ou

Filhos são parte da família e, como todos os outros membros dela, devem fazer parte da rotina de organização – não por uma imposição, ou para sermos mães e pais chatos, mas para mostrar que, em casa, é papel de todo mundo cuidar dela. Gosto sempre de frisar isso, especialmente para pais de meninos, pois todos devem cuidar da casa, independente do gênero.

Veja quatro táticas que podem ser usadas no dia a dia para envolver as crianças na organização de um modo geral:

1. Monte um cartaz com a rotina noturna

Pegue uma folha sulfite ou uma cartolina e escreva a rotina noturna das crianças. Exemplo:

18:00 – Tomar banho
19:00 – Jantar
19:30 – Fazer lição de casa
20:00 – Escovar os dentes
20:30 – Dormir

Para crianças pequenas, você pode desenhar o relógio apontando o horário e representar as atividades com desenhos.

Você pode pendurar essa rotina no quarto do seu filho, na geladeira, no mural na entrada de casa etc. O importante é que fique na altura da vista dele e em um lugar onde ele realmente possa ver.

Por que é importante: Porque você dá segurança ao seu filho. As crianças gostam de saber o que vem em seguida e são os pais os provedores dessa estabilidade. Quando uma criança sabe que ela vai dormir em determinado horário, ela já vai entrando no “modo desligar” à medida que o horário se aproxima. Seu próprio corpo começa a se acostumar.

2. Use etiquetas no quarto

Separe os brinquedos em categorias e guarde-os em caixas ou cestos etiquetados. Vale o mesmo raciocínio que o item anterior: para crianças pequenas, use desenhos. Você pode categorizar por bonecos, carrinhos, blocos etc. Depende dos brinquedos que seus filhos tiverem.

As etiquetas também podem ser usadas para distinguir as gavetas de roupas. Mesmo para crianças maiores esse recurso pode ser útil.

Por que é importante: Muitas vezes, as crianças não arrumam as suas coisas porque não sabem como fazer. Etiquetando as gavetas, caixas e cestos, ela saberá onde estão suas coisas e onde devem guardá-las depois de usar.

3. Estabeleça a hora da fiscalização!

Todos os dias, de preferência de noite, você vai designar a seus filhos um papel muito importante: o papel da fiscalização! Durante 5 minutos, eles serão responsáveis pela arrumação dos brinquedos fora do lugar! Arranje uma caixa e diga que é um papel muito importante e que todos devem cumprir! Use toda sua empolgação nesse momento para tornar a tarefa divertida. É claro que você também pode ajudá-los, mas é importante que eles se envolvam ao máximo nesse momento.

Quando terminar, comemore e parabenize-os pela tarefa bem feita.

Por que é importante: Oras, para ensinar que, se tirou do lugar, é importante guardar novamente, senão nunca encontrarão quando quiserem brincar de novo.

4. Envolva-as na organização

Sempre que for realizar alguma tarefa doméstica não-perigosa, chame seu filho para explicar o que você está fazendo. Vea narrando passo a passo e pedindo ajuda no que for necessário. Crianças pequenas podem ajudar a carregar objetos leves, por exemplo, ou a entregar objetos para a mamãe ou o papai.

Por que é importante: Para mostrar que cuidar da casa é um dever de todos que moram nela, desde cedo.

E você, como costuma envolver as crianças na organização?

Thais Godinho
04/06/2013
Veja mais sobre:
23
Qual seu principal objetivo este mês?
Cozinha alegre e colorida
Caos não depende do quão ocupada você está

 

  1. Meire 04/06/2013

    Aqui em casa são 3 crianças, e tem mais um que vai chegar agora no começo de julho. Já temos o cartaz com a rotina noturna e também inclui um com a rotina do banho: conforme o dia da semana, a ordem de quem toma banho primeiro está estabelecida. Isso diminuiu bastante os conflitos daquela hora que todo mundo quer escapar pra tomar banho por ultimo.

  2. Helena Frenzel 04/06/2013

    Faço exatamente como você. E funciona mesmo! Minha filha até já começou a querer ‘educar’ os coleguinhas bagunceiros, e faz tudo naturalmente, sem imposições. O exemplo é a mais eficaz forma de Educação. Valeu o post!

  3. Marcella 04/06/2013

    Ótima ideia, se minha mãe tivesse feito isso, talvez eu não sofresse tanto hahaah

  4. Elis 04/06/2013

    Há vários estudos cientificos que comprovam que criancas precisam de estrutura para se sentir seguras, confiantes e se desenvolverem de forma saudável.

    Criar rotinas para os filhos e integrá-los na vida domestica, portanto, nao é apenas uma forma de diminuir o trabalho dos adultos (como muitos pais superprotertores pensam) mas de dar seguranca às criancas e contribuir para que elas tenham uma vida mais tranquila mais tarde, quando nao tiverem mais a mae pra ficar correndo atrás delas e arrumando a bagunca que elas fizeram.

    Alguns “trabalhos” que uma crianca de 6 anos pode fazer:

    ajudar a arrumar a mesa antes das refeicoes (a mae pôe os pratos e copos; a crianca pôe os talheres e guardanapos),
    ajudar a tirar a louca da lava-louca (as coisas mais leves, sob supervisao)
    colocar a própria roupa após o banho no cesto de roupa suja,
    arrumar os próprios brinquedos após terminar de brincar,
    arrumar a própria cama,
    descascar verduras com uma faca apropriada pra criancas e sob a supervisao de um adulto, etc

    Permitir que a crianca faca estas coisas serve também para fortalecer a auto-estima dela; a crianca se sente orgulhosa de si mesma por ter conseguido executar tais tarefas de forma bem sucedida.

    • Renata respondeu Elis 06/06/2013

      “descascar verduras com uma faca apropriada pra criancas e sob a supervisao de um adulto”
      Mesmo com faca apropriada e supervisão, acho muito perigoso!! Eu mesma me corto de vez em quando, imagina uma criança hehe. Acho que lá pros 10 anos já dá, mas, aos 6, não sei não…

  5. Patrícia 04/06/2013

    essas táticas são + que excelentes Thais … pena que a minha criança já cresceu, mas com certeza vou indicar ás amigas. Obrigado … Bjosss …

  6. Keliane Miranda 04/06/2013

    Em casa temos a rotina noturna. Jantar, banho e dormir as 21:00hs. Meu filho mais velho (2 anos e 9 meses) já colabora jogando a fraldinha no cesto de lixo depois da troca de fraldas, ele adora fazer isso! Também joga as embalagens e papeizinhos no cesto de lixo, e volta e meia pega alguma coisa pra mamãe e pro papai. São tarefinhas que ele gosta de fazer e se diverte, ele fala Liixo ecaa! E joga no cestinho.

  7. Vera Braslavschi 04/06/2013

    Querida Thais….assino seu post, e adoruuuu, porem me encontro em um estado tão depressivo que fica difícil fazer alguma coisa por aqui….mas acompanho tuas idéias e informações, recebo em meu email e salvo tudo e vejo seu site tbm…Algum dia, e espero que o mais breve possível eu consiga resolver minhas coisas por aqui e, ponha em prática tudo o que você nos orienta e nós dá de bom exemplo…por enquanto muito obrigaduuuu…….. Vera ¹

  8. Rosa 04/06/2013

    Na nossa casa as tarefas já estão determinadas, como arrumar a sua cama, arrumar e desarrumar a mesa para as comidas, brinquedos e muitas outras coisas de acordo com a idade delas. Me falta organizar no papel, acho que vai ajudar na hora que todas fogem da cama kkkkkk.
    Bj

  9. Anna Lara 05/06/2013

    Eu faco isso com minha filha,mas ela cuida das proprias coisas,quarto,guarda-roupa,agenda escolar,trabalhos,ensinei e ainda ensino a se organizer pra vida dela ser mais facil e ela ja tomou gosto pela coisa.Faco um pedido as maes de meninos,ajudem a contruir um mundo melhor,criem filhos conscientes de que eles tem capacidade de cuidar de si e das proprias coisas,porque os homens da minha geracao sao terriveis,haja paciencia….

    • Renata respondeu Anna Lara 06/06/2013

      Concordo plenamente.
      Conheço muitas mães que fazem as meninas cuidarem das coisas dos meninos e da casa (arrumar a cama dele, guardar os brinquedos dele, colocar a mesa, tirar a roupa pra lavar, etc).
      Enquanto o menino fica jogando video-game, a menina é que arruma tudo. Isso é bem frequente.
      Infelizmente é a nossa cultura patriarcal e machista, mas aos poucos, estamos mudando isso, fazendo as pessoas entenderem que não existe tarefa de mulher e tarefa de homem. As tarefas são de todos nós, igualmente.
      É preciso que saibam disso desde pequenos!

    • Odyle respondeu Anna Lara 07/06/2013

      Vim fazer coro com Anna Lara.
      Seu post é importante principalmente para que mães e pais de meninos tenham essa noção.
      Mães azelosas acabaram criando filhos despreparados para o mundo. Sofremos com isso
      hoje, não vamos mais repetir os mesmos erros.
      Ab!

  10. lilian 05/06/2013

    Thais,aqui em casa é uma luta diária,tenho 2 meninos um de 10 e um de 6,e mesmo eu estabelecendo regras,eles não cooperam,o mais velho quando peço para guardar qualquer peça de roupa por exemplo ele joga tudo dentro do guarda roupa (e olha que eu deixo tudo fácil deles manterem),quando eu vejo faço ele arrumar direito,e é aquela choradeira as vezes ´da vontade de eu mesmo fazer,mas estou persistindo…..não é fácil.

    • Thais Godinho respondeu lilian 06/06/2013

      Ninguém disse que seria fácil! XD Sei como é difícil, mas com educação precisamos ter paciência (eu repito isso dezenas de vezes também para mim mesma).

  11. Anne 05/06/2013

    A minha mãe inventou uma tática infalível: Multa!!!
    Eu e minha irmã ganhávamos mesada (era algo como 5 reais por semana), e a cada “infração” (que poderia ser toalha molhada em cima da cama, meia jogada no chão, cama desarrumada, brinquedos espalhados, etc…), ela ia cobrando multas (acho que era 50 centavos cada multa), e no fim da semana descontava da mesada!
    Ela já havia tentado outros métodos, como conversar, colocar de castigo, e até dar umas palmadas (na nossa infância não era proibido, né? rsrs), mas nada nunca adiantou tão bem quanto as multas!! Resolveu o problema, e eu e minha irmã nos tornamos crianças (e posso dizer que isso refletiu até para os dias atuais) muito mais organizadas.
    Com certeza, quando eu tiver meus filhos, vou empregar esse mesmo método!

    • Thais Godinho respondeu Anne 06/06/2013

      Excelente tática, Anne.

    • Renata respondeu Anne 06/06/2013

      Gostei da tática também!! Infelizmente eu não ganhava mesada, mas olha, acho que teria funcionado!!

  12. 06/06/2013

    Com o meu filhote, tenho uma especie de jogo parecido..no frigorífico temos afixado um papel com o desenho dos 3: pai, mãe e filhote… quando alguém encontra uma peça de roupa espalhada, coloca-se 1 traçinho na pessoa em questão, 3 traçinhos dá direito a um “castigo”! para o filhote é não ver TV, o castigo q ele inventou p nós é muito gostoso…. em vez das 3 hisórias ao deitar, temos q contar muuuuuitas 🙂

  13. Ana Figueiredo 10/11/2013

    Eu tenho um filho de 4 anos que já está acostumado a participar de processos de organização na escolinha em que estuda, pois o lema é “depois de brincar, tem que ajudar a guardar”. Eu estou implementando em casa, mas ele está assimilando aos poucos, talvez porque nunca tenha cobrado dele antes, ser organizado em casa. Já separei os brinquedos por tipo, mas ele ainda mistura tudo… acho que estou querendo demais dele, para a idade. No mais, ele me ajuda quando vou lavar a varanda e a garagem, em algumas tarefas na cozinha como colocar o pão de queijo na forma, guardar os brinquedos – todos – depois de brincar, colocar os copos dele na pia e principalmente, jogar o lixo no lixo. É importante envolver as crianças na rotina da casa, pois desde pequenos aprendem a serem organizados e a dar valor à um ambiente limpo e organizado (já que houve empenho dele para que ficasse desse jeito).