ou

Você precisa de bons motivos para visitar a feira livre perto da sua casa? Pois o site Vá para a feira! foi criado justamente para apresentar todas as vantagens desse tipo de comércio e te convencer como frequentar feiras livres é uma boa! E é claro que, para facilitar todo o processo, ainda tem um buscador de feiras para que você encontre a mais próxima de você. O buscador funciona somente para São Paulo (por enquanto), mas em breve expandirá para todo o país.

Em São Paulo, eu tinha o costume de ir à feira desde criança, com a minha avó e a minha mãe. Depois, continuei frequentando, nem que fosse somente para comer um delicioso pastel com caldo de cana!

Uma iniciativa bacana que pode dar muito mais certo! E você, costuma frequentar a feira? 

Thais Godinho
12/07/2012
Veja mais sobre:
9
Minha rotina de academia e alimentação atual
4 dicas práticas para dormir melhor
5 passos para incorporar um novo hábito em sua vida

 

  1. Erika/SP 12/07/2012

    Que bacana essa iniciativa a respeito das feiras livres. Aqui em SP essa cultura da feira é super enraizada, chega até ser um programa paulista -o pastel com caldo de cana!- e como me mudei recentemente para SP não conheço muitas, porém consegui encontrar várias feiras que ocorrem durante a semana próximas de casa através do site que indicou. Muito obrigada! Não tem desculpa para não ir à feira depois desta dica sua. Beijos, Erika/SP

  2. Luciana Puspi 12/07/2012

    Amo ir a feira!!! acho muito legal aquele cheirinho de frutas e hortaliças. Acho que gasto menos e trago produtos mais fresquinhos pra casa.

  3. Talita 12/07/2012

    Adoreei sua iniciativa Thais!
    Produtos de feiras ao meu ver são de produtores pequenos que usam também menos agrotóxicos!
    Parabéns! Beijão

  4. Tati 12/07/2012

    Eu adoro ir à feira, como vc disse é um programa mesmo! Moro em Curitiba e aqui tem feiras ótimas, vou desde pequena com os meus pais e hoje em dia acompanho minha vó sempre que posso, pq a feira no nosso bairo é na sexta.. Mas olha, nessa os preços são muito altos! Acaba não compensando comprar verduras e frutas, o preço é em média 3x o do mercado.. vou mesmo pelo pastel hehe e a minha vó pela barraquinha de queijos e laticínios, peixaria e ovos (esses sim tem preço melhor que o mercado).

    E amanhã é dia de feira, vou aproveitar que estou de férias, oba!
    Beijo

  5. Faya 12/07/2012

    Não costumo ir à feira. Sempre vou ao supermercado, mas há umas semanas a trás meu marido foi a um mercado grande aqui da cidade, e comentou que gostou que as coisas pareciam muito mais frescas, então estou pensando seriamente em começar a ir em feiras. ;*

  6. Fabiola 12/07/2012

    Olá, Thais!

    Minha mãe e avó faziam feira, há muiiito tempo, quando não havia no nosso bairro grandes supermercados.
    A feira livre tem alguns atrativos, porém não há mais vantagem nos preços e considero que a higiene fica muito prejudicada, principalmente no verão, produtos sob calor de 40º graus (Rio de Janeiro)não acho legal, não.
    Por aqui, acho que a feira perdeu lugar para hortifrutis e sacolões.
    Bjs,

  7. Débora 13/07/2012

    Pra vocês terem ideia da importância da feira da minha cidade, ela é patrimonio imaterial brasileiro e foi imortalizada em uma música do Luis Gonzaga “A Feira de Caruaru”. Na nossa feira tem bem mais do que promoções, você vai andando e apresentações culturais vaõ surgindo pelo caminho, é muito legal!!!

  8. annakuhl 13/07/2012

    Engraçado que eu morei muito tempo numa cidade do interior que não tinha feira (!!!!!), bizarro !
    Em Campinas, onde moro, até tem, mas confesso que não consigo me organizar para ir – que feio !

  9. Liliane 14/07/2012

    Acho muito legal “ir pra feira”.
    Um monte de frutas e verduras fresquinhas, falar com os feirantes (muitos tem um alto-astral danado!)

    Pena que onde moro, aqui em Recife, a feira mais próxima fica em outro bairro e é meio sujinha, não dá vontade de ir, muita confusão, cheiro ruim… 🙁
    Então, acabo comprando frutas e verduras em supermercado mesmo.

    Sou louca para conhecer o mercado de São Paulo, sempre que via na TV o Chef Claude Troigois indo lá, ficava encantada.