ou

Group of schoolchildren (6-7) playing in classroom

Este post foi enviado pela organizadora profissional Fernanda Graeff, da Armonizzare Ambientes.

Os dias de dormir até mais tarde, almoçar lanche, olhar TV até de madrugada, computador liberado estão com seus dias contados ou já   estão em um lugar da memória das crianças e adolescentes do Brasil!  (no Rio Grande do Sul as aulas começam somente após o Carnaval…. em outros estados do Brasil, no começo de fevereiro).

É tempo de retomar a rotina de estudos. Pensando em ajudar as famílias a passar por este momento, elaborei algumas dicas que podem ajudar! Sou ex-professora, mãe de duas meninas e mesmo com minha atividade de organizadora profissional reconheço que não é uma tarefa fácil. Mas não  é impossível. É de conhecimento popular, que para mudar um hábito são necessários 21 dias e muito empenho! Então vamos às dicas:

Faça uma mudança gradativa nas permissões que seu filho tinha nas férias. Para evitar “combates”  diários, vá reduzindo os horários que ele tinha permissão parar dormir, ver TV, usar o computador.  Cortar tudo de uma vez só,  vai fazer seu filho ficar frustrado e identificar a volta às aulas como um castigo.

– Mesmo que nas primeiras semanas de aulas, alunos e professores estejam se conhecendo e estabelecendo regras, aproveite este momento para estender estas regras para sua casa.  Em conjunto estabeleçam o que funciona para a sua família em termos de horários, onde se encaixa o momento de estudo. Ele deve ser diário, mesmo que seja para rever conteúdos, organizar o material, agendas, mochilas. A famosa frase “mas eu não tenho tema” nem sempre é verdadeira, o que acontece é que ele pode ter tema sim e está deixando para última hora.

Elabore com seu filho um cronograma semanal, onde se destaque tanto os compromissos com a escola, quanto os momentos de lazer. Assim ele aprende a valorizar a organização e ver que é algo que o beneficia, e não somente serve como “punição”  e para coisas “chatas” .  Faça de acordo com a faixa etária, estando nos primeiros anos do Ensino Fundamental faça um cartaz bem colorido, se estiver em outra fase, apele para os recursos multimídia, fazendo planilhas ou até mesmo uma fã page, blog onde seu filho adolescente pode compartilhar sua rotina com os colegas da escola e com a família,  tudo que está fazendo de legal na semana!

Use uma pasta sanfonada, ou fichário com plásticos para que seu filho vá acrescentando as atividades que fizer na escola, por matéria ou área, assim na hora de procurar um conteúdo para estudar para uma prova fica mais fácil.

Privilegie um local da casa livre de distrações para os momentos de estudo! Tudo com muita luz, silêncio, uma boa mesa e cadeira que proteja a postura. Mas comece cedo, se seu filho nunca fez isto desde que entrou no 1º ano, dificilmente ele irá procurar um local assim para estudar com 15 anos.

Acompanhe a rotina de seu filho, mostre que você se importa! No tempo que fui professora observei a diferença que a atenção dos pais fazem no resultado escolar.

Vamos ver a aula com toda positividade que ela traz! Retomar os estudos! Retomar as amizades! Com organização e boa vontade sobre tempo para tudo! Estudos e lazer! Boa volta a todos!

Thais Godinho
18/02/2013
Veja mais sobre:
De férias/folga
16
15 dicas de produtividade para mães que trabalham fora de casa
Ideias da Martha Stewart para jantares que as crianças gostem
Baby Steps – Dia 3

 

  1. Karoline 18/02/2013

    Olá Thaís, achei que eu não iria gostar de colaboradores escrevendo no SEU blog, que possessividade rs, mas gostei muito. Deveria ter me antenado que vc é supercrítica e não iria colocar qualquer um, ou qualquer coisa aqui.

    Gostei muito das duas publicações, a de hoje foi muito legal e não vejo a hora de mostrar para o meu filho.

    bjs

    • Thais Godinho respondeu Karoline 19/02/2013

      Que bom, Karoline. Ter esse retorno dos leitores é muito importante.

  2. Nina 18/02/2013

    Muito bom! Não tenho filhos ainda, mas pretendo ter um dia, e me diverte ler sobre o assunto. Organização é mesmo a chave de tudo!
    Parabéns pelo post, Fernanda e pela escolha, Thais!

  3. Fernanda Graeff 18/02/2013

    Fico feliz pela aprovação!! Isto me motiva ainda mais para as próximas postagens!! Vocês merecem o melhor! beijos e boa volta às aulas! Vou mandar a foto do esquema que fiz com as minha meninas!!

  4. Vania Lacerda 18/02/2013

    Ótimas dicas!

  5. Letícia 18/02/2013

    Na teoria, é tudo muito bonito.
    Quero ver organizar a vida quando você é mãe solteira, filho de 6 anos, vocês moram na casa da sua mãe (avó da criança) – que não incentiva seu filho, nem muito menos ajuda em nada, além de ficar com a TV ligada o dia todo no último volume, daí você trabalha das 7h às 18h, estuda faculdade das 19h às 23h, e AINDA ASSIM, tenta ser uma pessoa organizada. Levanto às 4:45h pra preparar o café da manhã e o nosso almoço, meu filho faz tudo sozinho já que a avó não liga muito, mas as tarefas e estudos são uma área muito complicada, porque nem sequer temos um quarto na casa (dormimos num colchão, os dois juntos), muito menos canto de estudos. Nossas coisas ficam entulhadas num quartinho FORA de casa, inclusive o nosso guarda-roupa… QUER DIZER…

    Mas, isso já nem é problema de organização mais, isso já é problema de arrumar um canto e mudar! HAHAHAHA! Enfim… estamos engajados nesse projeto, que se for da vontade de Deus, está previsto para o início de 2014. 🙂

    ADORO as ideias para organizar a casa de maneira FUNCIONAL, especialmente pra quem tem filhos.

    Obrigada pela colaboração!

    • Vania Lacerda respondeu Letícia 18/02/2013

      Olá, Leticia. Fiquei emocionada com seu depoimento. Bom, eu acho que seu filho está vendo que você faz o melhor que pode, dentro das condições que tem, e no futuro reconhecerá seu esforço. Não sei em que horário ele vai para a escola, mas o ideal é que frequentasse uma dessas escolas de período integral. Se você mora em SPaulo, há varias da prefeitura (tipo Ceu), e tambem algumas do Governo do Estado. Nessas escolas tem uma rotina bem estabelecida, horário de brincar, horário de fazer lição, alimentação na hora certa.
      Esse quartinho lá fora, não poderia ser de vocês dois? Às vezes uma destralhada e uma pinturinha fazem milagres… Abraço grande!

      • Letícia respondeu Vania Lacerda 18/02/2013

        Oi Vânia!

        Minha mãe é acumuladora! Nesse quarto tem 1 cômoda, 3 guarda-roupas, 2 estantes, 923749242kg de ROUPA VELHA CHEIA DE TRAÇA, brinquedos amontoados de todo tipo. Nós mal conseguimos andar lá dentro. Mas como o guarda-roupa foi acumulado lá, tivemos que nos adaptar e aceitar.

        Ela não se desfaz de nada, em cima dos guarda-roupas tem milhões de sapatos velhos, caixas e mais caixas, sacos e mais sacos, tudo MUITO CHEIO DE PÓ E SUJEIRA. Somos alérgicos, então só entramos pra pegar o necessário mesmo.

        Moro no interior de SP, mas ele já está em período integral. Eu prefiro ele na escola do que em casa. Tenho que trabalhar mesmo o dia todo, então é melhor que esteja na escola com amigos, brincando e etc. 🙂

        Obrigada pela força!

        Se quiser trocar e-mails: lekischner@gmail.com

        • Nilza respondeu Letícia 18/02/2013

          Letícia, seu relato foi de partir o coração… Vamos rezar para que seus planos funcionem. Enquanto isso, paciência, paciência e um pouquinho mais de paciência. Seu filho está aprendendo o valor do esforço e do trabalho ao observar você. Quando os dias melhores chegarem e ele tiver um cantinho de estudos, vai valorizar ainda mais. Bjs.

        • Thais Godinho respondeu Letícia 19/02/2013

          Força na peruca, Letícia… espero que em breve você consiga ter o seu cantinho.

  6. Fernanda Graeff 18/02/2013

    Letícia! Com certeza quando tiveres o teu cantinho tudo vai ser diferente! É complicado compartilhar o espaço e a educação dos filhos com quem pensa tão diferente da gente! Concordo com a Vânia, teu filho com certeza sabe que você está se esforçando para lhe dar o melhor que pode, caso contrário nem estaria buscando mais estudo com a faculdade! Eu também já precisei, e ainda preciso da minha mãe para ficar com as minhas filhas quando o trabalho não condiz com o horário da escola…concordo que é complicado, elas podiam comer qualquer coisa…ver TV…precisei de uma conversa franca frente a frente para expor meu descontamento e explicar que a ajuda dela é muito importante para seguir a rotina que elas tem em casa, confesso que não melhorou 100%, mas pelo menos agora ela me pergunta o que elas podem ou não podem antes de eu sair! Um dia de cada vez rumo a um equilíbrio, entre o que eu quero e o que ela pode fazer, afinal dependo dela. Quem sabe uma boa conversa não toca o coração da tua mãe e ela resolve desocupar o quartinho para vocês terem um pouco mais de privacidade?! Bjs e boa sorte!!

  7. Adriana 18/02/2013

    Parabéns à Fernanda pela estreia super bem sucedida aqui no Vida Organizada, amei teu post, de verdade. Ele é muito útil para nós mães.
    Parabéns à Thais pela nova parceria, e creio que surgirão outras à altura de vocês duas.
    E parabéns à mãe esforçada Letícia, que encontrou este espaço disponível para desabafar e pedir um help. Estarei torcendo por você, Letícia.

    Bjs.

  8. Meire 19/02/2013

    Fernanda gostei muito do post. Confesso que já vi a necessidade de ter um cronograma semanal mas não estou sabendo por onde começar. Tenho 3 filhos (dez, sete e seis anos) logo idades escolares diferentes.
    Eles saem da escola as 14h30.
    Você tem algum exemplo de cronograma que fez?
    Com o detalhe que estou esperando o 4°e a partir de agosto terei que gerenciar isso, por isso queria implementar logo a rotina, asssim quando o bb chegar eles já estarão no ritmo.

  9. Fernanda Graeff 19/02/2013

    Oi Meire, o que você pode fazer é uma rotina da casa comum aos 3 filhos e depois uma rotina em separado com os compromissos escolares e particulares de cada um deles…posso te ajudar a montar um esquema! me passe mais informações para meu email contato@armonizzareambientes.com.br te aguardo!! bjs

  10. veronica Policarpo 05/02/2014

    Leticia vc me emocionou , chamei meu filho e mostrei pra ele o seu depoimento e perguntei pra ele se achava certo reclamar tanto da vida, ja que temos de tudo na medida do possível, quw sirva de lição para quem vive reclamando sem motivos concretos . Espero sinceramente que Deus te ilumine e que derrame sobre a sua vida toda sorte de bençaos

  11. Poatricia pimentel 22/02/2014

    Poxa muito esse site adorei entrei p ver os tipos de lanche que minha filha de 3 anos tem que levar p escola pois faço faculdade de nutriçao e to sempre de olho nos alimentos,ai acabei lendo outros temas interessantes e o depoimento das pessoas dá um up na sua vida susseço thais.