ou

O post de hoje falará sobre dicas para quem vive em república de estudantes, ou divide a casa/apartamento com amigos, colegas ou mesmo desconhecidos (até então). É uma questão delicada, porque são pessoas que não são familiares ou amigos (mesmo que se tornem depois), então conversar sobre isso pode ser uma saia-justa se não tiver qualquer tipo de orientação! Seguem algumas dicas para colocar um pouco de ordem para que todos consigam conviver sem atritos – pelo menos com relação a esse assunto:

Se você estiver procurando alguém para dividir o espaço com você

Procure conhecer as pessoas interessadas. Pergunte sobre seus hábitos, se gosta de sair à noite, se gosta de dormir até tarde, se trabalha meio período, se visita a família aos finais de semana, por quanto tempo pretende ficar etc. O ideal é encontrar a pessoa com o máximo de pontos parecidos com você. Se isso não for possível, encontre a “menos pior”, que não tenha características que, para você, seria insuportável de conviver.

Se você estiver procurando algum lugar para morar

Vale a mesma dica. Quando for conhecer o lugar, faça o máximo de perguntas. Saiba se os moradores costumam dar festas ou receber visitas durante a semana à noite. Pergunte se há diarista uma vez por semana, se dividem as tarefas, como é o esquema. Dessa forma, você poderá ao menos ter uma ideia e escolher um lugar que lhe agrade mais.

Regras para uso do banheiro

O banheiro costuma ser o lugar mais crítico de qualquer república. A cozinha também é, mas ela é mais fácil de ser limpa por não ter o fator escatológico. Geralmente, ninguém gosta de limpar a sujeira do banheiro dos outros. Portanto, é preciso ter regras.

Com relação aos horários, é interessante cada um ter um horário para tomar banho. Pode parecer radical, mas em uma república onde todos querem tomar banho pela manhã antes de ir para a aula isso pode virar uma confusão só! Assim, verifique quantas pessoas pretendem tomar banho pela manhã e estabeleçam um rodízio, que pode ser feito através de um sorteio, caso não exista um acordo.

Com relação à limpeza, a regra é manter o banheiro limpo sempre que usar. Se sujar o vaso, limpe na hora. Se sujar a pia, idem. Para a limpeza geral, uma vez por semana, vocês podem se alternar – cada semana um de vocês faz essa limpeza.

Rodízio de limpeza semanal

E aqui chegamos ao ponto que eu comecei a escrever no item acima. Fazer um rodízio de limpeza significa que, a cada semana, uma pessoa ficará responsável pela limpeza de um cômodo.

Suponhamos que existam cinco pessoas morando juntas em uma casa com seis cômodos (sala, cozinha, banheiro e três quartos). Os quartos devem ser limpos apenas pelas pessoas que o usam. Assim, se um quarto é usado por duas pessoas, essas pessoas se alternam (semana sim e semana não) para limpá-lo uma vez por semana. Não estou falando da manutenção diária, mas daquela limpeza um pouquinho melhor que deve ser feita uma vez por semana, como varrer ou passar pano no chão. Para os ambientes de uso comum, deve haver um rodízio entre todos os moradores.

Geladeira

Para não dar briga, o ideal é ter uma cesta de plástico com o nome de cada morador, onde poderão ser colocados os itens de cada um. Essa é uma boa maneira de organizar alimentos pessoais, como iogurtes ou guloseimas. Os alimentos de uso geral podem ficar fora das cestas, o que significa que o consumo livre só pode acontecer com tais itens!

Prateleiras

O mesmo vale para prateleiras de uso comum, tanto nos quartos quanto na sala e na cozinha. Mas aí podem ser usadas caixas mais bonitinhas também, além das cestas de plástico.

Refeições e louça limpa

Vocês precisam conversar para saber como pretendem se alimentar, se cozinharão juntos ou se cada um preparará a sua comida. Neste caso, vale estabelecer um rodízio para uso do fogão também. Uma ideia é estabelecer alguns dias da semana para jantarem juntos e outros dias para cada um preparar a sua comida. Vocês também podem combinar de cada dia uma pessoa preparar o arroz, por exemplo, e cada um se vira com o resto. Ou, se tiverem um cozinheiro na turma e, se ele topar, ele pode cozinhar sempre. Mas outras pessoas devem lavar a louça!

Para a louça, a regra é clara: usou, lavou. Cada um lava seus pratos, seus talheres e seus copos. Para panelas, se todos partilharam da mesma refeição, deve haver um rodízio para lavar.

Finanças

Se organizar as finanças individualmente já pode ser complicado, imagine em conjunto. Portanto, juntem todas as contas relativas à casa em um montante só e, mensalmente, façam um rateio. Geralmente, quem aluga o espaço fica responsável pelo pagamento das contas, sendo a pessoa que organiza e guarda os comprovantes. Estes, no entanto, devem ficar em local de fácil acesso, caso os outros moradores queiram fazer conferências. Você pode deixar em uma pasta ou arquivo de pastas suspensas em uma prateleira da sala, por exemplo.

Telefone

Se possível, usem somente os telefones celulares, pois assim cada um controla as suas contas.

Se os moradores optarem por um telefone fixo, a conta deverá ser dividida. Para não ter confusão, pode ser deixado um caderninho com caneta para anotar ligações interurbanas ou para celulares, para saber quem fez as ligações. Isso pode ser útil caso a conta chegue com um valor que, sendo dividido, ficaria desigual e injusto. Você pode ter um morador que ligue todos os dias para a mãe em outra cidade, por exemplo, e um que não ligue nunca. Não é justo dividir de forma igual.

Existem alguns planos de telefonia com a opção de ligar interurbano grátis para telefones fixos. Pode ser uma boa opção para quem mora em república.

Morar em república ou dividir a casa/apartamento com outras pessoas tem uma série de vantagens, assim como alguns pontos de conflito. Para que os cuidados com a casa e a sua manutenção não sejam alguns deles, trouxe algumas dicas para vocês se organizarem. Espero que tenham sido úteis. =)

Alguém aqui mora em república ou divide o espaço com alguém? Existe alguma regrinha de organização que vocês têm e que tem dado muito certo? Compartilhe!

Thais Godinho
16/05/2013
Veja mais sobre:
14
Guia definitivo do Vida Organizada para usar o GTD no Evernote – Parte 7 – Processando notas e adendo sobre cadernos
Ideias de presentes de Natal baratos porém super significativos
25 maneiras de conhecer mais sobre você mesma(o)

 

  1. Silvia Araújo 16/05/2013

    Estou procurando uma republica e estava preocupada com essas coisas.
    Muito obrigada pelas dicas!
    Beijos

  2. Patricia Erthal 16/05/2013

    Oii Thais, eu divido apartamento com mais duas amiga, é a questão da limpeza é conflitante, pois somos diferentes e precisamos conviver harmoniosamente, afinal é um lar. Não temos uma rotina de tarefas dividas entre nós, mas achei muito valido seu post de hoje sobre isso, temos problema com, por exemplo retira e levar o lixo pra fora, bagunças atiradas em áreas sociais como sala, sala de jantar e cozinha, a nossa sorte é que temos uma faxineira a cada 14 dias. Vou tentar implantar a rotina de tarefas entre nós 🙂
    Beijo beijo

  3. Elaine Ramos 16/05/2013

    Olá Thais, mais uma vez você chegou na frente. Conversava sobre isso com meu irmão, pois ele vai morar em uma república. Já mandei este link para ele, pois desta forma, eles poderão se organizar bem melhor.
    Obrigada por compartilhar conosco seu conhecimento e pesquisas.

    Abraços, 😀

  4. Elena 16/05/2013

    Muito obrigada, Thais! Divido um apartamento com meus primos e irmãos, sendo a única menina da casa as tarefas acabaram sobrando todas para mim (já que os meninos parecem não ligar muito para limpeza e organização). Já estava enlouquecendo atrás de soluções práticas e acho que este guia ficou perfeito! Obrigada mesmo! 🙂

  5. Hiorrana 16/05/2013

    Oi Thais, eu moro em republica a 4 anos (desde que sai de casa pra fazer cursinho). Boas dicas! Mas a principal é cada um ter consciente que o espaço de uso comum precisa ser mantido limpo. Porque é horrivel querer usar algo, e isso esta sujo ou encostado no quarto de alguém.
    Respeitar o espaço do outro e saber que divir bem as coisas é fundamental 🙂

    bjo

  6. Marcella 16/05/2013

    Olá Thais,

    Eu moro em República e posso lhe dizer que a limpeza por cômodo não funciona. Aqui em casa a parte mais usada é a cozinha e não são todas que sabem limpar ou se dedicaram a isso. Então contratamos uma faxineira que vai uma vez por semana, e cuida de tudo, inclusive dos banheiros. O gasto é maior? Com certeza, mas evita conflitos e também uma faxina dividida por cinco não fica tão cara. As regras devem ser claras, o bom seria fazer até uma minuta, como uma convenção condominial! rs Sério.

    um beijo

  7. Fernanda 16/05/2013

    Oi Thaís!
    Então, eu divido uma república com 10 pessoas, mas moram de fato apenas 8, pois o aluguel na cidade onde moro é bem caro.
    A casa é bem grande e temos escalas de limpeza e do lixo tbm (é muito importante tirar o lixo!! hahah).
    Posso dizer que apesar do grande número de moradores, temos uma boa convivência e organização.
    Nós dividimos o almoço tbm, sai 20 reais por semana pra cada um (isso tbm está incluso materiais de limpeza), e revezamos quem faz almoço e lava louça, quem lava louça não faz almoço e vice versa… mas cada um lava seu prato, talheres e copo.
    Gostaria muito que vc escrevesse algum post com dicas de estudo pra quem cursa Engenharia (ou exatas no geral).

    Beijos.
    Adoro seu blog!! 🙂

  8. Rafael Danigno 17/05/2013

    Acho que a regra da loça, “usou, lavou”, é a mais quebrada!

    E se tiver 1 no grupo que não saiba se organizar financeiramente, pode complicar toda a organização financeira da casa…

    Ótimas dicas, Thais!

  9. Eu estou procurando um lugar pra morar, mas é complicado dividir com outras pessoas, com família já é um parto, imagina com quem não é?!
    Eu tenho um sério problema de deixar tudo em seu devido lugar e não gosto de nada jogado, tudo determinado por etiqueta, ou cor, ou utilidade. Mas nada fora do lugar, e se tirar do lugar, no dia seguinte tem que estar novamente guardado.
    Uma coisa que me incomoda é aquele tipo de pessoa que finge que não viu… (tem um prato que ela usou na janta, ou deixou cair algo, passa por cima diversas vezes e não pega ou não lava). Na minha casa isso é motivo de briga, pois como não trabalho atualmente, procuro deixar a casa limpa, e chegam e jogam tudo, tenho vontade de matá-los.

    Infelizmente, é como diz minha avó: “Quer fazer as coisas do seu jeito? More sozinho”

    Espero que logo isso se torne realidade, adorei o post! 🙂

  10. Gheyza Thayz 21/05/2013

    Oi Thais,
    Morei em república alguns anos durante a faculdade e fomos adaptando as rotina conforme os conflitos.
    Nós tínhamos uma planilha ao lado do telefone para anotar as ligações interurbanas e para celular e dividíamos o valor da assinatura e da internet.
    A principal questão em dividir apartamento é a limpeza. Tínhamos uma tabela de escala para limpeza com nome e data colada na geladeira, no início cada uma limpava numa semana, depois colocamos uma faxineira quinzenal e só limpávamos quinzenal, o que dava um intervalo de dois meses para cada. Quando alguém não podia no dia da escala trocava com outra com antecedência.

    Mais do que sujou lavou acho que nossa regra de ouro era “faça sua bagunça no seu quarto!” não era permitido deixar nada que não fosse comum nas áreas comuns. Assim podíamos receber visitas sem susto.

  11. Victor Hugo Souza 22/05/2013

    Na minha república utilizamos uma Tabela com uma Escala para limpeza do banheiro.

    Do começo do ano até o fim do ano temos as datas e as respectivas pessoas responsáveis pela limpeza geral do banheiro.
    No nosso caso o banheiro é limpado duas vezes na semana, quarta e domingo então adequamos os dias para as pessoas conforme sua disponibilidade.
    Quem prefere lavar no domingo lava domingo, senão fica com a quarta.

    Tem funcionado bem e já tem mais de 1 ano que usamos essa tática.

    🙂

  12. Giselle 16/06/2015

    Amei as dicas. Moro em residência Universitária há 5 anos e sei bem como é complicado as vezes essa questão de organização. Ri um pouco porque a situação aqui é um pouco diferente de República. Pra começar moramos em 35 pessoas( isso mesmo), sendo em média 4 a 5 pessoas por quarto, PENSE A BAGUNÇA! srrss. A questão do banheiro nem se fala…..pula essa parte rssrsr, olha que não somos tão desorganizadas assim… na minha residência ainda existem um banheiro por quarto, agora imagine que existem outras residências dessa mesma universidade onde exitem apenas banheiros coletivos?? isso mesmo, poucos banheiros coletivos e unissex ainda srsrrs, verdadeira bagunça!!! mas no geral é isso, quero parabenizá-la pelo site, estou amando ler seus posts! 😉

  13. Evandro Passos 19/10/2015

    Para dividir moradia acesse:
    http://www.quartoja.com.br

  14. Yumeiro 08/02/2017

    Eu estou planejando morar com meus amigos próximo ano. seremos 6 pessoas no total dois homens e 4 mulheres… De certa forma estamos muito ansiosos, ainda mais eu que sou a única que não conhece os meninos kkkk.