ou

Estou escrevendo este post do aeroporto, mas venho pensando nele já há alguns dias. Eu sou aquele tipo de pessoa que tem bastante dificuldade para dormir, então nunca consigo dormir em vôos, mesmo os noturno e longos. Se eu conseguir tirar um cochilo rápido, me considero vitoriosa! Porém, para fazer um vôo passar mais rápido, eu tenho sempre uma listinha de coisas para fazer e hoje eu compartilho algumas ideias com vocês:

  1. Ler um livro novo. Para o desafio do horror literário de outubro, estou lendo a biografia do Stephen King. É um livro grandinho, então não corro o risco de acabar a leitura e ficar sem nada para ler. Quem não gosta do livro físico pode levar o Kindle (ou aparelho similar). Também pretendo reler o livro do David Allen, “Making all work”.
  2. Estudar inglês ou outro idioma. Estar em um vôo para outro país dá uma excelente oportunidade de estudar o idioma, especialmente a escuta. Ouça os comissários de bordo conversando, escute a pronúncia, assista filmes sem legendas, leia um livro no idioma desejado, estude em um livro ou apostila, escute aulas em áudio e por aí vai.
  3. Fazer palavras-cruzadas ou outros passatempos. Levante a mão quem tem tempo para fazer esse tipo de coisa no dia a dia? Eu só consigo fazer no avião. Desta vez, comprei um livrinho da Coquetel com 350 passatempos em inglês (vende em banca de jornal).
  4. Escrever. Eu gosto muito de escrever, então chega um determinado momento do vôo que acho legal abrir meu computador ou escrever em um caderno mesmo sobre como estão as coisas, meus sentimentos ou outras ideias que porventura posso ter em mente.
  5. Ler os textos que guardei na pasta “ler/revisar”. Quem usa o método GTD sabe que existe um compartimento X onde guardamos todos os artigos, documentos e outros textos que precisamos ler ou revisar. O período offline durante o vôo é muito propício a isso. Não costumo carregar uma pasta com papéis mais, mas utilizo o Evernote para digitalizar e manter ali, para ler quando puder.
  6. Ver um filme. Quem viaja em avião com TV ou leva o notebook pode assistir um filminho e ganhar pelo menos 1h30 do tempo com algo divertido ou que entretenha de alguma maneira. Eu não trouxe nenhum DVD, mas espero conseguir assistir algum no avião (pesquisei o modelo do avião antes para saber se teria essa possibilidade ou não).
  7. Escrever textos para o blog ou para o meu próximo livro. Ter um notebook com o Evernote possibilita fazer isso.
  8. Pensar na vida. Nada como aproveitar o tempo livre para pensar na vida, nos meus sonhos, no que estou fazendo, nas minhas relações sociais, nas minhas finanças e em tudo aquilo que não tenho muito tempo para refletir de verdade no dia a dia.
  9. Meditar. Estar em um vôo escuro e com pessoas dormindo ao seu redor é uma excelente oportunidade de meditar durante alguns minutos sem que ninguém te considere meio maluco por fazer mudras, por exemplo. Quem não fizer isso, pode meditar simplesmente fechando os olhos e prestando atenção ä própria respiração.
  10. Analisar documentos e planilhas, escrever docs, montar ppts. Sempre temos muitos dados para analisar, especialmente quem é empreendedor. Se for o seu caso, aproveite esse momento para fazer aquelas análises que você não tinha conseguido focar até agora. Também gosto de montar apresentações para palestras futuras.

Essa é a minha programação para hoje. E você, o que costuma fazer enquanto está no avião?

Thais Godinho
30/09/2014
Veja mais sobre:
18
Dia anti-procrastinação!
Frase da semana: Tempo
Guia do Vida Organizada para aplicar o GTD no Todoist – Parte 7 – Organizando os níveis mais altos: opções

Pessoal, como comentei há alguns dias, estou viajando para San Francisco a convite do Evernote para participar da EC4 – Evernote Conference, que acontecerá nos dias 2 e 3 de outubro. No dia 3, acontecerá um Google Hangout ao vivo comigo, a Patrícia Demitroff (Evernote Brasil) e o Vladimir Campos.

Banner-Hangout-POR_v2

Para participar, basta se inscrever aqui!

Estou postando do aeroporto! Assim que eu me estabelecer com Internet por lá, respondo os comentários e volto a conversar com vocês. Até em breve!

Thais Godinho
30/09/2014
Veja mais sobre:
15
Como foi: Workshop Construa seu estilo e organize seu armário em São Paulo
Matéria sobre agenda no jornal português Diário de Notícias
Livro “Vida Organizada” em Portugal