ou

Imagem: Getty Images

Planejar é identificar eventos futuros e trazê-los para o presente, de modo que possamos fazer alguma coisa a respeito deles.

Você já parou para pensar no que gostaria de estar fazendo nos próximos dez anos? Onde gostaria de morar? Como estaria a sua carreira?

É claro que a vida é imprevisível, mas deixar tudo “por conta do acaso” pode não ser tão interessante assim, especialmente se você se arrepender de não ter feito muitas coisas que queria. Por exemplo: se você quer ser médica, precisa fazer faculdade de Medicina. Isso leva no mínimo seis anos. Pode parecer um exemplo extremamente óbvio, porém ele ilustra exatamente o que estamos tentando dizer: para tudo o que queremos fazer, deve existir um planejamento.

Colocar no papel nossos objetivos de vida faz com que eles se tornem mais sérios para nós mesmos e, com isso, nos esforcemos diariamente para que eles se tornem reais.

Caso não tenha ainda uma lista assim, faça-a. É simples: basta pegar um papel e caneta e escrever todos os seus objetivos de vida. Não pense que depois eles podem ser alterados; escreva o que sente hoje.

Exemplo de lista de objetivos e metas de vida:

– Viajar pela Europa
– Dar aulas em universidades
– Ter três filhos
– Comprar minha própria casa
– Comprar um carro

Pois bem. São obviamente itens a longo prazo, mas você pode trabalhar em cada um deles a partir de hoje. Colocar suas metas no papel significa que você as está materializando. Tendo-as em foco, fica muito mais fácil de realizá-las, pois você não fugirá de seus objetivos.

Estabeleça agora suas metas para os próximos dez anos. Não precisa divagar sobre o fato de não saber exatamente o que vai acontecer. Nunca sabemos, mas podemos prever determinados acontecimentos. Por exemplo, você se forma na faculdade este ano, quer engravidar em três anos etc.

É muito difícil estabelecer metas para o ano corrente, pois tendemos ao exagero e a metas inalcançáveis. No entanto, liste seus principais objetivos para este ano. Um exemplo de lista:

– Trocar de carro
– Mudar de emprego
– Engravidar

São três grandes mudanças na vida de alguém e todas requerem ações determinadas para que aconteçam. Agora você irá listar sete atividades para fazer no mês corrente (no caso, fevereiro). Segue um exemplo de lista:

– Me habituar a caminhar três vezes por semana
– Ir ao cabeleleiro
– Parar de tomar refrigerante
– Limpar o quarto da bagunça
– Doar roupas velhas para uma instituição de caridade
– Ir em algum show bacana
– Arrumar arquivo de contas

Enfim, são metas mais simples que você pode perfeitamente executar. Tente colocar nessas metas atividades que remetam aos seus objetivos anuais. Por exemplo, se você quer emagrecer 10 quilos até o final do ano, sua meta para este mês é parar de tomar refrigerante e caminhar três vezes por semana.

Faça de tudo para cumprir suas metas mensais. Porém, caso não consiga realizar algum item, reformule-o para outro mês. Mas tente não fazer isso, pois corre o risco de adiar todos os seus objetivos.

Procure manter seus objetivos de vida em um local visível, para que você sempre possa tê-los em mente, focar suas atividades e não desanimar. Um bom lugar é acima de sua mesa no escritório, ou na porta do seu guarda-roupa. Encontre um lugar que não atrapalhe suas atividades mas mantenha sua listinha sempre à vista.

Você também pode gostar de ler o post como estabelecer prioridades e executar tarefas para ter um direcionamento dentro do método GTD.

Thais Godinho
13/01/2012
Veja mais sobre:
30
Um pouco sobre organizadores profissionais
Listas com as rotinas na geladeira
Como viver uma vida mais simples