Nosso blog ficou fora do ar durante um tempo. =/ Quero explicar para vocês o motivo de isso acontecer de vez em quando: estou há anos, anos mesmo, hospedando todos os meus blogs em um servidor muito bacana, que sempre indicava aos meus clientes (quando eu trabalhava em agência). Assim, sem receber comissão alguma por isso, porque eu realmente acho o serviço deles muito bom, desde sempre. Mais especificamente, desde 2004.

Todo site tem uma espécie de limite de transferência de dados, que funciona mais ou menos assim: quando você acessa o meu blog, você está transferindo os arquivos do servidor para o seu computador, temporariamente, para que você leia os textos, veja as fotos etc. Quando esse limite é ultrapassado, o site sai automaticamente do ar. Não é culpa minha, nem do pessoal do servidor, mas uma especificação que existe mesmo. E aí eles têm que entrar e configurar manualmente para o blog voltar ao ar.

Só que todo mundo tem sua própria vida, né gente? Então, no sábado bem cedo, quando vi que o blog estava off, já entrei em contato com eles e esperava a resposta somente na segunda pela manhã. Mas hoje, um domingo, dia em que estamos todos descansando, eles viram minha mensagem e restauraram o blog de volta. E é por esse motivo que eu continuo com eles. Eles são ótimos. Obrigada, pessoal do servidor. <3

E peço desculpas a todos vocês que acessaram o blog nessas horinhas em que ele esteve fora do ar, porque sei como isso é chato.

Bom, mas esclarecimentos feitos, gostaria de contar um pouco como foi o meu final de semana. =)

Na sexta-feira, depois do trabalho, fui para São Paulo para sair com o meu marido. Como alguns de vocês já sabem, ele é músico e não saímos tanto aos finais de semana (ele sempre tem shows), então toda vez que ele não toca nós aproveitamos para fazer algo. Na última sexta, fomos assistir “Prometheus” em 3D! Já tínhamos feito uma maratona “Alien” nos últimos dias para entrar no clima e adoramos o filme. Fomos jantar no Burdog depois e ficamos discutindo mil teorias a respeito do que virá a seguir. O filhote ficou na casa da sogra até o dia seguinte. Ah, também aproveitei para comprar o presente de aniversário da minha amiga no shopping.

No sábado, tive minha penúltima (OMG) aula da pós-graduação durante o dia todo, como tenho feito todos os sábados desde março do ano passado. Meu marido levou nosso filho para a casa da minha avó e eu fui para lá depois da aula. Consegui tomar um banho rápido antes de eles chegarem e, depois de brincar um pouco com a vovó, fomos para o aniversário da minha amiga (que mora na mesma rua), que foi uma mistura de festa de aniversário com festa junina. Não dêem risada, mas meu filho se divertiu arrastando a vassoura por toda a festa. Eu ainda pensei: “se o pessoal que lê o blog vir isso, estou perdida com a minha fama de mania de limpeza”.

Tirando isso, ele comeu muuuito e brincou com a única criança na festa até então, que era a sobrinha da minha amiga (que tem 10 anos de idade, mas ele adora). Nós tivemos que ir embora cedo porque estava muito frio e ficaria muito tarde para ele. Uma pena, porque não cheguei a ver todas as minhas amigas (que chegaram depois), mas faz parte. Ah, e também foi bom porque eu não podia comer absolutamente nada na festa (por causa da dieta). O Guaraná zero me salvou durante algum tempo, mas depois eu fui para casa comer o meu queijinho.

Ainda ficamos um tempo com o filhote acordado pois minha mãe nos fez uma visita, mas eu fui dormir logo depois de colocá-lo na cama. Queria aproveitar para descansar um pouco e, como ele acorda cedo, não poderia me dar ao luxo de dormir muito tarde.

Hoje pela manhã ficamos mais com a minha avó, para que ela pudesse aproveitar bastante o tempo com ele. Aproveitei alguns minutinhos para conferir minha to-do list de amanhã no Toodledo para não ser pega de surpresa com nenhuma tarefa. Depois do almoço, fomos ao parquinho. Meu marido tinha tocado na noite anterior e nos encontrou lá. Deu pra brincar bastante e, para variar, nosso filho não queria ir embora.

Também passei na banca para fazer a minha “compra do mês”:

Eu digo para o meu marido que é pesquisa para o meu TCC (cof), mas a grande verdade é que eu tiro muita inspiração para o blog e adoro ler, é claro. Não deixa de ser verdade  minha justificativa. =)

Viemos para a nossa casa e, enquanto meu marido ia até o mercado, eu aproveitei para dar uma geral: tirar o pó, limpar as privadas, trocar as lixeiras, arrumar o que estava fora do lugar. Filhote ficou junto comigo, brincando com o alfabeto. Eu dizia “A de..?”, e ele “de amor!”. E assim fomos. Quando meu marido chegou, ele foi preparar o jantar e eu fiquei com o filhote na sala, brincando. Dei a janta para ele e ficamos juntos até a hora de dar banho e colocá-lo para dormir. Aí eu aproveito para responder alguns e-mails e atualizar o blog antes de começar a minha rotina noturna de preparar a marmita para levar amanhã, separar minha roupa, tomar banho etc.

Eu estava lendo o desabafo da Joanna, e achei tão “pertence a todas nós” que resolvi postar aqui:

Portanto, tem um montão de coisas que quero botar em prática aqui no blog e queria a ajuda de vocês. Começando com um pedido: vamos começar de novo? Lembrar sobre o que é esse blog? Um blog feito por uma menina normal e para meninas normais. Que trabalham, se viram nos 30, amam, odeiam e ficam com preguiça de vez em quando. Mas que querem se sentir lindas com o que tem, e com o que podem comprar.

Porque sabe, eu poderia reescrever da seguinte maneira: o blog ficou fora do ar nessas horinhas, por exemplo. Ou, às vezes, eu simplesmente não consigo escrever um texto legal para atualizá-lo em tal dia. Essas coisas acontecem. Também sou “uma menina normal” e o blog também é “para meninas normais” (meninos, amo vocês e sei que também estão por aqui o tempo todo – não se ofendam <3). E todas nós, eu, vocês, somos pessoas “que trabalham, se viram nos 30, amam, odeiam e ficam com preguiça de vez em quando”. Apesar de eu amar a Martha Stewart e admirar seu trabalho, sei que quem faz o trabalho bruto dela, de atualizar blog, site, fotografar, é uma equipe gigantesca que está por trás. Ela não faz tudo sozinha. E a graça dos blogs é justamente ter só uma pessoa por trás deles escrevendo, se dedicando àquilo para que fique com a sua cara, mas longe demais de ser uma produção mecânica e sem paixão. Eu queria que vocês sempre se lembrassem disso, tá bem? <3

Isso também fica como desabafo para todo mundo que acha que eu sou um robô com mania de organização extrema. Gente, eu bagunço bastante também. Ser organizada não é ser perfeita, é ser suficiente. Eu amo a tia Martha, mas eu não quero ser comparada com ela. Ela está em um pedestal, e eu me assemelho mais à pessoa que limpa a base da estátua com carinho mas tem um cantinho colorido na janela de casa. E a caixa de entrada vazia. =)

Isso foi um pouquinho do meu final de semana. Espero que vocês tenham uma segunda-feira legal.

16 Comentários

  1. Sincero, autêntico, genuíno e como eu digo no Destralhando, não precisa ser perfeito, só o melhor possível. Parabéns e uma ótima semana! Beijos, Cris.

  2. Oi Thaís!

    Primeiro gostaria de dizer que te acompanho há tempos mas nem sempre comento (especificamente desde o Smiling Dogs que depois virou Songs for Paul) e como da segunda vez que “fechou” o blog acabei ficando de fora… Então adorei ver o Paul, que está um fofo e saber um pouco da sua rotina… Adoro todas as suas dicas, mas sinto falta desse lado mais “menina normal” de quando escreve de forma mais pessoal, assim como o fez desta vez!
    Muitas vezes acho que ficar sempre “controlando” tudo (sou ariana) me deixa um tanto chata sob os olhares dos outros, então de vez em quando mudo a rotina, vivo um pouco o “caos” , faço e deixo fazerem umas “bagunças” para depois “restaurar” a ordem, mas sempre tentando manter a vida organizada. rs…
    Um beijo para você e para seu filhote!
    Mamacrica

  3. oi thais! quem falou que você é um robô arrumadeira? gostei do seu blog JUSTAMENTE porque você é “gente como a gente”! acho seu texto tão papo de casa, saca? daqueles que você tem com uma amiga bem chegada… comecei a me dar o “direito” de ser arrumada (ou pelo menos tentar todo dia, sem desistir, rs) depois que comecei a te ler. coisas simples e rápidas, feitas todo santo dia, que fazem toda a diferença na hora do corre-corre. não é? valeu, está sendo muito bom te incluir em meus hábitos. 🙂

  4. Oi Thais,

    Estou achando sensacional essa maneira mais pessoal dos seus posts. Nos faz ver que vc é uma pessoa como qualquer uma de nós que equilibra vários pratos, mas sempre com foco em organização.
    Vocé é minha motivação na busca por organização com o objetivo de realizar projetos!
    Parabéns, seu blog está cada dia melhor!

  5. Olá Thais. Gostei muito de ver as suas novidades do fim de semana. O seu post faz-nos entender que assim como qualquer menina normal, você também tem 1001 coisas para fazer, e ainda seu bebe, mas nunca se esquece de nos dar suas novidades, sua orientação para quem não é tão organizado, ou ainda não, quanto você. Que tipo de dieta você está fazendo? Claro que se achar que não, não responda, mas se tiver 2 minutos me faz um resumo pf, meu mail – joanaarebelo@gmail.com – já tentei algumas e sem efeito quase nenhum (longo prazo)…Quanto ao blog… Cada dia melhor! Meus parabéns.

  6. Excelente post Thais!!!

    Parabéns pela maneira como você guia sua vida!! Minha Inspiração!!!

    Beijos, sucesso sempre!!

  7. Bom, o que eu posso te dizer é: não configuram manualmente.
    É que vc não usa servidor dedicado.
    Seu blog divide o servidor com outros sites e quando o seu limite é ultrapassado ou de outra pessoa é ultrapassado, cai o site de todo mundo.
    Acontece.
    O jeito de não acontecer é contratar servidor deddicado, mas custa caro. E eu acho que sua ideia não é gastar muito dinheiro com isso, certo?
    E sobre a coisa de se virar nos 30: fico mais feliz com vc dizendo que tb tem suas bagunças. HAHAHAHAHHA
    Eu moro numa casa. Casas são tão mais difíceis de arrumar. E eu tenho bicho, e divido a casa com colegas, então é TÃO difícil dar conta de tudo.
    Estabeleci uma rotina de organização diária, um cômodo por dia, deixo a preguiça de lado, respiro fundo.
    Mas não é fácil.
    Tem dias que dá vontade de mandar tudo as favas e dormir. :p

    • Lilian, obrigada pela explicação. É verdade, o servidor não é dedicado.

      PS – Já mandei tudo ás favas MUITAS vezes, rs. Por experiência própria, descobri que é ok fazer isso de vez em quando mas, se virar hábito, aí desanda tudo. Mas um dia ou outro, opa!

  8. seu blog está cada vez melhor, desde que uma amiga me indicou, quando comentava as mil coisas pra dar conta, nunca mais deixei de ler. E nos mudamos em épocas semelhantes e vc ajudou e ajuda sempre.
    Não te vejo mesmo como um robô, mas alguem que encontrou um modo de facilitar o dia a dia, criando rotinas para descomplicar. é um dom que voce tem e que quem não tem pode trabalhar para conseguir chegar perto, porque o prazer com que voce organiza e limpa, não é para todos. rsrsrs
    bom ver sua rotina e como enfrenta as pequenas coisas do seu dia a dia.
    bjao, to por aqui sempre!!
    Narinha

  9. Que texto legal! Adoro o teu blog e sinto cada vez mais falta de blogs assim… é como se eu estivesse escutando uma amiga! Muito legal mesmo…

  10. Olá, Thaís!!!
    Sempre que posso dou uma olhadinha no seu blog para conseguir inspiração. Adoro seus comentários e experiências, são maravilhosos!!!
    Lendo o seu texto, percebi que sou uma pessoa normal, mas sem foco, ao contrário de você, sempre focada. Parabéns!!! Grande Bjo.

DEIXE UMA RESPOSTA