ou
Imagem retirada do Pinterest (sem fonte)

Imagem retirada do Pinterest (sem fonte)

Depois de já ter comentado um pouco sobre o meu emagrecimento aqui no blog (status atual: 22kg perdidos), recebi alguns pedidos para que eu falasse sobre como eu me organizei para fazer essa dieta. Como eu acho esse um assunto bem importante, resolvi escrever a respeito.

Na verdade, acredito que a melhor forma de se organizar para fazer uma dieta é pesquisar muito, mas muito mesmo sobre ela, antes de começar a fazer. No meu caso, que resolvi fazer a dieta Atkins, muito mistificada, li os dois livros do médico, além de muitas pesquisas a respeito.

Li alguns trechos do livro da dieta Duncan também (ainda não terminei… pretendo fazer uma resenha dele para o blog quando terminar) que me trouxeram insights incríveis sobre a questão do peso. Acho importante manter a mente aberta, mesmo quando temos convicção que um modo de alimentação é melhor para nós que qualquer outro.

To-do list:

  • Ler livros relacionados à dieta que você gostaria de fazer
  • Pesquisar em fontes confiáveis informações sobre os efeitos dessa dieta
Imagem retirada do Pinterest (sem fonte)

Imagem retirada do Pinterest (sem fonte)

Também foi importante obter acompanhamento médico durante todo o processo. Antes de começar a dieta, fui a um endocrinologista, a uma nutricionista e a um cardiologista, que me pediu exames de rotina. Por que isso é importante? Porque você precisa comparar os resultados no seu corpo, além do seu emagrecimento. Pouco mais de seis meses após começar a dieta, além de ter emagrecido 20kg, meu colesterol ruim tinha abaixado bastante e o colesterol bom, aumentado. Agora, imagine se o resultado fosse o contrário? Por isso é fundamental ter esse acompanhamento médico.

To-do list:

  • Marcar consultas médicas relacionadas
  • Contar com apoio profissional
  • Fazer uso de vitaminas, se necessário
  • Realizar exames iniciais
Imagem retirada do Pinterest (sem fonte)

Imagem retirada do Pinterest (sem fonte)

Além disso, conhecendo a dieta, você precisa saber que alimentos pode ingerir e procurar ter em casa somente esses alimentos. Se você mora com outras pessoas, a força de vontade precisa ser ainda maior. O que importa é que, tendo as opções permitidas na sua despensa, a chance de quebrar a dieta é muito menor.

To-do list:

  • Fazer uma lista de compras com os alimentos permitidos
  • Pesquisar receitas permitidas para variar sempre que enjoar de algum alimento
  • Deixe preparados com antecedência os lanches que levará enquanto estiver fora de casa (no trabalho, por exemplo)

O principal, sem dúvida, é ter muita força de vontade. Todos os dias temos oportunidade de sair da dieta. Nesse exato momento, estou morrendo de vontade de comer chocolate (ovo de páscoa de brigadeiro, nhamy). Mas vou comer? Não, nem pensar. Estou há quase um ano fazendo essa dieta e não pretendo jogar todo o meu esforço fora em detrimento de um alimento que eu já comi muito a minha vida inteira e sei que gosto tem. O crime não compensa. o principal item na sua to-do list, então, deve ser ter muita força de vontade! Mas, para se organizar, acredito que os três passos acima descrevam bem como eu fiz e continuo fazendo.

Outros passos incluem agendar uma rotina de exercícios físicos na agenda como se fossem compromissos (e são! com o seu corpo), sessões de estética para quem gosta e até mesmo a inscrição em algum grupo de estímulo à perda de peso específico. Ter apoio é bacana, pois a troca de informações com quem passa pelo mesmo que você sempre é enriquecedora.

E você, como se organiza para fazer uma dieta?

Thais Godinho
07/03/2013
34
Passeio na Tok&Stok, comprinhas e presente da Electrolux
Balanço da minha vida como mãe, profissional e escritora {3}
Toda uma vida nova