ou

Agosto é o mês de organização do meu escritório e, como vocês podem ver, ele está uma bagunça. Mas eu quis mostrar essas fotos aqui no blog para tirar mais uma vez a impressão de que organização significa ser perfeito o tempo todo. Oras, a bagunça não tem o menor problema, desde que seja temporária. Afinal, quem tem dinheiro para fazer tudo o que quer de uma só vez? O que não pode é deixar a situação se acomodar.

No nosso caso, estamos organizando o escritório este mês e tem todo um processo. Nessa semana chegou a segunda estante e eu já pude guardar algumas coisas nela. Este mês ainda chegará a minha escrivaninha e, provavelmente, farei apenas compras pequenas até setembro porque já não posso gastar muito. Sinceramente? Eu precisava mesmo da estante e da escrivaninha. O resto, os detalhes, podem esperar mais um pouco. Vou comprando e providenciando devagarinho.

Quando a gente entra no escritório, o cenário é este aqui:

Do lado esquerdo está a estante alta com todos os meus livros. Do lado direito, a estante nova que comprei para guardar minhas revistas, itens de craft e ter um pequeno balcão para uso diverso. A cadeira está emprestada da sala, porque ainda não comprei a oficial do escritório.

Então, aí em cima você pode conferir a caixa de entrada, que é a primeira coisa que eu alcanço quando chego pela porta. Vou usá-la para gerenciar a papelada que entra e sai. Ela pode ser facilmente encontrada em lojas de materiais para escritório. Eu queria uma de madeira, mas não encontrei e não quis mandar fazer. Ela é bem simples e clean, transparente, então está boa. Se funciona, serve ao propósito e é esteticamente aceitável, é suficiente.

Embaixo da caixa de entrada fica uma prateleira onde vou guardar meus artigos de craft. Nada disso que está aí ficará. As duas caixas com todos os meus CDs de música vão para a sala, quando comprarmos os gabinetes novos (mês que vem). As revistas com coisas dos Beatles vão para outro lugar e a caixa vai ser forrada com algum tecido e utilizada de outro jeito, que eu ainda não pensei. Essa caixa veio de presente de uma marca para uma resenha e ela era tão bonitinha (e boa, de madeira!) que valia a pena reaproveitar.

Embaixo, de ambos os lados, ficarão as minhas revistas. Essas são as minhas revistas de moda e, ao lado, as de decoração, maternidade e assuntos gerais. Elas não vão ficar assim – vou comprar porta-revistas de madeira e revestí-los com tecido fofo, para manter as revistas em pé e organizadas por assunto. Como ainda não os comprei, elas ficam assim, provisoriamente.

Do lado esquerdo da estante estão o mural, um vidro com artigos de costura e uma corujinha. O mural vai ser colado na parede. Coloquei só algumas fotinhos para não fotografá-lo sem nada. =) O vidro com artigos de costura está defasado. Espero muito em breve estar com ele bem cheio e fazendo companhia para uma máquina de costura. Depois que o mural for para a parede, a ideia é usar esse balcão como apoio à escrivaninha, das mais diversas formas. Ainda vou pensar direitinho como vou fazer isso.

Embaixo de onde está o mural atualmente estão as pastas com contas dos últimos cinco anos, à esquerda. Tirei as etiquetas pois estavam feias e vou rotular novamente. Também pretendo deixá-las de outro jeito, dentro de um cestinho, para harmonizar o visual. No centro, pastas com documentos diversos que substituirei por caixas de madeira mais bonitinhas. E, no canto direito, três fichários novos que comprei para fazer o control journal, um arquivo de emergências e outro que ainda não decidi. Todos precisam ser rotulados, é claro.

“Poxa, Thais, mas está tudo tão bonitinho e você aí exagerando dizendo que está bagunçado.”

Aha!

Nesse canto embaixo da janela vocês podem ver a pequena baguncinha. Na caixa da Pampers (infelizmente não tenho patrocínio), estão minhas fitas k7 com gravações jurássicas de bandas antigas e músicas minhas. A providência é passar tudo para mp3, mas sabem o “someday/maybe” do GTD? Bem por aí. Por enquanto elas ficam nessa caixa, e vou pensar em uma maneira mais bonitinha de guardá-las.

Ao lado vocês conferem duas pilhas de cadernos novos e usados, todos misturados. Vou fazer uma mega-seleção deles e reciclar a maioria. Os cadernos novos vou guardar em uma ou duas caixas, que vão na prateleira debaixo da estante grande (ali ao lado dos fichários vermelhos).

Ali atrás estão miscelâneas diversas como papéis para desenho, pintura, roteador wireless, tripé da máquina etc.

Já contei que sou viciada em papelarias? Sim, eu tenho meus fracos.

Alguns caderninhos aí foram presente, mas a maioria fui eu que comprei mesmo.

Olha só que bagunça nessa prateleira! Esses fichários são o lugar onde eu guardo as matérias interessantes das revistas para poder reciclá-las. Até ontem eu só tinha um (o que tem coisas dentro), então comprei mais dois para deixar um para coisas do blog (organização, decoração, housekeeping), um para mulherzices (beleza, moda) e outro para assuntos relacionados à família.

Quem tem TOC já deve estar morrendo por dentro porque eles têm etiquetas em cores diferentes. Sim, também estão me matando. Substituirei por outras etiquetas em breve.

Ao lado dos fichários estão álbuns de fotografia que trocarei por álbuns maiores (como o preto e branco da esquerda) ou guardarei tudo em caixas. Ainda não decidi. As caixas de bolinhas têm miscelâneas diversas dentro e sairão daí muito em breve também.

Mil desculpas pela foto borrada, mas só tirei essa desse outro canto bagunçado. Do lado esquerdo da estante estão a TV que queimou (e meu marido está com DÓ de doar, help me!), nossos instrumentos (a guitarra está em São Paulo), minha maleta de pintura e coisas para doação. Percebam que as roupas se acumulam em cima da sacola porque estou perdendo peças muito rápido. Estou esperando juntar mais para ligar em uma instituição de caridade e doar de uma vez, mas acho que acabarei fazendo este mês mesmo e depois dôo o resto.

Em cima da estante, algumas pastas (que vou substituir e trazer essas coisas para baixo), uma caixa grande com recortes para montagens (sim, eu curto), uma caixa com a minha coleção de tarôs (também vou colocar em outro lugar) e outra caixa da Pampers com meus diários antigos dentro. A ideia é tirar foto das páginas mais legais e guardar somente um ou outro em uma caixa pequena.

Nessa parte de cima da estante de livros eu quero colocar caixas menores para guardar miscelâneas como fotos, estoque de itens de escritório, CDs de computador e outras coisas feias do tipo.

Visão geral da estante de livros ainda bagunçada, com as coisas todas na frente. Essa semana eu tirei TODOS os livros, limpei as prateleiras, tirei o pó e reordenei tudo. Confiram a ordem comigo, de cima para baixo:

Coluna da esquerda: 1) livros de arte, quadrinhos e fotografia, 2) livros de música (a maioria dos Beatles), 3) e 4) livros de literatura fantástica, 5) literatura em português e 6) (não dá para ver) pastas com meus filmes em DVDs e pastas com meu arquivo de coisas dos Beatles.

Coluna do meio: 1) e 2) livros de ocultismo, 3) livros de história, sociologia e filosofia, 4) livros de comunicação, marketing e internet, 5) literatura estrangeira e 6) livros de idiomas.

Coluna da direita: 1) livros de espiritualidade, mitologia e psicologia, 2) livros de oráculos (ex: tarô), 3) continuação dos livros de história, sociologia e filosofia, 4) livros de moda, etiqueta e viagem, 5) livros de organização e maternidade e 6) a baguncinha que já expliquei anteriormente.

Outro dia postei uma foto da minha estante e disse que estava bagunçada, e muita gente disse que eu estava exagerando. =) A grande verdade é que ela está somente arrumada. Agora sim as coisas estão começando a entrar nos eixos, porque dispus os livros de uma forma que fiquem mais funcionais no dia-a-dia. Os livros de organização, por exemplo, que uso mais na hora de escrever no blog, estão ao meu alcance quando eu estiver na futura escrivaninha. Livros de arte, que eu manuseio menos, ficam no alto, e por aí vai. Agora que eles estão setorizados, eu vou organizá-los nas prateleiras por assunto e, depois, por autor. Ainda não decidi se irei etiquetá-los dentro do sistema CDU ou se isso vai “machucar” os livros (ai, que doida). Mas quando eles estiverem já organizados por assunto e autor eu já vou considerá-los organizadinhos de verdade. =)

Percebam que eu deixo alguns “respiros” nas prateleiras. Isso significa que existe espaço aberto para futuros livros, como toda a série dAs Crônicas de Gelo e Fogo (só tenho três, por enquanto). E sim, eu os guardo ao lado dos livros do Tolkien. Ah, vocês entendem.

Outro dia também me perguntaram aqui como eu encontrei uma estante com a mesma profundidade dos livros! Na verdade, essa estante tem uma profundidade padrão, de 26cm. O que eu faço é trazer os livros para as beiradas, pois além de uniformizar esteticamente, também empoeiram menos as prateleiras. Na maioria dos casos, fica um espacinho atrás de cada um deles. Também empoeira atrás, mas muito menos. Se a sua estante tiver vidros, tanto melhor!

Aí foi onde eu escrevi este post. =) Bem improvisado, mas por enquanto está ok.

A escrivaninha deve chegar na semana que vem e vai ficar embaixo da janela (ela é exatamente da mesma largura). Eu não queria fazer assim, originalmente. Queria colocá-la nessa parede onde está a estante baixinha, com prateleiras em cima, mas essa parede tem encanamento, então não pode furar. Como eu precisava de espaço, abri mão um pouquinhooo da beleza para ter funcionalidade. Estou com medo de a mesa deixar tudo meio cheio demais, mas não vejo a hora de ela chegar.

As providências estruturais futuras que pretendo fazer no escritório são colocar uma cortina bonita e pintar as estantes com alguma cor pastel (se eu não mudar de ideia até lá). Por enquanto, estão suficientes.

A ideia principal deste post é mostrar como estamos organizando nosso apartamento aos pouquinhos. Não gosto muito daquela ideia de comprar tudo de uma vez e dizer “acabamos!”, porque considero decoração uma coisa viva, que sempre alimentamos. A nossa divisão por meses serve para organizar o orçamento, pois não pudemos comprar o básico de uma vez quando nos mudamos, e por enquanto tem dado certo.

Thais Godinho
16/08/2012
Veja mais sobre:
43
A principal dica de organização que eu aprendi com a minha mãe – participação dos leitores
As 20 melhores esquisitices de organização da Monica nos 20 anos de Friends
Evolução do escritório (cuidado, bagunça!)

 

  1. Adriana Matos 16/08/2012

    Taís, bom dia…origada pelo post que li hoje..precisava ver algo assim para me animar e varo que fazer com a minha não pequena bagunça………..vc é inspiradora!!! xerooooooo

  2. Ana 16/08/2012

    Oi Thais, tenho uma sugestão que talvez você já tenha pensado, mas me ocorreu vendo você falar da escrivaninha. Mas primeiro a pergunta, a estante dos livros é parafusada à parede? Se sim esqueça a sugestão.
    Senão, se você prefere que a estante baixa fique abaixo da janela e a escrivaninha em uma das laterais (isso que entendi), porque não colocar a escrivaninha na parede onde hoje está a estante dos livros (que teria possibilidade de ser furada para fixar as prateleiras acima da mesa)? Talvez não funcione por causa da abertura da porta (que não consigo ver em nenhuma foto onde está), mas enfim, só uma sugestão pra tentar deixar do jeitinho que você gostaria.

    beijos.

    • Thais Godinho respondeu Ana 16/08/2012

      Ana, não cabe na outra parede, pois a porta abre daquele lado, senão teria sido bem mais fácil mesmo.

  3. Ana 16/08/2012

    Desculpa, “Taís”! 😛

  4. Raíssa 16/08/2012

    Thaís,
    leio seu blog diariamente e adoro a forma como você escreve e como tudo isso incentiva a gente a repensar tudo: desde a forma como organizamos coisas pequenas até grandes resoluções das nossas vidas.
    Bom, escrevo pelo seu comentário a respeito de classificar os livros da sua estante pela CDU. Sou bibliotecária e, de fato, colar as etiquetas nas lombadas dos livros certamente ‘prejudicará’ o seu exemplar. Para bibliotecas que têm público externo – ou seja, os livros são consultados e emprestados para um público específico – é inevitável o lance das etiquetas. Mas para uma biblioteca particular como a sua, eu também ficaria com dó de colar algo nos livros (fitas adesivas/durex/cola prejudicam a conservação deles).
    Enquanto te lia, lembrei de um post que li em um blog chamado “Bibliotecários sem fronteiras”, e talvez isso possa te dar ideias para, caso você decida organizar seus livros pela CDU, não precise colar etiqueta nenhuma neles. Fica aí a sugestão: http://livroseafins.com/para-bibliotecas-lombadas-sem-etiquetas-coladas/

    • Thais Godinho respondeu Raíssa 16/08/2012

      Obrigada, Raissa, vou ver sim. =) Aliás, eu amo esse blog!

  5. Fátima 16/08/2012

    Está tudo no bom caminho! 🙂 Fiquei só com curiosidade de lhe perguntar, se me permite, achas que precisa de todos os livros e todas as revistas? Vi que tem temas diversos, e acima de tudo sei o valor tão significativo que têm pra você, mas pelas minhas fotografias parece que a secretária ficará meio apertada com tudo. Se conseguisse diminuir um terço da estante (verticalmente) talvez já coubesse a secretária (na parede da estante pertinho da janela) deixando esse pequeno espaço (tipo corredorzinho) do meio do escritório assim aberto.

    • Thais Godinho respondeu Fátima 16/08/2012

      Fátima, precisar é um conceito relativo né? Eu por mim moraria em uma biblioteca. Acho que é importante mantermos conosco tudo o que amamos, e eu amo livros. As revistas uso como referência para diversos trabalhos que eu faço, e aos poucos vou reciclando-as. Se desfazer de livros em detrimento da estética, para mim, é como doar o gato porque o filho nasceu.

  6. Ana 16/08/2012

    Oi Thais,

    Está ficando uma graça seu escritório. Vi que vc guarda as contas antigas, não é mesmo? Minha humilde sugestão: Hj em dia muitos bancos ou órgãos públicos nos informa que não existem débitos anteriores…pq vc não digitaliza tais contas e depois joga fora?
    Bjs
    Ana

  7. Michele Flores 16/08/2012

    Oi Thais!
    Amei a sua estante de livros, também sou viciada em livros e tenho a minha pequena coleção. Estou pegando uma pouco da suas idéias pra arrumar meu cantinho na minha casa nova, q não tem escritório, mas estou montando no quarto. Estou ansiosa pra ver a escrivaninha nova! Obrigada por dividir as suas idéias e me ajudar a ser organizada!
    Beijos! Michele!

  8. Cristiane 16/08/2012

    Concordo com a Ana, não vale a pena guardar contas antigas. Eu particularmente só fico com as contas em papel durante o ano corrente. Vou digitalizando-as e ao final do ano jogo todas. Moro em casa pequena e não posso me dar ao luxo de acumular tanto papel

    • Thais Godinho respondeu Cristiane 16/08/2012

      Gente, eu não guardo contas antigas – guardo as contas dos últimos 5 anos, que são as que precisamos ter caso dê algum problema. Eu já tive um problema seríssimo com uma conta que estava para completar cinco anos e foi tê-las guardadas que me salvou. Elas não ocupam tanto espaço assim, são bem pequenas e acho que vale a pena o custo-benefício.

  9. Nina de Oliveira 16/08/2012

    Thais, tudo muito lindo e caminhando para uma impecável organização.
    Queria saber o que você “crafteia”. Você já citou várias vezes tuas coisas para craft, mas acho que nun ca li sobre o que vc faz. Conta pra mim?
    Beijinhos

    • Thais Godinho respondeu Nina de Oliveira 16/08/2012

      Nina, gosto de pintura, scrapbooking, decoupage, arte com madeira e papel no geral.

    • Léslie respondeu Nina de Oliveira 13/02/2013

      Oi Thaís, estou organizando meu escritório e tenho olhado seus posts sobre o assunto para copiar ideias… =D
      Eu tenho uma “caixa de entrada” igual a sua, mas não a uso como caixa de entrada física. Como estou reorganizando e mudando coisas de lugar e de uso, pensei em usar como caixa de entrada.
      Eu lembro de já ter lido como você usa a sua, mas não achei onde está no blog. Você pode me indicar o link?

      Obs.: assim como você, sou viciada em papelarias e tenho um fichário enorme cheio de recortes para montagens, que já estão quase indo para uma caixa porque não cabem mais no fichário!

      Obrigada!
      Beijo!

  10. Marina 16/08/2012

    Thais,

    Nossa, quanta coisa! Rsrsrsrs… O processo de organizar “bagunça” as coisas inicialmente, né?

    Olha, eu nem ouso te dar dicas proque você é ótima nessa parte de organização, mas queria te falar sobre os diários. Minha mãe escrevia diários quando era menina e moça e se livrou deles no início do casamento porque ocupavam muito espaço. Ela me disse para guardar os meus, que um dia seria muito interessante relê-los e essa foi uma das melhores coisas que eu fiz. Gostaria de ter os diários da minha mãe comigo para poder lê-los também e acredito que virariam uma relíquia de família. Penso que os diários são diferentes de outros objeots; eles são um registro histórico, um documento. Não acho que guardá-los seja sinal de apego ou que sejam tralha. bem, é só uma sugestão baseada na minha experiência, pode muito bem ser que essas coisas tenham outros significados pra você.

    Bjo!

    • Thais Godinho respondeu Marina 16/08/2012

      Obrigada, Marina. Me sinto assim também. Vamos ver.

  11. Lorena Leandro 16/08/2012

    Adorei o artigo, Thais! Em breve mudarei de apartamento e, pela primeira vez, terei um escritório. No momento, minha escrivaninha de trabalho fica no quarto. Agora, vai ser mais fácil ter tudo que preciso em um só lugar, mais amplo e confortável. Vou pegar algumas ideias daqui, certamente!

    Outra coisa, você disse que gosta de craft e afins. Eu tenho bastante vontade de começar algum tipo de artesanato, mas fico perdida. Pensei muito e gosto de colagens com tecidos e outros tipos de trabalho menos elaborados, que não exijam costura, por exemplo. Há algum modo de se organizar para começar do zero uma atividade artesanal? Um artigo sobre isso, ou apenas uma sugestão por aqui mesmo, seria ótimo! E, claro, agradeço desde já! 🙂

  12. Thais Godinho 16/08/2012

    Lorena, acho que não tem uma maneira certa não… eu começaria pesquisando imagens pela internet, indo até uma loja que venda essas coisas e começando a mexer. Você também pode fazer alguns cursos (geralmente essas lojas oferecem).

  13. n. 16/08/2012

    gostei desse post.
    gosto muito do seu blog por te considerar gente como a gente, agora que vi sua pequena baguncinha, considero mais ainda hehehe
    quero ver fotos quando tudo entrar nos eixos 🙂

    :*********

  14. gisele lopes 16/08/2012

    Vc chama isso de bagunça, rsrs tá tudo arrumado! bjoss

  15. Mina 16/08/2012

    Oi Thaís! Meu escritório está parecido com o seu, só uma diferença, tenho mais umas 4 caixas Pampers cheias de cacarecos, livros, coisas para doação…rsrs!
    Que bom ver seu cantinho assim, para depois a gente curtir também o “antes ” e “depois”, coisas de gente normal, né! Ficarei aguardando mais fotos, adorei este post, obrigada por compartilhar os detalhes, dicas, são preciosíssimas, você não imagina o quanto!
    beijos,

  16. Flavio Moreira 16/08/2012

    Thais, vendo o seu escritório fiquei me lembrando do “quartinho” de hóspedes do apartamento novo – sim, finalmente me mudei! Quando eu entrei com os móveis e as caixas achei que nunca daria conta de arrumá-lo. Hoje ele está exatamente do jeito que eu tinha imaginado. Na verdade, quando compramos o apartamento e antes de mudar eu descobri um programa online chamado floorplanner (www.floorplanner.com) que me ajudou a 1) fazer a planta do apartamento novo (dá um pouco de trabalho no início, mas as ferramentas são simples e muito rapidamente a gente se habitua a elas); 2) saber onde colocar os móveis, porque ele tem vários móveis que você pode usar como modelo, alterando as dimensões – o que te dá a oportunidade de colocar um sofá com as medidas reais, por exemplo – e ver como ficaria a distribuição no espaço. Existe uma versão paga que permite fazer mais de uma planta; na versão gratuita, que foi a que eu usei, só uma. Mas fiz várias distribuições e as salvei em PDF. Com isso pude mostrá-las aos amigos e pedir opiniões, o que foi bem bacana.
    Mas voltando ao quartinho, aproveitei a estante que eu tinha no meu quarto, coloquei a cama ao lado e a TV na parede oposta. O quarto é minúsculo, mas ficou um ótimo lugar para ler, meus livros de literatura em língua inglesa continuam no lugar de sempre e eu ainda consegui arrumar as minhas caixas de DVD. Vou ver se consigo mandar uma foto para você – afinal, muito da inspiração, ali, veio do seu blog.
    Abraços

  17. CLARISSA 16/08/2012

    Thais adoroooooooo seu blog, leio sempre. Pois adoro organizar as coisas na minha casa…fiz porta revistas com caixa de cereal grande, é só cortar e encapar…fica muito dez!!! o meu ponto fraco que adoro são caixas, adoro organizar e separar as coisas em caixas…

    adorei ver as fotos, é sempre bom compartilhar idéias né!!

    parabéns !!

  18. Patrícia 16/08/2012

    Olá Thaís, descobri o teu blog e estou a adorar receber as tuas dicas 🙂 Decidi fazer um comentário neste post porque estou a reconhecer a lombada de dois livros na primeira estante, na quarta prateleira de lombada grossa…Harry Potter 🙂 Sou viciada em livros de fantasia e tenho as minhas estantes com prateleiras para cada autor 🙂

    Continua o bom trabalho, beijos

    Patrícia

  19. Carmelita Machado 16/08/2012

    Super inspiração (como o blog inteiro!)! Agora ensina a gente a encapar porta revista com tecido por favor?! Beijos!

  20. Juliana 16/08/2012

    Adoro livros, adoro recordações, tenho muitos cadernos antigos, revistas, recortes, coisas que não conseguiria jogar fora, pois sempre consulto, leio…Não tenho escritório, então tento concentrar a maioria destas coisas na estante grande da sala (que tem nichos com portinhas), mas infelizmente já não tenho mais espaço para livros, e não quero simplesmente enfiá-los dentro de gavetas ou em outro lugar escondido. Já me desfiz de alguns (que não eram meu estilo) mas é raro acontecer pois esses cem livros que consegui juntar até agora refletem minha personalidade e meu gosto e ter um bilioteca sempre foi um sonho!

  21. Patrícia 17/08/2012

    Primeiramente, não é possível, toda vez que venho aqui o layout tá diferente! Eu sempre gosto de todos.
    Eu sou A LOUCA das papelarias. Eu adoro essas coisinhas fofas: cadernos, canetas, blocos de anotações, enfeites. Minha letra é feia então às vezes dá até pena de usar os cadernos.
    Gostei muito do seu escritório, mesmo bagunçado ainda. Você tem muuitos livros, eu admiro muito isso. Meu sonho é ter uma estante cheia e já gosto mais de você por motivos de: As cronicas de fogo e gelo + O hobbit. Eu adoro!
    Enfim, seu escritório já tá lindo, só quero ver com a organização completa!

  22. Thais Godinho 17/08/2012

    Patrícia, estava em um período de definições. =) Amanhã tem um post sobre isso.

    Também amo grandes bibliotecas. Meu sonho sempre foi ter uma biblioteca igual à da Fera (do desenho).

  23. Cris Netto (RS) 17/08/2012

    Compartilho do sonho de ter uma biblioteca, mas até por enquanto uma estante legal já seria suficiente…
    Parabéns pelo post e pela mudança no visual do blog! Ficou lindo!

    Beijos

  24. Fernanda 17/08/2012

    Thaís, já tem uns meses que ando acompanhando o Vida Organizada e queria te dizer que tem me ajudado muito na “minimalização” da minha casa e, por que não, da minha vida também. Porém, como disse a minha mãe, “é fácilimo ser minimalista quando se tem uma mãe com uma casa grande para você mandar as coisas pra lá” ahahahaha. A verdade é que me mudei para uma casa com apenas 2 quartos e um banheiro, e vamos ter uma bebê, então realmente tive que me desfazer de muita tralha, e algumas coisas foram mesmo pra casa dela! Você, como libriana, deve saber da dificuldade librianística de escolher coisas. Vira e mexe eu decido mudar algo, começo, colo rotinas na geladeira, cumpro bem por um período e de repente tudo desanda, acho que não é bem por aí, jogo tudo fora e recomeço, infinitas vezes. Aliás, como é que você lida com isso hein? Alguma dica para superar a indecisão? (Só pra vc ter uma idéia, comprei 3 cadernos para a minha caixa de entrada, e comecei os três até resolver qual ficaria). Beijos

  25. Carol Maia 17/08/2012

    Olá Thaís! Adorei esse post por vários motivos: eu também tenho uma caixa com recortes diversos para fazer colagens (e não consigo me desfazer deles, por mais que a tecnologia tome conta), sou viciada em papelaria (2 caixas enormes de cadernos usados e novos comprados em sua grande maioria por mim mesma, mais um armário enorme com papéis diversos, cortadores, lápis de cor, canetinhas…)e eu fiquei absolutamente inspirada pela sua ideia de colocar as estantes baixas no quartinho e usar a superficie como uma bancada para atividades diversas. É exatamente o que falta no meu quartinho!! Faz muito tempo que tento achar uma solução para um canto e ontem quando li seu post tive uma luz!! rs Obrigada! By the way, onde você comprou essas estantes super fofas?? Amei! Beijos, Carol.

  26. Cris 17/08/2012

    Oi, Thais!

    Adoro o seu blog, passo por aqui diariamente e confesso que amei essa sua organização de cômodos por meses, já vou adotar por aqui…
    Na minha casa atual tenho um escritório e acho que foi a melhor coisa que fiz, tenho um canto para trabalhar sossegada e longe da bagunça doméstica.
    Amo livros e gostei muito da sua estante, acho que livro é algo para ser guardado mesmo, lido mais de uma vez até, cuidado com todo o carinho. Não me desfaço dos meus…
    Biblioteca como a da Fera é sonho de consumo…aliás, esse é meu desenho predileto, sei todas as falas (pega a doida).

    Bjs!

  27. Fernanda 17/08/2012

    Thais, deixei um comentario aqui, sera que foi apagado ou nao salvou?

  28. Michelle Amorim 17/08/2012

    Eu achei que tinha comentado nesse post já, mas não me achei ali em cima, rs.

    Thais, vc ficaria maluca com a desorganização do meu marido! Sério. Contas velhas todas misturadas, papéis por todo lado, documentos, etc etc etc. Uma zona!

    Esse post serviu pra eu ver quanta coisa preciso organizar por aqui, mas para organizar algumas coisas tenho que esperar a casa ficar pronta e consequentemente o escritório.

    Gostei da ideia da pasta com as matérias interessantes das revistas, isso pensando no blog.

    Estou a procura de uma caixa de entrada de madeira ou outro material, mas só encontro caixar na horizontal. Vou procurar algo como essa que vc comprou.

    Bjo (te mandei e-mail!)

  29. Luks Vieira 18/08/2012

    Adoraria ter uma bagunça dessa…rs.
    Att.,
    Luks

  30. Bruxa do 203 18/08/2012

    Até na “baguncinha” você é organizada. O escritório está bem bonito.

  31. Mariana 21/08/2012

    Desejo MUITO um dia ter minha própria casa (divido com meus pais e uma irmã) e ter tudo tão organizado :/
    Me sinto mal quando saio do meu quarto e me deparo com conta antiga que nunca foi aberta e nunca foi dado um fim, comprovante de cartão de crédito já desbotado guardado na gaveta, bolsa no sofá da sala, roupa jogada na cama (e a maioria esquecida no armário).
    Sempre entro aqui e fico imaginando o dia em que toda a minha casa vai ser o mínimo de organização.
    Seu escritório nem tá todo pronto e consegue ser arrumado. Aqui em casa não tem nada pra ser feito e é sempre uma zona! :/

  32. Vanessa 26/08/2012

    Thais, vc sabe onde posso encontrar caixas como as que você usa para os cds? Parabéns pelo blog. Comento pouco mas consulto todos os dias.

    • Thais Godinho respondeu Vanessa 27/08/2012

      Vanessa, comprei na Kalunga.

  33. Jackie 31/08/2012

    Oi, tinha sumido daqui tem um tempinho, mas é que andei viajando demais. Agora estou com a programção de ficar os próximos meses em casa então sentei hoje para fazer minha programaçã, lista etc de coisas a organizar em casa. E o escri é meu projeto tb!
    Meu problema aqui é que tenho um armário enooorme (a casa é alugada) e fechado, armário de roupas mesmo. Resultado? Fomos jogando td lá dentro, né? rs Tb não está uma zona, mas está só arrumado. O que eu tenho muito são textos, xerox, da facul, pós, mestrado (que eue ainda to fazendo). E em caixas e pastas, eu subutilizo eles mt, já que só pego o que lembro de cabeça que tenho. Então comecei a catalogá-los. Mas só cataloguei uns 100 por enquanto.
    Eu fiz assim: comprei fichários pretos e plástico para eles. Eu abri uma planilha no excel onde coloco título, autor, uns 3 assuntos ´rincipais e em que curso eu li, se tem resumo dele em algum lugar. Aí coloco um número nele, com caneta mesmo, e coloco no fichário. Aí qd vou começar uma pesquisa eu posso ir lá e procurar pelos assuntos e autores se tenho algum texto que seja útil. Fiz isso uma vez e fiquei mt feliz de conseguir utilizar meu acervo. Mas claro que devo ter aí por baixo uns mil textos, mais os que estão em arquivo digital… acho que vai levar mais de um ano, mas o importante é ir fazendo né?
    Vou vir sempre aqui ver como andam seus progressos =)
    bjs

  34. Carina Godinho 17/12/2012

    Olá Tais! Faz um bom tempo que acompanho seu blog por alguns motivos fundamentais: amo organização, casei recentemente e estamos na fase de deixar tudo nos devidos lugares, tenho muitas coisas, tralhas e artigos úteis e fúteis…rs…e por que estou na empreitada de rever tudo que tenho, reorganizar, doar, jogar fora… enfim…Resolvi escrever pela primeira vez hoje já que também me encontro na fase de organização do quarto/closet/escritório que nós temos e quando vi seu escritório respirei aliviada já que o daqui de casa está com muitas coisas espalhadas e tem muita coisa para pôr em ordem ainda e eu fico achando que tenho muita coisa, que sou exagerada, que deveria me livrar de tudo…sei lá…rs …(fico muito ansiosa pra arrumar tudo tb… como se isso fosse possível da noite pro dia, principalmente uma pessoa como eu que gosto de analisar espaços, possíveis itens a serem colocados e ideias mil) mas quando vi suas coisas fofa e funcionais, seus gostos e como está ficando muito bacana esse espaço que vc está organizando aos pouquinhos me senti melhor e fiquei mas tranquila ainda pois vi que não sou a única que tem muitas coisas e que gosta de mantê-las em ordem e esteticamente legais. Então é isso… amo o “Vida organizada”, chegou em boa hora na mh vida e a forma como vc escreve é bem acessível e gosto da fotos que você posta e de todas as dicas e ideias que vc sugere! Parabéns pelo trabalho e espero um dia assistir uma palestra sua.
    Da xará de sobrenome…rs Carina Godinho (aliás…esse sobrenome é um tanto incomum e fiquei surpresa por termos o mesmo sobrenome…será que somos parentes bem distantes e não sabemos?rs…) Bjão pra vc!!!

  35. Léslie 16/02/2013

    Oi Thaís,
    Enviei esse comentário antes, mas parece que apareceu no lugar errado, estou escrevendo de novo.
    —————————————————————–
    Estou organizando meu escritório e tenho olhado seus posts sobre o assunto para copiar ideias… =D
    Eu tenho uma “caixa de entrada” igual a sua, mas não a uso como caixa de entrada física. Como estou reorganizando e mudando coisas de lugar e de uso, pensei em usar como caixa de entrada.
    Eu lembro de já ter lido como você usa a sua, mas não achei onde está no blog. Você pode me indicar o link?

    Obs.: assim como você, sou viciada em papelarias e tenho um fichário enorme cheio de recortes para montagens, que já estão quase indo para uma caixa porque não cabem mais no fichário!

    Obrigada!
    Beijo!