ou

Este texto pode parecer clichê, pois sempre vemos essa recomendação na maioria dos livros de organização, mas eu vou explicar por que não é.

Em primeiro lugar, porque quando você tem um lugar para cada coisa na sua casa, significa que você não tem tralha.

Em segundo, porque toda vez que você pensar em comprar algo, você se lembrará desse fato, e se perguntará se tem lugar para guardar a compra nova. Se não tiver, poderá se questionar se é algo de que realmente vale a pena.

Se você acha que tem pouco espaço, a verdade é que tem coisas demais. Para tudo o que não tiver lugar na sua casa e estiver “naquele cantinho”, pergunte-se o seguinte:

Eu amo esse objeto?

Eu uso esse objeto?

Tenho lugar para guardá-lo?

Estou disposta(o) a me desfazer de algo para que eu tenha um lugar para guardá-lo?

Alguém da minha família ama ou usa esse objeto?

Se você respondeu não a essas perguntas, então está na hora de jogar fora, doar, vender ou reciclar esse objeto.

Ter um lugar para cada coisa na sua casa é a melhor forma de controlar se você tem o suficiente ou se tem tralha, e aí sim tomar providências.

Thais Godinho
29/09/2012
Veja mais sobre:
5
Coisas que eu estou fazendo e que estão tornando minha vida legal ultimamente
Checklist para o Natal 2013
Ideia do David Allen para usar cadernos no Evernote