ou

Apesar de todo final de ano dar vontade de montar uma “lista de desejos para o ano seguinte”, há muito tempo eu me desprendi disso e trabalho com os objetivos de curto, médio e longo prazo. Isso vem do meu uso do GTD (50 mil pés, 40 mil pés etc). Assim, seriam esses períodos:

  • Curto-prazo: de hoje até 2 anos
  • Médio-prazo: de 3 a 5 anos
  • Longo-prazo: para a vida

Frequentemente, também avalio a minha vida de acordo com o método do David Allen, que considero mais completo. Falo mais sobre ele no post como definir prioridades e executar tarefas.

Eu procuro fazer uma revisão macro dos meus projetos mensalmente. Executo tarefas no dia-a-dia, faço uma revisão semanal, mas é muito corrido para analisar com calma o que está sendo feito – o famoso “ver de fora”. Uma vez por mês, consigo mensurar o que realmente foi feito em busca de determinado objetivo e definir os próximos passos.

No começo do ano, falei um pouquinho sobre alguns projetos (não posso escrever todos aqui por motivos de privacidade). Fazendo uma revisão atualmente, posso dizer o seguinte a respeito de cada um deles:

Comprar um carro / Tirar carteira de motorista – Está planejado para dezembro. Preciso primeiro terminar de pagar as mensalidades da pós-graduação (em novembro) para assumir novos gastos. Meu marido já tirou sua carta de motorista e eu pretendo iniciar na auto-escola no próximo verão. Não fiz antes porque há incompatibilidade de horários com as escolas da região.

Falar inglês fluentemente – Melhorei muito meu inglês este ano! Participei de eventos, reuniões de trabalho e recebi visitantes do exterior conversando normalmente – claro que com um tropecinho ou outro ali, mas me virando bem. Estou fazendo um curso de conversação online e, se me dedicasse mais, certamente já estaria em um nível de fluência avançado.

Falar o básico de espanhol – Eu sabia que não teria tempo para me dedicar ao espanhol em 2012, principalmente por causa da pós-graduação. Minha previsão sempre foi iniciar em 2013, mas estou fazendo alguns estudos mais leves a partir deste mês.

Terminar a pós-graduação – Meu TCC está bem adiantado e ele deve ser entregue no final deste mês.

Tirar minha cidadania italiana – Já enviei há meses a papelada e agora estou somente no aguardo.

Emagrecer – Emagreci cerca de 20kg até o momento e isso foi mais do que eu esperava para este ano. Espero conseguir chegar à minha meta em 2013.

Para os últimos três meses de 2012, o negócio é focar. Continuo na dieta, preciso entregar meu TCC, continuo estudando inglês e iniciei os estudos de espanhol. Tudo isso porque eu sabia o que queria fazer a curto, médio e longo prazo (mesmo que os objetivos mudem, o importante é planejar). Conhecendo meus objetivos, fui definindo os passos que precisaria para atingí-los, e assim se passaram meus meses.

Não é ser “certinha”, chata, com vida militar, vida definida e sem surpresas, nada disso. Trata-se de ter metas e trabalhar para alcançá-las. Se não fizermos assim, perdemos muito tempo na vida (ao menos foi a essa conclusão que cheguei nesses anos todos e que funciona para mim).

Você está correndo atrás dos seus objetivos para 2012?

Thais Godinho
05/10/2012
Veja mais sobre:
Objetivos
31
Como organizar: Amizades
Definindo critérios para compra de livros
Quando as desculpas nos dominam

 

  1. Bressa 05/10/2012

    Adorei! Nossos planos podem mudar, mas para isso eles tem de existir.
    Além do post, seu perfil ficou incrível!
    Beijos

  2. Keila 05/10/2012

    Oi Thais!
    Sempre gostei de planejamento anual mas agora estou usando o que você descreveu (GTD). É realmente muito bom. Não quero dizer que sempre cumpro tudo mas tenho um norte e uma maneira de avaliar se a direção está correta ou preciso reformular. Outra vantagem que vejo no planejamento é em relação áquelas atividades/projetos que nunca concluímos, sempre ficam para depois. Comecei a avaliar as minhas e perguntar “Por que isso sempre fica para depois? Realmente quero isto neste momento?”
    Seguir planos cegamente pode engessar a vida, mas seguí-los de maneira crítica e consciente pode trazer muito significado á vida.
    Bjs,
    Keila

  3. Vanessa Rosa 05/10/2012

    Thais, concordo plenamente com vc, quem não se planeja não toma conta da própria vida. Não tem a nada a ver com ser certinha demais ou chata, e sim com saber o que se quer e trabalhar pra alcançar. Cada um organiza isso de um jeito, e eu, que estou aprendendo a lidar melhor com planejamento, principalmente depois de conhecer o blog, acredito que pra mim serve muito o seu exemplo. Seu dia tem 24 horas como o meu e você faz muitas coisas, sem no entanto deixar de viver e curtir. Bjos!

  4. Taís 05/10/2012

    Preciso saber como funciona isso de cidadania italiana! Conta num post?

  5. Marcela Palassi 05/10/2012

    Estou precisando disso agora: traçar objetivos. Não costumo fazer isso. Mas adorei esse post, foi um estímulo. bjs,

  6. Organiza-se 05/10/2012

    Thaís!
    Quando começou o ano, eu disse a mim mesma “que seria um ano de realizações” concluir a reforma da minha casa, mobilha-la e ter o meu cantinho seria a grande realização do ano. E lhe digo a três meses para acabar o ano…estamos conseguindo!!! Gastamos muito dinheiro, ou melhor investimos muito. Agora é respirar!

    Tinha como meta entrer duas monografias atrasadas. É isso aí tenho duas monografias atrasadas…e no meio disso tudo não sei nem por onde começar. Motivo do atraso, eu reconheço: FALTA DE ORGANIZAÇÃO, fiquei envolvida com os preparativos do casamento, viagens, depois casa, administrar a curta grana…e pronto estou a dois anos para entregar a bendita e não entrego:(

    ACEITO AJUDA E DICAS será que eu consigo entregar até dezembro???

  7. Nivia 05/10/2012

    Oi Thaís, adorei o post de hoje. Há dias não vinha aqui por ter de priorizar outras coisas e foi doce a surpresa de hoje. Eu sempre fui horrível com organização, mas boa com objetivos e metas, boa com planejamentos. E cheguei onde eu queria. Só não contava ver minha vida mudar tanto e ter que fazer escolhas que me fizeram estagnar. Eu, que sempre soube bem o que fazer e o que não fazer da minha vida, hoje não sei para onde ir. Sonhos realizados, e o que eu faço agora? Já tenho a casa, o marido, a filha, buscando trabalho… O que se pode querer da outra metade da vida? Bjo grande pra vc!

  8. Bia B 05/10/2012

    Olá Thaís
    Adorei o seu post, na verdade adoro o seu blog, para mim as maiores lições foram: arrumação é diferentes de organização e estabelecer metas. Utilizo suas dicas para muitas coisas, tanto na organização da casa quanto no meu trabalho e estou mais feliz, mais produtiva, menos cansada e estressada. Para mim estabelecer metas para a vida é um novo aprendizado, atingi algumas metas a anos atras e não estabeleci novas, estava vivendo de acordo com o vento. Mas isso é loucura! Estou aprendendo a estabelecer metas de médio e longo prazo, comecei com metas de um único mês a para este anos, estou cumprindo essas. Agora meu desafio é conseguir estabelecer planos para 3 – 5 anos. Muito obriga por tudo.

  9. Bruna Barros 05/10/2012

    Oi..
    Adoro seu blog e sempre o visito.. gostaria d t deixar uma dica já q sempreee me utilizo das suas… eu uso um app chamado Libra para gerenciar meu peso.. ele é super simples mas eu tenho gostado bastante…

    Bjos

  10. 05/10/2012

    Oi, Thais, se você puder, gostaria que explicasse um pouco sobre como adquirir a cidadania italiana. Meus bisavós maternos eram italianos, portanto, sou descendente de italiano! Isso é suficiente?
    Bjs

  11. 05/10/2012

    Adorei o post!
    Eu costumo me encantar por algumas coisas e acabo largando algums meses depois. Focar em terminar as tarefas e atingir os objetivos é muito bom! Senão ficamos com um monte de projetos começados e jamais terminados…

  12. Nah Ferreira 05/10/2012

    Me indica o lugar que você faz essa aula de conversação online de inglês?!

    Obrigada!!

    Beijos

  13. gisele lopes 05/10/2012

    Oi Thais, a vida sem organização, metas e objetivos passa em vão, isso é fato. Aprendi muito isso no seu seu blog.
    Torço pra que vc alcance todos os seus objetivos, e que dê tudo certo pra que vcs comprem o automóvel. Esse ano financiamos nosso primeiro carro, mas antes avaliei tudo, procurei entender os motivos desse passo importante e enfim deu tudo certo. Abri mão de algumas coisas, supérfulos, e vou continuar economizando para ficar tranquila e sem dividas.

    Vai ser muito bom um carro pra vcs ainda mais pra quem mora em sao paulo, cidade grande, não é fácil pra se locomover. Vai ser muito útil, pro seu trabalho, pra sua familia e principalmente para o lazer de vcs.
    É um gasto a mais ter carro? É. Mas vale a pena.
    bjinhoss

  14. Nilza 05/10/2012

    Oi Organiza-se, tudo bem?

    Vc pediu dicas para completar sua monografia, então vou repassar algumas dicas que meu marido usou para o mestrado dele. Temos vários conhecidos que perderam TODOS os créditos do mestrado por não apresentar a monografia. É um grande desperdício de tempo e dinheiro e uma grande frustração.
    Vou presumir que vc está cursando mestrado (vc não foi específica).
    1. Sorry, mas lembre-se que vc está atrasada e deve priorizar sua monografia, como se sua vida dependesse disso. Se puder ficar no computador apenas uma hora por dia, cuide da monografia e nem acesse internet.
    2. Confira a data máxima para entrega do trabalho e se programe para entregar 1 semana antes. Imprevistos acontecem a alguns dias a mais podem ser cruciais. Gráficas podem atrasar ou vc pode ficar sem sinal de internet no último dia de prazo para uma entrega online. Presuma que algum problema vai acontecer e se programe para uma semana antes.
    3. Seu objetivo é a obtenção do título e não escrever a obra da sua vida. Escreva o mínimo de laudas exigido. Para mestrado, cerca de 150 laudas basta.
    3. Escolha temas fáceis, com farto material de pesquisa. Se já tiver algo escrito que possa ser aproveitado, use como critério de escolha de tema. Meu marido, por exemplo, fez mestrado em direito ambiental. Eles escolheu todos os créditos optativos dentro desta área, concentrando todos os trabalhos na mesma área da monografia final, para poupar tempo e energia.
    4. Em mestrado ou especialização não é obrigatório defender tese (ideia nova). Um bom trabalho de compilação basta para obtenção do título.
    5. Decida o tema este final de semana e calcule quantas laudas precisa escrever por dia para completar o trabalho.
    6. Não passe nem um dia sem cumprir a cota, custe o que custar. Pouco importa se a escrita não lhe agradar. Depois vc faz os ajustes ou até reescreve alguns trechos.
    7. Eu corrigi toda a monografia do meu marido. É mais fácil encontrar falhas no trabalho alheio do que no próprio. Se tiver ajuda gratuita, ótimo. Se contratar professora de português para correção, não espere o trabalho terminar para encaminhar para correção. Vá escrevendo e mandando.
    8. Os mestrados costumam pedir várias cópias da monografia. Se não tiver tempo de checar preços, peça indicação na secretaria do curso. Eles costumam ter gráficas para indicar.
    9. Já prepare cada parágrafo cuidando de cumprir rigorosamente as regras de metodologia científica nas citações, fonte, parágrafo etc. É um trabalho a menos para conferir depois. Lembre-se dos agradecimentos. Não se esqueça do abstract. Se não puder escrever diretamente em inglês, escreva rapidamente em português e arrume alguém que possa traduzir, porque é obrigatório. Se não falar inglês, nem pense em usar tradutores da internet, porque o resultado fica muito ruim.
    10. Ainda da dá tempo. Nem pense em não conseguir. Organize-se e faça(rsrsrs). Ficamos na torcida pelo seu sucesso.
    Bjs,

  15. Organiza-se 05/10/2012

    Oh Nilsa! Que doce você hein…me senti até mais motivada! Muito obrigada pela atenção e o carinho…olha o tamanho do seu post, para mim. Invisto o meu tempo em tantas outras coisas que vc me deu um click de verdade, ESSA É A MINHA PRIORIDADE AGORA.

    Vou descrever todo o caminho no meu blog! acho melhor não neh? Vou copiá-lo e imprimí-lo, os blogs despertam atenção aí vc ´já viu

  16. Sophia 05/10/2012

    Thais, também me interessei pelo curso online de conversação em inglês. Indica pra gente? Bjos.

  17. Julie 05/10/2012

    Thais onde você está fazendo seu curso de conversação em inglÊs???

    Eu fiz inglês por muitos anos e sempre exercito, mas tenho ficado travada quando vou mandar currículo que pede inglês fluente, não tenho segurança de mandar currículo para estas vagas. Fico com medo de me enrolar na hora da entrevistae queria fazer uma conversação para ver se melhoro e se fico mais segura para poder dar esse passo em busca de novos horizontes.

    Gosto muito do seu método de planos para curto, médio e longo prazo e já havia lido isso em um livro, mas nunca coloco em prática. Mania de procrastinar.

    Quero fazer espanhol também, mas antes de entrar preciso definir algumas prioridades.

    Queria voltar a fazer algum curso ou entrar de vez na pós, mas para tomar essa decisão preciso saber se poderei continuar morando onde moro hoje ou se precisarei procurar apartamento e ai o dinheiro dos estudos seria desfocado para outras contas entende????

    Vou para casa refletindo sobre o post de hoje e meus planos para 2013.

    Obrigada mais uma vez por me fazer pensar na minha vida

    Beijos e bom final de semana

  18. Vanessa 05/10/2012

    Eu estou em busca de um bom curso online de conversação, você pode indicar? E como meta, preciso muito emagrecer! Pretendo engravidar ano que vem 😀
    Ótimo post!
    Beijos

  19. Narinha 05/10/2012

    Thaís comecei a fazer a dieta do livro Eu nao consigo emagrecer, famosa tbm como dieta da princesa Kate. Nunca pensei que faria uma dieta só com proteína, mas o ‘desespero’ me fez encarar. Lembrei que vc ficou de falar mais sobre a sua dieta da proteína – dr atkins, certo? Seria ótimo se esse post estivesse pronto, rsrsrs, To precisando tanto saber mais desse “universo protéico “, da dinâmica do dia a adia, cardápios de pessoas normais…. To aguardando….. 😀

  20. Rachel 05/10/2012

    Tais,

    Qual curso de espanhol online você faz?

    abraços!

  21. Narinha 05/10/2012

    Sim, meu projeto esse ano era organizar meu apê novo, bem como toda a logística dos meninos no novo bairro – escola, inglês, violão, ônibus p ir e vir, etc. Eles estão bem adaptados, a casa eu estou aos poucos decorando, organizando. Queria mais um emprego, mas que nao me consumisse demais, agora consegui, num hospital pertinho de casa.
    Terminei as aulas da POS em UTI, que queria fazer,agora falta escrever um artigo p terminar – esse agora eh meu foco até o fim do ano. Fora isso, estudar p concurso também!
    A curto prazo, quero melhorar meu salário, emagrecer, fazer uma plastica, viajar mais. A médio, estar com o apto todo lindo e organizado, concursada, marido promovido e filhos bem guiados. A longo prazo, mudar de apto e começar a decorar, organizar, continuar magra, viajar mais e mais, …………,

  22. Wanice Bon'ávígo 05/10/2012

    Oi, Thais! A canja que você me deu no “Vida Organizada” me levou a rever meus planos. Senti a força da rede e estou muito mais motivada a continuar escrevendo, quero concluir meu livro sobre Numerologia Cabalística, vou retomar o inglês e estudar mais espanhol.
    A propósito,postei no meu blog algo mais detalhado sobre a reforma da minha cozinha. Foi muito bom ter tantas visitas! Mais de 1000 pessoas estiveram aqui nessa pequenina cozinha…Obrigada! =)
    http://armazemdaenergia.blogspot.com.br/2012/10/a-magia-de-compartilhar.html

  23. Aline 06/10/2012

    Oi, Thais!! Qual o curso online de inglês você está fazendo??? bjs!

  24. gabi 06/10/2012

    Olá Thais!

    Obrigada por compartilhar o andamento dos seus objetivos! De certo,nos ajuda a revisar os nossos tb!

    Nilza,suas dicas são muito válidas! 😉

    Mas, como doutoranda e professora da pós-graduação, gostaria de fazer duas pequenas correções,para deixar seu comentário ainda mais completo:

    1) realmente, como você citou, no Mestrado não é necessário apresentar uma tese,pois tese é o termo utilizado apenas para Doutorado.Porém, é obrigatório apresentar uma dissertação com localização,esclarecimento e apresentação de propostas para solucionar um problema (problema=motivação da pesquisa). Portanto, vai muito além de “compilação”: é um trabalho de pesquisa e aprofundamento temático bastante exigente e que, cada vez mais, vem exigindo inovação por parte do pesquisador envolvido. Há bastante diferença entre o lato sensu e o stricto sensu,e a principal delas é o grau de aprofundamento da pesquisa.

    2) a orientação com relação ao número de páginas deve partir da universidade na qual se desenvolve a pesquisa. Não é prudente afirmar que 150 páginas são suficientes para um mestrado, pois esta é uma determinação que varia de universidade para universidade — e, dentro de uma mesma universidade, ainda varia de departamento para departamento.

    Bom, novamente obrigada pelas dicas — e espero ter ajudado um pouquinho mais a Organiza-se!

  25. Érica 08/10/2012

    oi, Taís, adorei o post, como sempre! Também fiquei interessada no curso de conversação, poderia indicar?
    valeu! bjs

  26. Renata 09/10/2012

    Menina, vc é tão organizada e determinada que deveria fazer um concurso. Vou te falar que resolve a vida, ainda mais pra quem é mãe…trabalhar 6 horas é tudo de bom. rs
    Parabéns, adorei seu blog, achei por acaso e já está nos meus favoritos!

    • Thais Godinho respondeu Renata 10/10/2012

      Renata, já pensei nisso, mas nunca tive a motivação necessária. Talvez mais pra frente.

  27. Vivi Lemes 13/10/2012

    oi thais!
    sobre objetivos profissionais, estou precisando de uma ajuda.
    vou parecer uma menininha de 15 anos agora, mas…
    como organizar nossos objetivos quando não sabemos bem o que queremos?

    quero ser designer de marca própria e escritora.

    Me formo no curso superior de design em dois anos, mas não consigo decidir o que quero desenhar. também não consigo resolver sobre ter minha própria fábrica ou contratos com empresas que produzam oque eu crio.

    e ser escritora até já adiei para depois da faculdade, mas algo me diz que é aí que o trabalho como designer vai “pegar” e vou ter menos tempo ainda.

    E o pior, tudo isso trabalha com criatividade. E se eu tirar um tempo para escrever todas as semanas, por exemplo e não tiver inspiração na hora marcada?

    Será que é melhor escolher uma profissão principal e a outra ser algo como um hobby, que pode se tornar uma renda mais tarde? Será que o que tenho é falta de coragem de resolver o que vou desenhar e o melhor é decidir na intuição o mais rápido possível?

    Trabalho o dia inteiro e estudo à noite. Estou com medo de não conseguir realizar nenhum dos dois sonhos por falta de organização.
    Sempre leio seus posts sobre definir objetivos a longo, medio e curto prazo e revisá-los, mas não consigo aplicar ao meu caso.
    Como eu poderia melhorar isso, tem alguma dica?
    **desculpe o super desabafo!!**
    bjss

  28. REBECA 12/03/2015

    Olá Thais, tudo bem?
    Sei que este post é um pouco antigo, mas gostaria de perguntar onde fazia este curso de conversação em inglês online, você poderia me indicar?
    Obrigada! Adoro seu trabalho!