ou

O post de hoje na verdade é uma tarefa de organização para você fazer em 15 minutos. Só 15! Em casa ou no trabalho, veja como destralhar a sua carteira agora:

1. Tire tudo de dentro dela

Dinheiro, papéis, recibos de débito, cartões, fotos, documentos, palhetas, preservativos e o que mais você guardar ali dentro. Tire tudo e coloque em cima da sua mesa ou onde você estiver.

2. Separe o que você usa todos os dias

Documentos, cartões, talão de cheques? Depende do seu dia-a-dia. Você sabe o que você precisa ter com você diariamente. Atenha-se a esses itens. Estão separados? Próximo passo:

3. Guarde somente esses itens de volta na carteira

Você provavelmente perceberá que sua carteira é muito grande para o que você precisa guardar.

Na minha carteira, eu guardo:

  • RG (que também é CPF)
  • Bilhete-único para pegar ônibus
  • Um único cartão de débito
  • Carteirinha do convênio médico e odontológico
  • Pouco dinheiro

4. Coloque os itens restantes na sua caixa de entrada

E lide com eles quando fizer o processamento do que está lá.

Dicas para lidar com a tralha da carteira

  • Por motivos de segurança, não guarde na carteira fotos dos seus filhos ou pessoas importantes para você. Se um ladrão roubar a sua carteira, ele terá todas as informações que estiverem ali disponíveis – muitas vezes, até o seu endereço. Tudo o que você não quer é um bandido com essas informações e uma foto do seu filho.
  • Tenha uma conta-corrente com pouco dinheiro e sem limite de cheque especial. Deposite nela somente o que usará diariamente durante uma semana, para gastos corriqueiros. Tenha somente o cartão desta conta com você. A ideia é que, se sua carteira for roubada ou você sofrer um sequestro (pode acontecer!), você não perca tanto dinheiro.
  • Da mesma forma, ande com pouco dinheiro. Uma boa maneira de saber a quantia suficiente é calcular quanto você gastaria de táxi do lugar onde você vai até a sua casa, porque esse é o máximo que você pode precisar em caso de emergência.
  • Algumas pessoas recomendam levar uma única folha de cheque cruzada para emergências. Pode ser uma boa. Não leve o talão inteiro!
  • Mantenha cartões de crédito em casa. Isso serve não somente para você não fazer compras por impulso como também por segurança.
  • Deixe em sua carteira um papelzinho com três contatos para emergências. Escolha quem são as pessoas de segurança e deixe nome e contato. Não escreva parentesco, pelo mesmo motivo que você não deve colocar fotos. O objetivo desses contatos é o seguinte: se alguém encontrar sua carteira, ligará para informar. Se você desmaiar na rua, alguém pode entrar em contato com essas pessoas.
  • Use um porta-cartões ou um porta-documentos de plástico para guardar os recibos de débito do dia-a-dia. Não guarde na carteira.
  • Levar a carteirinha do convênio médico ou outras similares é importante pois nunca se sabe quando poderá precisar em uma emergência.
  • Cartões de visita devem ser guardados em uma pasta ou caixinha própria para isso em casa ou no trabalho. Nem os seus devem ser guardados na sua carteira – tenha um porta-cartões para isso e leve-o com você sempre que achar necessário.
  • Moedas devem ser guardadas em porta-moedas. Se a sua carteira tem um compartimento para moedas, deixe somente as de valor maior e em pouca quantidade, somente para ter trocados. Se receber algum troco, guarde suas moedas nesse bolso e depois coloque em um recipiente adequado, em casa.
  • Contas nunca sequer deveriam ser colocadas na carteira!
  • A regra geral é: leve somente o que usará no dia-a-dia. Se planejou uma compra e pretende ir a uma loja comprar, aí sim leve o que precisa, como o cartão de crédito ou o talão de cheques, ou mais dinheiro.
  • Levar somente o que for necessário também mantém sua carteira menos cheia, o que fará com que ela estrague menos rápido.

Motivos para você organizar a sua carteira

  • Você pode ser assaltado(a) e perder tudo.
  • Caso isso aconteça, informações pessoais e bancárias podem cair em mãos erradas.
  • Informações sobre seus entes queridos também.
  • É extremamente chato ter que procurar coisas que você precisa quando tem um monte de tralha impedindo o caminho.

Sua carteira está organizada? Você já tinha pensado nisso?

Thais Godinho
05/09/2012
Veja mais sobre:
39
Como está meu GTD atualmente – Julho 2015
Como eu me organizo: Alexandre Meirelles
Organizando arquivos de saúde