Aqui em casa eu deixo uma caixa de papelão tamanho médio para ir juntando as doações (roupas, brinquedos e artigos no geral). Quando ela fica cheia, eu faço a doação. Geralmente, demoro de 3 a 4 meses para enchê-la.

Deixo embaixo da mesa do meu escritório, assim ela não atrapalha a passagem.

Você tem uma caixa desse tipo? Como você organiza o que pretende doar?

29 Comentários

  1. Afe, simplesmente amei!!!! Eu sempre olho coisas que não quero mais, aí penso, acabei de doar, vou esperar mais pra frente tenho mais coisas e assim dou, mas se for separando sempre numa caixa eu junto mais rapidamente e destralho tb! E tenho tb um espaço para isso embaixo do pc! obrigada!!!

  2. Ontem mesmo eu estava dando uma geral em casa pq hje vai uma faxineira (alegria total..rs) e separei algumas roupas pra doar… mas já coloquei em uma sacola no carro pra dar pra minha mãe doar pra mim… é uma boa idéia a caixa, vou deixar uma em casa também…

    bjuss

  3. O mercado do meu bairro fornece ótimas sacolas de papel, de bom tamanho. O que eu separo para doar, coloco na sacola e aproveito o passeio diario com a cachorrinha para deixar na igreja. Coisas maiores eu coloco no porta-malas do carro e levo logo. Nao gosto de acumular.

  4. Eu sempre separo em uma sacola mesmo e deixo no quarto que era do meu irmao…. e virou quarto de bagunça! Obs.: isso é na casa dos meus pais, eu ainda terei meu cantinho e pretendo seguir muito as suas dicas! rs

    bjs

  5. Como eu ainda estou na fase inicial de destralhe (isto é, tem muita coisa para doar), estou enchendo uma sacola grande por semana, assim a diarista leva. Não adianta encher mais do que uma pois ela nõa consegue levar no ônibus e vai ficar bagunçando a minha casinha, que agora está arrumadinha.

  6. Aqui em casa fazemos doações a cada estação. Estamos nas doações de Primavera. Coloco um cesto grande com uma plaquinha “Doações de ” em um canto e verificamos o que se pode doar (roupas, sapatos e brinquedos,…)
    Usei este recurso do cesto e da plaquinha para incentivar minha filha a doar. Ela acaba se divertindo.
    Nesta estação só o cesto não deu para tudo e ainda estamos coletando…

    Bjs,
    Keila

  7. Adorei a ideia de utilizar uma caixa para colocar as coisas para doação! Vou copiar a ideia. bjs,

  8. Olá, Thais!
    Leio sempre o seu Blog, mas nunca comentei. Agora estou colocando em prática as suas ideias de destralhamento, estou fazendo por cômodos, então já doei muita coisa. Roupas, principalmente. Agora me falta convencer o marido a destralhar a parte dele do quarto…rsrsrs Ele é muito “apegado” a tralhas. Obrigada por suas dicas, adoro o blog.

  9. Tenho exactamente o mesmo habito.
    Temos na garagem um caixote para irmos enchendo com roupa que já não nos serve ou não usamos/ sapatos/malas….

  10. Sempre que destralho alguma coisa, levo logo para a minha igreja, lá o povo faz bazar beneficente frequentemente!

  11. Thais, adoro seu blog! Visito todos os dias, já faz parte da minha rotina! Saio para almoçar e quando retornor checo meus e-mail’s e teu blog. A-DO-RO!!

  12. Eu costumo utilizar um saco ou uma caixa (dependendo do tipo de objectos).

    No dia em que faço arrumações mais gerais (normalmente aquando da mudança de estação), é que o encho com os meus donativos. Por outras palavras, não tenho um saco ou caixa sempre em casa para o efeito. Encho num só dia e levo-o para doar nos dias seguintes.

  13. eu estou colocando em duas sacolas de papelao, como já estão cheias e dando um ar bagunçado ao closet, vou doar nas proximas semanas, pensava que faria isso em dezembro mas…

  14. Não tenho uma caixa dessa. Quando faço arrumação, separo e já faço a doação. Quando não é possível doar de imediato, fico agoniada por ver aquele material no canto ocupando espaço. Mas sua dica é boa, porque pode-se fazer doação de uma vez só de tudo.
    Beijos Thais!

  15. Como já sou voluntário em uma casa de assistência social, levo as minhas doações para lá. Quando preciso acumular alguma coisa, fica em um cantinho da garagem.

  16. Só não vale revisar depois e deixar de doar coisas separadas… Por isso, dôo quase sempre no mesmo instante!!

  17. Tenho um cesto que vou colocando e quando enche eu levo para o bazar da igreja… Jà faz tempo que evito comprar coisas a mais, mas sempre que dou uma arrumada geral tem coisa pra doar… Além disso tenho um filho de 3 anos que ganha MUITA coisa então geralmente a cada 2 meses tem coisa pra levar para o bazar…

  18. Eu separo tudo em uma sacola e deixo perto da porta pra levar logo pra doação. Se ficar em um canto acabo esquecendo e vira tralha Hehe como na minha rua costuma passar muitas pessoal com aqueles carrinhos pra pegar papel pra reciclagem da até pra deixar a vista na calcada que logo alguém leva!

  19. Thais,
    Adorei a idéia ! Aqui em casa mora muita gente, somos 7, então sempre tem alguma coisa pra doar e se tiver um lugar específico pra ir enchendo aos poucos, melhor !
    Beijo e parabéns pelo blog.

  20. oi thais :DD
    Adorei a dica, assim como todo o blog. começei a ler e não consegui parar, li todinho 🙂
    o blog esta recheado de dicas exelentes, ja adaptei muita coisa na minha rotina, obrigada por tudo.
    toda sorte do mundo, beijos.

  21. Que bacana Thais!!! Sempre acompanho seu blog, e vou aproveitar esta dica. 🙂
    Estou começando o meu processo de “destralhamento”…tem muita coisa. Só estou com problemas para me livrar de livros, revistas, cadernos e apostilas que utilizei, mas não uso mais. Guardo tudo e caixas organizadores, mas elas ocupam muito espaço. Alguma dica do que posso fazer com eles???
    Um abraço!!!

  22. Aqui em casa temos uma, na edículo no fundo da casa, onde se coloca tudo para doação, em sacolas separadas por assunto. Mas as minhas roupas eu prefiro manter uma sacola dentro do guarda-roupa, assim toda vez que vejo uma peça para doação já separo, encheu a sacola já levo. Acho mais prático, e evita deixar o guarda-roupa cheio sem ter nada pra usar 🙂

  23. Oi, quando vou doar, separo numa sacola e ponho no porta-malas do carro. Faço isso na mesma hora e na primeira saída deixo na casa da minha mãe. Lá é o point da família. Então ela mostra e vê quem quer levar alguma coisa.
    Quando é acessórios, bijus, canetas, bonés, eu faço sorteio em alguma data comemorativa, por exemplo: dia das mães, dia internacional da mulher, e vira uma festa. Todo mundo curte e se diverte com os “presentinhos”.
    Zilda.

DEIXE UMA RESPOSTA