ou

Uma das coisas mais legais ao mudar para uma residência nova é entender aos poucos como será a nova rotina e começar a estruturá-la para fazer a casa funcionar sem estresse. Eu utilizo para isso um sistema chamado FLY Lady, criado por uma americana, e aqui vou descrever um pouco como estou implementando o sistema “do zero” em nosso novo apartamento.

Definindo as zonas

O primeiro passo é determinar as “zonas”, ou áreas, que a FLY Lady trabalha a cada semana do mês. Temos os seguintes cômodos em nosso apartamento atual: sala, varanda, cozinha, área de serviço, banheiro de serviço, quarto do filhote, nosso quarto, banheiro social, banheiro da suíte e escritório. Também gosto de considerar a entrada como uma área diferente, pois contempla a entrada do apartamento, porta, capacho etc.

As zonas oficiais da FLY Lady são:

Zona 1: Entrada, porta da frente e sala de jantar
Zona 2: Cozinha
Zona 3: Banheiro e quarto extra
Zona 4: Quarto principal
Zona 5: Sala de estar

Aqui, eu dei uma modificada e deixei assim:

Zona 1: Área de serviço e banheiro de serviço
Zona 2: Cozinha e despensa
Zona 3: Banheiro social e escritório
Zona 4: Nosso quarto e quarto do filhote
Zona 5: Entrada, sala e varanda

Um “hack”que existe nesse esquema de zonas da FLY Lady é que a primeira e a última são semanas que, geralmente, têm menos dias em cada mês, então as zonas principais sempre pegam semanas inteiras e podem ser melhor trabalhadas.

Eu também preferi juntar cômodos relacionados para facilitar a visualização do que será feito. Por exemplo, para mim, faz mais sentido deixar a varanda junto com a sala, na zona 5, que na zona 1, com a área de serviço.

Ao trabalho!

Depois de definir as zonas, não tem segredo: basta seguir as recomendações da FLY Lady.

A primeira coisa é destralhar os cômodos da semana. Eu sei que, em uma mudança, no geral já fizemos esse destralhamento antes de mudar. Porém, é impressionante como tenho destralhado as coisas! Quando nos mudamos para um apartamento novo, queremos ter conosco somente o que realmente amamos ou precisamos, e muitas vezes só percebemos isso quando pegamos item por item das caixas que abrimos.

A regra da FLY Lady é clara: a missão principal em todo cômodo é primeiro destralhar o que for necessário, para então fazer a missão do dia e, por fim, trabalhar na lista detalhada de limpeza. Essa é a hierarquia das zonas da FLY Lady e tem funcionado muito bem desde o primeiro dia no apartamento.

Dança dos cômodos

Uma técnica que tem me ajudado muito a arrumar o apartamento desde o primeiro dia da mudança é fazer a dança dos cômodos. Incrível como, se deixar, fico umas duas horas sem parar indo para lá e para cá arrumando as coisas nos cômodos certos, apenas de entrar e sair de cada um com o que é de outro lugar. Funciona mesmo!

O que priorizar?

Para mim, o que deve ser priorizado em uma mudança são as necessidades básicas: dormir, comer e cuidar da higiene pessoal. Portanto, quartos devem estar em ordem para uma primeira boa noite de sono, a comida deve ser providenciada e pelo menos um banheiro deve estar funcionando com tudo o que for necessário. Para isso, o que comentei acima pode ajudar (destralhar, limpar, arrumar), além de já preparar o primeiro menu semanal, é claro.

É muito bacana organizar a rotina nova. 🙂 Estamos arrumando as coisas por aqui e eu tenho estado muito dedicada ao trabalho, com viagens, além da própria mudança e alguns projetos paralelos caminhando juntos, mas em breve retomarei a rotina com o blog também. Obrigada por tudo, pessoal.

Thais Godinho
10/08/2014
Veja mais sobre:
FLY Lady
20
Dicas de organização para a sala
Linkagem de domingo {74}
30 atitudes mais saudáveis para você implementar no seu dia a dia agora mesmo!