uma leitora que me inspirou a escrever este post:

“Thais, eu queria saber que dica você me dá para gerenciar o guarda-roupa da minha filhinha. Ela tem muitas roupas mas mesmo assim sempre falta alguma coisa na hora de se vestir. Não sei estimar quantidades na hora de comprar nem com que frequência devo fazer isso. Me ajuda, por favor?”

Uma vez eu postei aqui no blog uma planilha que tenho que me ajuda a saber quando devo comprar cada peça de roupa. Não é uma regra, mas uma orientação. Acredito que o mesmo possa ser feito com relação às crianças, com a seguinte exceção: as necessidades mudam de idade para idade e isso precisa ser observado ao manusear os dados. Outro fator que deve ser levado em consideração é a rotina da criança – quanto tempo fica na escola, quantos uniformes têm, que atividades extras ela faz, se viaja muito, se brinca na terra, se fica mais em casa etc. Isso só pode ser observado por cada pai e mãe.

Para o filhote, eu costumo fazer compras sazonalmente (a cada quatro meses) ou sempre que precisa de algo não previsto antes. Hoje, um guarda-roupa de inverno dele inclui:

  • 14 cuecas
  • 14 pares de meias
  • 1 par de luvas
  • 2 toucas
  • 10 camisetas de manga comprida
  • 10 camisetas de manga curta
  • 5 camisetas sem manga (para usar por baixo)
  • 1 blusa de lã com zíper e capuz
  • 1 blusa de lã fechada (tipo suéter)
  • 1 blusa de moletom com zíper e capuz
  • 1 blusa de moletom fechada
  • 1 colete aberto
  • 1 colete fechado
  • 1 casaco
  • 7 conjuntos de pijamas (podem ser camisetas + calças ou shorts)
  • 3 calças legging (para dormir ou pôr por baixo)
  • 5 calças jeans ou de sarja
  • 10 calças de moletom
  • 3 calças de uniforme
  • 5 camisetas de manga curta de uniforme
  • 5 camisetas de manga comprida de uniforme
  • 1 agasalho com capuz de uniforme
  • 1 conjunto de moletom de uniforme
  • 1 par de tênis confortáveis para a escola
  • 1 par de tênis mais bonitinhos para passear
  • 1 par de pantufas
  • 1 par de sandálias (para usar com meias)
  • Pelo menos um conjunto bonitinho para sair

O guarda-roupa de verão:

  • 14 cuecas
  • 10 pares de meias
  • 1 boné
  • 5 camisetas de manga comprida
  • 10 camisetas de manga curta
  • 10 camisetas sem manga
  • 1 blusa de moletom com zíper e capuz
  • 1 colete aberto
  • 7 conjuntos de pijamas (podem ser camisetas + calças de moletom)
  • 3 calças legging (para dormir)
  • 5 calças jeans ou de sarja
  • 5 calças de moletom
  • 7 bermudas
  • 7 shortinhos
  • 2 calças de uniforme
  • 10 camisetas de manga curta de uniforme
  • 3 bermudas de uniforme
  • 1 par de tênis confortáveis para a escola
  • 1 par de tênis mais bonitinhos para passear
  • 1 par de chinelos
  • 1 par de sandálias
  • 2 sungas
  • Pelo menos um conjunto bonitinho para sair

Aí o que acontece: a cada estação, eu tenho que ter mais ou menos essas quantidades acima. Se entrar o inverno e ele tiver só uma blusa de lã, porque a outra ficou pequena, sei que precisarei comprar porque não dá para ele ficar só com uma, por experiência nos invernos anteriores. Muitas roupas duram anos, enquanto outras duram apenas alguns meses. No geral, não precisamos comprar tantos itens porque os guarda-roupas se conversam entre uma estação e outra e muita coisa pode ser aproveitada. O que é bem legal é ter sempre por perto outras mães com filhos em idades diferentes dos seus, para você doar roupas em boa qualidade e elas também. Eu tenho uma prima que tem um filho quase dois anos mais velho que o nosso, então muitas vezes ela doa algumas roupinhas para ele.

Essa análise que eu faço é parecida com a do meu próprio guarda-roupa: vejo o que está poído, velho, o que não dá para consertar, as calças que podem virar bermudas, o que não serve mais, o que ele nunca usou. As roupas em bom estado que não servem mais vão todas para doação. Uma coisa que aprendi depois que ele entrou para a escola é que sempre vale a pena manter alguns itens “velhos” para atividades que envolvam pintura e artesanato. Para isso, tenho uma caixa de plástico no guarda-roupa dele (bem pequena) onde guardo essas peças.

Depois dessa seleção, vem a parte de estabelecer um orçamento para as compras. Quem tem mais de um filho obviamente tem mais dificuldade e precisa fazer escolhas. Eu costumo pensar assim: uniformes são caros, então compensa ter um número suficiente e lavar com uma frequência maior. Camisetinhas e outras peças de malha não precisam ser caras, porque ele perde muito rápido, sujam, ficam encardidas, mancham com substâncias diversas. Aí, compro em lugares mais baratos. Aqui em São Paulo, temos o bairro do Brás, o bairro da Penha, o bairro de Pinheiros – todos bons centros comerciais para roupas infantis mais baratas. Existe uma rede de vestuário por aqui chamada Torra-Torra, com ótimos preços. Agora, é claro que eu gosto de ter sempre algumas roupas mais bonitinhas para ele – quando saímos, quando temos um aniversário, festinhas diversas etc. Acho legal ter algumas camisetas boas, calças jeans bonitinhas, um calçado mais legal. Mas isso não é regra. Esses sim eu compro quando vejo algo bonitinho, sempre tentando não pagar tão caro porque infelizmente ele perde essas roupas depois. Não é como a gente, que compra uma peça que durará muitos anos, se for bem cuidada. Não adianta comprar uma jaqueta de couro na Zara, pagar R$200 e ele perder daqui a seis meses, sendo que nem usou direito porque não esfriou tanto. A gente vai bastante pelo bom-senso.

Todas as roupas dele ficam no guarda-roupa, sem distinção de estação, porque os dois guarda-roupas (verão e inverno) são semelhantes e tem essa alta rotatividade das roupas, então as peças não se acumulam tanto quanto no guarda-roupa dos adultos.

Espero ter ajudado!

14 Comentários

  1. Olá Thais.
    Ficou excelente o post principalmente para mim que tenho menino também.
    Não tenho falta de roupas, mas, desta forma sabe-se se o que tem no armário é suficiente.
    Fica a dica para que você organize um guarda roupas feminino, masculino adulto e um feminino infantil.

  2. Muito boa a dica Thais, sou mãe de um menino de 2 anos que vai pra creche que não tem uniforme, preciso ser muito organizada em relação as roupas pois usa muitas e tenho também que controlar as lavagens.
    Obrigada
    Bjos

  3. Uma dica para roupas infantis é aproveitar os brechós, principalmente os virtuais. Compro e vendo direto para minhas filhas, acho que vale muito a pena. Roupa usada de criança normalmente fica bem novinha, eu mesma já vendi muita peça sem uso.
    Outra dica são os importados, tanto dos EUA quanto da China. Só tem que se programar antes por causa das estações trocadas e demora na entrega, mas vale muito a pena. Mesmo sendo taxada e pagando imposto vale a pena.

  4. Poxa, adorei este post sobre organização do guarda roupas!!!! Vc já viu alguma lista desta para meninas????
    bjos e adoro o blog, tenho sido uma dona de casa bem melhor….rs

  5. Aproveitando o post interessante gostaria de sugerir um post sobre como montar um bom guarda roupa functional. Sei que voce ja abordou temas parecidos aqui,mas tenho tido uma experiencia muito boa. Eu ja tive muita roupa e todo ano doava umas 2 malas de roupas muito boas e sempre precisava de alguma coisa seja para um passeio na praia,uma festa,eu comprava muito e sem planejamento ate que comecei a ler alguns blogs sobre estilo ( estilo,nao moda) e comecei a tentar conhecer meu gusto pessoal,cores ,modelagens,tecido,e hoje tenho 2 listas ,o que eu preciso e o que eu quero. Quando eu vejo alguma coisa que eu quero eu anoto ou tiro uma foto e guardo no cellular,nunca compro nada na hora,amadureco a ideia,vejo o quao util a peca sera no meu dia a dia,e procuro ao maximo comprar os itens que eu preciso ao inves do que eu apenas quero. Hoje em dia tenho roupas de melhor qualidade e que eu uso muito mais,nao tenho preocupacoes com eventos nem passeios. Acho que facilita a vida demais ter o que vestir em varias ocasioes ao inves de vivermos perdidas em roupas que nem sabemos como ou quando usar.
    Bjs

    Anna

    • Você chegou a ver o post linkado ali em cima? Que tem a planilha de controle de roupas? É sobre isso mesmo. Eu criei essa planilha justamente para me ajudar a ter controle de todas as peças essenciais que preciso ter.
      Espero que ajude!
      Obrigada.

  6. Oi Thais adoro suas dicas estou me organizando muito através delas! Muito obrigadaaaaaaaaaaaaa, ahhh seguinte sou mães de duas meninas lindasss e gostaria de saber sua opinião sobre as roupas delas no caso o que necessariamente devo ter no guarda-roupa delas,para que eu possa organizar isto incluindo sapatos em geral, a mais velha tem 9 anos e a outra tem 5, moro em Recife /PE, saio muito com elas e viajo tbm. Te agradeço se vc me der esta ajuda!!!

    • Depende das necessidades delas, da quantidade de roupas, uniforme, do tamanho do guarda-roupa… só vendo pessoalmente para saber. =/
      Espero que você consiga se organizar com as dicas do blog!

  7. THAIS , adorei seu post.
    Estou sempre indicando as gravidinhas que fazem o enxoval comigo , aqui em Orlando a ler seu blog.
    O que acontece, e qdo elas vem aqui nas lojas e encontram os precos muito mais baratos do que no Brasil, elas acabam gastando muito.
    Ai, eu sempre brinco, segue a tabelinha.
    Sucesso,
    http://www.buybabyconcierge.com

  8. Olá meu nome é Ingrid meu filho Tenho um ano e nove meses e eu tô desempregada e não sei mais o que que eu faço eu preciso que alguém querer doar roupa ou qualquer outra coisa para ele eu vou agradecer porque eu não tenho condições de comprar

DEIXE UMA RESPOSTA