thaisgodinho-sobre

Depois de passarmos os últimos meses pesquisando apartamentos para comprar, chegamos à conclusão que as pessoas perderam um pouco a noção com relação aos valores dos imóveis e que, por hora, talvez acabe compensando ficarmos como estamos e procurando com calma, sem prazo para encontrar “o apartamento perfeito”.

Já vivemos em Campinas há tempo suficiente para saber quais os bairros que gostamos e que tipo de vida gostaríamos de ter. A indecisão com relação ao destino da minha avó também pesou bastante, pois eu ainda espero que ela decida vir morar conosco e isso mudará tudo. Outro fator que pesou bastante é que gostaríamos de ficar em determinada região por causa da escola do filhote e da faculdade do meu marido, então vamos esperar até aparecer algo bom por aqui.

Também esperamos que o mercado desaqueça um pouco…

No mais, estamos olhando, porém sem pressa. Se aparecer algo do jeitinho que a gente queira, vamos olhar e pode ser que dê certo. Porém, não vamos mais sair de onde vivemos (bem) para ir para um lugar qualquer somente para comprar um imóvel.

Estamos de olho. É isso. =)

Obrigada pelo apoio, pessoal.

16 Comentários

  1. Oi Thais, a procura por imóvel as vezes torna-se cansativa e angustiante, mas se vcs não tem urgência na compra,a melhor atitude é procurar com calma e ficar bem atenta as oportunidades, logo surge um apartamento que esteja dentro do planejamento,foi assim que aconteceu conosco. Boa sorte!!!Bjs

  2. Thais,

    Passei por essa mesma situação há cerca de 03 anos atrás, sei que pode ser muito desmotivador. O que pude aprender é que temos que ter um pouco de paciência para esperar um imóvel vá ao encontro das nossas expectativas e não aniquile nosso bolso. Da forma que vejo, você tem o recurso mais valioso do mundo: tempo. Então procure devagar e quando você tomar a decisão estará satisfeita com a oportunidade que se apresentar. Quando procurava apartamentos a minha prioridade era espaço. Achava incrivel que o preco de apartamentos novos era o mesmo de imóveis mais antigos com o dobro do espaço. Então se você souber que caracteristicas lhe agradam mas também estiver aberta a imóveis que fujam um pouco a regra será uma caminhada serena e prazerosa. Imaginar-se morando em lugares diferentes dá prazer também! Não é tudo tão árduo na busca de imóveis né? Gosto muito do seu blog, tudo de melhor!

  3. Olá Thais, preciso urgente de uns conselhos seus sobre fazer supletivo e cursinho pré-vestibular ao mesmo tempo (já que estou bem atrasada) precisaria do seu e-mail , se não quiser publicar aqui, me envie pelo meu e-mail: crislane_f@yahoo.com.br POR FAVOR

  4. A noção tá faltando mesmo! Não vai demorar muito esse mercado vai ter um treco, porque é IMPOSSÍVEL alimentá-lo o suficiente…

  5. Pois é, que bom que vcs perceberam. 🙂
    Fico sinceramente feliz que não serão mais uma família a comprometer quiçá todo o seu futuro só pra alimentar um mercado que já está totalmente sem noção.
    Se mais pessoas pensassem assim, esse mercado já teria voltado ao razoável…
    No mais, é ter muita calma e sangue frio, que as coisas vão voltar ao normal. Essa insanidade não tem como durar eternamente, a não ser que quebre o país, como já vimos em outros casos (o que eu não espero, claro). Aliás, nem que quebre o país, né?
    Oportunidades aparecem pra quem está de olho, e tiver a frieza suficiente pra esperar por elas em um mercado eufórico e desesperado.
    A recompensa virá.

    Um beijo

  6. Thais, sou um pouco desatualizada, principalmente com instagram. Vi o desafio que você propôs pras leitoras com a hashtag #desafiodefotosvo e vi as suas fotos do desafio no seu instagram.
    O que eu quero saber é se é possível ver todas as fotos através da tag, como se fosse um “grande mural de leitoras no desafio” ou se eu teria que “caçar” os perfis? É que achei bem inspirador e fiquei um tanto curiosa 🙂
    De qualquer forma, adoro o blog e visito sempre.
    Beijos!

  7. Também passei pelo mesmo que você e optei pelo aluguel, os preços que antes custavam 100.000,00 agora estao de 150 p cima um apartamento pequeno. Decidi optar por aluguel mesmo e meu apartamento é grande, pensar em comprar agora só depois das olimpíadas, já me conformei.

    Bjuu

  8. Oi, sempre leio seus posts, mas hoje achei que deveria vim comentar. Te admiro muito como mãe, e achei bem legal a forma como você educa seu filho, porque realmente hoje em dia a grande maioria das pessoas está tão somente interessada em ganhar apenas presentes nas datas comemorativas, meu irmão por exemplo só pensa em presentes.. ele pergunta logo antecipadamente o que irá ganhar… pois é. Aquele aconchego e reunião em família já está exíguo hoje em dia.

  9. Olha, eu também estou esperando a oportunidade aparecer (no caso, é p/ trocar de apê, já que tenho próprio). O mercado está louco, esses dias ainda estava lendo sobre a bolha imobiliária. Os preços estão fora do normal, tudo está muito caro! Apartamentos mal divididos, minúsculos e com preços de casa com quintal! Tenho visto muito aqui onde moro também, uma “modinha” imobiliária, onde colocam quase 40% da metragem da sala na sacada. E aí não sobra espaço para a área de serviço, aí colocam uma divisória na cozinha onde só cabe a máquina de lavar. Um horror.
    Vamos com calma que uma hora aparece.

    bjo

  10. Passei pelo mesmo e tomamos a mesma decisão: de aguardar e buscar com calma para não escolher qquer imóvel a qquer preço (absurdo).

    Rola tb uma pressão da família, q acha desperdício estarmos pagando aluguel… e a gente tem q ser firme nos propósitos e argumentos p/ não se deixar levar.

    Hoje, após 4 anos de busca, estamos fechando negócio no imóvel perfeito para nós e num preço ótimo. Tem tudo o que a gente queria – ficar perto da escola dos filhos e do metrô, e assim precisaremos de apenas um automóvel. Ficar no bairro q a gente queria, perto da minha família e amigos. E ter o espaço q gostaríamos.

    Valeu a pena a espera? Com certeza! Temos a noção de q será nosso primeiro imóvel. E tínhamos q escolher bem, pq depois ñ é fácil vender um imóvel, então muitos fatores tinham de ser analisados. Encaramos isso de maneira bem racional, como um investimento e formação de patrimônio deve ser visto.

    Boa sorte p/ vcs e continuem firmes!

  11. Moro em Indaiatuba, cidade vizinha de Campinas, e realmente os valores dos imóveis estão totalmente sem noção! rs mas se vocês não tem pressa, é melhor, para ir pesquisando e achar oportunidades melhores.
    Boa sorte! =)

  12. Oi Thaís!
    Certamente é a melhor decisão e é exatamente nesse ritmo que o imovel certo para você vai aparecer do jeitinho que você precisa.
    Boa Sorte 😉

  13. Thais,

    Somos um casal de São Paulo em busca do primeiro imóvel. Agradecemos por compartilhar sua experiência conosco. Quase um ano depois do seu post, ainda estamos com dificuldades em encontrar um apartamento com preço justo. Não sei como ficou a situação de vocês, mas esperamos que estejam satisfeitos e felizes.
    Estamos dividindo nossa experiência no blog http://embuscadoprimeiroimovel.blogspot.com.br/ e gostaríamos que outras pessoas também pudessem nos falar sobre suas experiências.

DEIXE UMA RESPOSTA