Eu tinha apenas 13 anos quando repeti de ano na escola. Foi uma mistura de coisas erradas – perdi aulas por fazer parte do time de vôlei, perdi provas, fui mal em algumas matérias. Minha mãe sequer brigou comigo porque sabe que não foi tanto culpa minha, mas o professor de educação física foi demitido (outras meninas também perderam o ano) e eu mudei para uma escola particular. Quando fiz minha matrícula, eu prometi a mim mesma que nunca mais deixaria algo assim acontecer na minha vida. E aí eu passei a me organizar.

Parece que foi de repente, e foi mesmo. Bastou a minha mudança de atitude. Foi nessa época que eu comecei a pegar gosto por métodos de estudo (assunto que eu adoro até hoje) e a procurar livros sobre organização no geral. Quando eu tinha 13 anos de idade, eu não tinha acesso à Internet. Porém, tinha acesso à biblioteca da escola, às livrarias dos shoppings e às coleções da minha família. E foi assim, bem aos poucos, que eu fui adquirindo meu arsenal de livros sobre organização. Comprava revistas que tinham matérias a respeito, guardava em uma pasta – tudo lá desde o começo.

Para a escola, eu organizava meu material, meus livros, cadernos, canetas, etiquetas. Tinha agenda para provas e trabalhos, anotava tudo. Nem preciso dizer que sempre passei com boas notas em todas as matérias – exceto matemática, que precisei fazer até aula particular! Hoje em dia fico me perguntando por que a dificuldade era tão grande, visto que na época do vestibular eu adorava matemática e fui muito bem nas provas da disciplina. Mas enfim, é uma matéria polêmica para muitas pessoas.

Uma vez uma amiga minha comentou uma coisa em seu blog: “meu quarto pode ser uma bagunça, mas meus projetos são organizados”. Gente, e eu super entendo esse conceito, viu? Quando eu era adolescente e comecei a me organizar, eu não tinha muito espaço só meu. Meu guarda-roupa era bem bagunçado. Com relação à arrumação da casa, eu certamente estou longe do ideal ainda hoje. Não me preocupo muito com isso, porque sei que vou acabar arrumando, e acabo priorizando fazer outras coisas. Mas quanto a organizar todo o resto – inclusive a casa – nossa, eu sempre amei fazer isso, desde então. Complexo? Para mim funciona.

Meu objetivo com esse texto foi mostrar que não existe conceito de organização ideal e que qualquer pessoal pode começar a se organizar quando quiser, bastando ter essa mudança de atitude. Independente da idade. Independente das condições financeiras ou de espaço. Não adie mais uma decisão que vai facilitar sua vida em todos os sentidos. Organize-se! ;D

Precisa de ajuda? Comece por aqui.

26 Comentários

  1. Thais, bom diiia! Já faz algum tempo q venho acompanhando seu blog e estou apaixonada! Tem dicas e assuntos para reflexão fantásticos. Parabéns!

    Você já fez alguns posts sobre métodos de estudo mas, será que vc poderia indicar também alguns livros?

    Obrigada!!!

  2. Seu blog ajuda bastante, mesmo! Eu confesso que pulo as partes que falam de crianças, pq né, não fazem parte da minha rotina, rs.

    Mas olha, falando de matemática, acho que também tem a ver com a fase da vida da gente também, um tipo de maturidade ou disposição intelectual que varia bastante. Eu era ótima quando criança e na adolescência, agora eu tento evitar rs.

  3. Oie…Eu estava lendo seu posts sobre 10 ferramentas baratas de organização….e vi na dica 2 divisores de gavetas que vc fala sobre fazer divisores com caixas de chá….pesquisei na net e não encontrei nada explicando….vc tem algum material sobre isso?….me envie por favor….tomo muito chá e tenho excesso de caixas…

  4. Oi Thais, gostei muito do post, acho que organização seja a mais básica que for, só tem a nos ajudar mesmo. Hoje sou mais organizada, uma lembrança de oranização que fez a diferença na minha vida foi no meu casamento, organizei tudo sozinha, e com pouco dinheiro, mas no final deu tudo certo. Hoje minha vida é corrida, mas ainda assim consigo dar conta, sempre priorizando o que é mais importante, é a maior lição que aprendi aqui. Adorei o post, bjão.

  5. Oi Thais! Você tem como compartilhar seu método de estudo de inglês? Em algum momento precisou estudar sozinha? Como vc fez?
    Desta vez (após muitas tentativas e começa e para) eu vou aprender.
    Me ajuda?
    Abraços!!!

    • Karina, eu estudo desde a adolescência. foi um mix de coisas: curso, escola, tradução de músicas, leituras em inglês com dicionário ao lado, ver filmes, conversar com estrangeiros etc. No ano passado fiz um curso online de conversação e foi muito bom.

  6. Thais, me ajuda. Tá meio corrido pra procurar nos posts anteiores e eu queria uma dica de mop pra comprar. Você poderia indicar algum específico?

    Obrigada

  7. Um oi de Portugal!

    Eu até sou metódica em termos de organização, o problema mesmo é a gestão do tempo. Penso sempre: “Vou pôr etiquetas nos frasquinhos das especiarias, vou fazer porta-revistas e arrumar tudo direitinho, vou organizar as facturas por dia….”, mas depois não consigo por algum motivo e vai-se acumulando… e fica tudo desorganizado! Contudo este seu blogue tem sido uma inspiração e como ultimamente ando à procura da beleza dos meus cachos (o que me tira muuuuuuito tempo!!), percebi que tinha que gerir melhor o meu dia-a-dia. Sem falta! Este espaço será sem dúvida um dos meus apoios, como refiro no meu blogue mulatadelisboa.blogspot.pt.

    Parabéns pelo seu trabalho!

    Beijos!

  8. Você teve a epifania da organização aos 13 anos. Eu tive aos 17, após ter que me contentar com minha segunda opção para o vestibular.
    Pode parecer idiota, mas me incomodou muito. Levei anos para entender o porquê fracassei se estava totalmente preparada para passar.
    Minha postura na faculdade foi radicalmente outra, uma postura mais “gente grande”.
    Acho que o lance da organização é aceitar que o acaso existe, mas a gente pode se

    • (cont.) preparar melhor para as mudanças de rumo.
      É muito curioso lembrar dos tempos de vestibular, porque minha filha concluirá o ensino médio no ano que vem! Ontem mesmo estava na escolinha…
      Bjs,

  9. Olha, sabe o que acho engraçado? não sou uma pessoa super organizada, mas gosto de encontrar algo que preciso, no lugar onde sempre deixo, e onde eu possa indicar a alguém que caso possa precisar também. esse é meu conceito principal. mas minha casa está loooonge de ser organizada do jeito que eu gostaria.
    o interessante para mim é que, no trabalho, sou MEGA organizada!! em todos os empregos que tive ao longo dos meus 15 anos profissionais, me orgulho de nunca ter perdido um prazo, ou deixado de fazer algo importante por falha de projeto e organização.
    então eu tb SUPER entendo essa ideia de ser organizada por um lado e nem tanto por outro…
    quero ver agora se serei organizada no retorno aos estudos: também voltando ao time dos concurseiros… e para isso há de ser muito disciplinada e organizada!

    e vamos avante!

    um bjo!

  10. Thais, cada vez mais gosto do blog. Tem me ensinado e inspirado muito! Tento gerenciar meus afazeres, ainda tenho q melhorar em alguns pontos, mas em outros estou bem adiantada e em muito devo ao que tenho aprendido com você. Obrigada pelas dicas! Beijo.

  11. Quanto ao consórcio, uma carta já contemplada seria o ideal para você no momento, pois terá a função da entrada que tu tanto comentas. e pagando uma prestação sem juros e que cabe no orçamento. Por exemplo, adquirindo minha carta contemplada de R$55 mil e repassando apenas o que já foi pago.

  12. Engraçado Thais, nem me tinha apercebido de uma coisa até ler seu post. Apesar de ter começado a organizar-me muito recentemente no que toca a casa (porque eu guardava imensa, imensa tralha e era impossível ter tanta coisa arrumada), sempre fui muito organizada na escola. Sempre tive um dossier com os separadores para cada cadeira, um para folhas limpas, outro para folhas de rascunho, tinha uma mica para guardar documentos importantes que não podia ou não queria furar e uma agenda anual, onde anotava entregas de trabalho, avaliações, etc. No fundo, sempre soube como organizar… porque será que é tão difícil umas coisas, e outras são tão naturais??

  13. Que historia legal Thais!! Tenho uma filha de 17 anos super organizada em relacao aos estudos,só a ajudei até a segunda série,a partir disso ela se organiza,faz os trabalhos antecipadamente,tem planilha de estudos,quadro de lembretes no quarto com data pra tudo.Ha pouco tempo a ensinei fazer listas e procurer sobre o metodo GTD (que eu mesma so sei por alto atraves do seu blog). Ser organizado facilita a vida em tudo,uma pessoa organizada é mais produtiva e uma pessoa produtiva tem mais possiblidades na vida.
    Bjs

    • Essa última frase da Anna Lara resumiu tudo -” uma pessoa organizada é mais produtiva e uma pessoa produtiva tem mais possiblidades na vida “.

      E vamos avante!

  14. É engraçado como a organização vai espreitando aqui e ali… Teve vários anos que toda a gente dizia que eu era super organizada (mas verdade é que eles nunca viram meu quarto nesses anos!!). Hoje não tem nada a ver (o meu quarto!) e sei dúvida comecei a espalhar e a influenciar a organização na minha volta.

    Este tipo de posts, apesar de pessoais, são dos que mais gosto. Não pela curiosidade, mas pela partilha da experiência e vivência…Obrigado!

  15. Este site me inspirou e me ajudou MUITO, comecei a ler ele na semana retrasada e tenho seguido diversas dicas e outras tenho adaptado à minha rotina e tenho sentido uma enorme diferença. Eu havia pedido a Deus que me ajudasse a me orientar, a ter disciplina e ser organizada, e parei aqui, está sendo um instrumento e uma resposta de Deus de Deus para mim este blog.

    De resultado nunca mais cheguei atrasada no trabalho, cumpro com diversas tarefas que deixava para depois sempre por falta de tempo, hoje vejo que era falta de ordem. Tentando aplicar ao escritório, onde eu não tinha hábito de anotar todas as coisas, voltei a malhar, comecei dieta e já até perdi quase dois quilos.

    Obrigada!

  16. Você é uma inspiração. Conte com a minha torcida para que seus projetos fluam da melhor forma possível.

  17. Olá Thais, obrigada pelas dicas, está me ajudando muito, mas ainda estou um pouco perdida, me diz uma coisa separar as calças por cores é mais fácil na hora de montar as roupas para a semana? O recomendado é deixar as calças todas em um local juntas? Independente se é social, jeans ou calças de moletons?

    • Nilva, é muito difícil opinar sem conhecer seu espaço, pois as soluções devem sempre ser personalizadas de acordo com volume de peças, suas necessidades e tamanho disponível para armazenamento.

DEIXE UMA RESPOSTA