Imagem: Getty Images

Estou lendo o livro da Laura Wittmann (autora do blog I’m an organizing junkie), chamado Clutter rehab (link para o Amazon). É um livro pequeno com 101 dicas para acabar com a tralha e, assim que terminar minha leitura, posto mais sobre ele aqui. Mas um conceito que ela diz logo na introdução e que eu concordo muito (tanto que não me contive e quis postar aqui) é o de que você nunca acaba de organizar a casa. Na verdade, mesmo que você seja extremamente organizada(o), sempre haverá algo a organizar. Sempre haverá um produto com embalagem vazia para você jogar fora. Seus filhos crescerão e você precisará organizar a rotina escolar de um jeito diferente. Um novo projeto no trabalho. Um novo trabalho! Uma mudança de casa. E por aí vai.

Eu estou organizando o nosso apartamento por cômodos (um por mês) e pretendo continuar dessa forma em 2013 e além. Organizei o escritório em agosto, por exemplo, mas ainda falta um montão de coisas que eu quero fazer lá. E eu também acho que sempre temos o que melhorar com relação à organização, não é verdade?

Portanto, se você vive repetindo frases como “não vejo a hora de organizar a minha casa”, lembre-se que a organização é um meio, não um fim. E que sua casa nunca estará (nem deve! afinal, ninguém é perfeito) totalmente organizada, pois sempre existirão mudanças na vida que demandarão de você. O legal de você ter essa verve da organização é que você perderá menos tempo voltando ao estado normal da sua vida toda vez que você ou a sua família passar por uma mudança. Mas, se sua casa não está como você gostaria hoje, pense nela como um ser vivo que está “em processo”, e que sempre estará.

18 Comentários

  1. Pode até parecer bobagem, mas essa frase também me ajuda a baixar minha ansiedade em ver tudo findo! Às vezes sinto uma necessidade em estar com a casa TOTALMENTE em ordem, como se não tivesse mais nenhum trabalho com ela, numa busca da perfeição! O que é claro que é impossível! A vida está em constante movimentação e transformação… e a casa também acompanha isso!
    Bj

  2. Oi Thais,
    sou organizadora profissional em Curitiba e acredito que após organizar uma residência o mais importante é fazer a sua manutenção (6º princípio básico da organização), que deve ser permanente (todos os dias). Assim, mais do que organizar, buscamos manter a ordem das coisas.
    Tenho um modesto blog (fernandaorganiza.blogspot.com)onde deixo sugestões e minhas impressões sobre o tema.
    Se interessar, passa lá!
    Parabéns pelo blog!

  3. Oi Thaís,
    Tudo bem? Tenho comentado com algumas amigas sobre o seu blog e estou divulgando pra todo mundo,estou conseguindo colocar algumas ideias em prática e me perguntaram se posso passar algumas de suas dicas em uma reunião da igreja só pra mulheres, que estão iniciando sua vida de responsabilidades com o lar, gostaria de pedir sua permissão para divulgar o seu trabalho e utilizar algumas de suas dicas e de como tenho aplicado algumas ideias na minha casa. Aguardo retorno. Obrigada

  4. Eh verdade Thais, o trabalho nunca termina e esta eh a graca da coisa! Sempre ha o que se fazer e mudar. Obrigada pelos posts, vc me dah inspiracao todos os dias para continuar caminhando. Beijos, Erika/SP

  5. Thaís,tem duas semanas que comecei acompanhar seu blog,e já estou colhendo os frutos da organização.
    E o mais impressionante é que essa coisa vira um vício…
    Me cadastrei na flylady e estou iniciando minha jornada, tem sido muito
    bacana.
    Obrigada pela existência do seu blog e pelas dicas citadas nele,tem me feito muito bem.

    Valeu!!!

  6. Thais, adorei o post! Organização perfeita não existe, a meta é conseguir manter um padrão razoável!

  7. Oi Thais,
    Que legal! Eu já vinha pensando e agindo assim, mas era mais para aliviar minha culpa de não ter terminado algo. Sempre falo prá mim mesma… Ah! Tem nada não… se eu fizer tudo, vou ficar ociosa, então deixa um pouquinho prá depois. (risos)
    Bjos!
    Sandra

  8. A mais pura verdade! Mesmo se a gente desse conta de organizar tudo tudo tudo (utopia), as nossas necessidades e da familia mudam, eh a vida.

    Bjos e espero q vc esteja melhor de saude.

  9. Verdade mais que verdadeira, nunca se termina de organizar a casa, nem a vida, nada.
    Sempre fui muito organizada (bagunça me irrita, mesmo, desde criança). E já tinha chegada a essa conclusão, que sempre tem o que organizar em casa.
    É como disseram em algum comentário acima: que as nossas necessidades mudam, é isso mesmo, compramos coisas novas, descartamos outras, aprendemos novos hobbies, enjoamos de outros, os filhos crescem, e a cada mudança é necessária uma nova organização.

    Bjs!!

  10. Essa é a pura verdade, mas depois de um grande processo tudo fica mais simples! Consegui fazer o mutirão do destralhamento aqui em casa, está sendo bem interessante, mas muito trabalhoso! Só que eu tenho certeza que depois dessa grande aventura tudo vai mudar para nós!
    Se quiser saber mais sobre as descobertas dá um pulo lá no blog, eu estou fazendo um ‘diário de bordo’ dessa aventura!

    Adoro seu trabalho Thaís!

  11. Oi, Thais, acabei de conhecer o blog, fuçando na internet pra ver se encontro algum consolo e orientação pra começar minha segunda mudança só neste ano! Ainda tenho caixas (de mil coisas misturadas que o pessoal da mudança fez o favor de fazer) da anterior… com dois filhos, o mais novo com 1 aninho… socorro! Pela primeira vez estou perdida no meio da bagunça! PRECISO URGENTE aprender organização profissional, o que me ajudará em casa e também nos meus projetos, pois sou designer de interiores. Sempre determino lugares pra tudo o que é necessário em meus projetos, só não sei por onde começar a organização! Estou me mudando pra região de Campinas, alguém sabe onde posso encontrar cursos por lá? Já amei o blog!! Parabéns pela iniciativa! Ajuda muita gente!

  12. Olha essa dica!

    Dá para visualizar um pouco do livro, ou muito, ainda não sei!
    Esse livro que vc está lendo!
    Clutter Rehab: 101 Tips and Tricks to Become an Organization Junkie and Love It! está lá no GOOGLE BOOKS.

DEIXE UMA RESPOSTA