ou

2012 é o ano conhecidíssimo da profecia maia, onde muitos dizem que o mundo acabará no final do ano etc. Teorias a parte, o assunto nos faz pensar o que faríamos se por acaso passássemos por alguma emergência. Não que vá ajudar muito no caso de o mundo acabar… mas é sempre bom colocar algumas ações preventivas em prática para desastres “menores”.

Por exemplo, você sabe o que sua família deve fazer caso:

  • A casa ou o prédio pegue fogo?
  • Sua rua ou casa seja inundada?
  • Algum parente passe mal, engasgue, tenha um ataque epilético, convulsão ou uma parada cardíaca?
  • Sua casa esteja em rota de furacões e tornados? (temos leitores fora do Brasil <3)
  • Uma grande epidemia assole a população e vocês precisem ficar isolados (conspiração!)
  • Ou simplesmente acabe a luz?

Como se preparar para emergências de qualquer tipo

1. Deixe perto do telefone uma lista com os principais contatos da família, dos amigos, do trabalho e de alguém que more perto de vocês. Lembre-se de ter também os números de emergência (bombeiros, polícia, ambulância). Vale a pena ter um modelo de telefone convencional, em vez dos eletrônicos, para não ficar sem linha caso acabe a luz. Celulares funcionam, mas as redes podem ficar congestionadas em caso de pane geral. Ensine as crianças como, quando e para quem ligar para pedir socorro.

2. Tenha uma caixa de emergência guardada em um local estratégico de casa. Guarde lá: garrafas de água, alimentos não-perecíveis, rádio de pilha com pilhas a mais, lanterna com pilhas a mais, kit de primeiros socorros e medicamentos básicos. O bom de deixar em uma única caixa é que é só pegá-la rapidamente para ter tudo em mãos. Troque os alimentos e as águas a cada seis meses.

3. Faça um curso de primeiros socorros. Se não puder, procure se informar bem sobre o assunto, de modo que saiba o que fazer em todos os casos. Veja aqui um exemplo básico de kit de primeiros socorros.

4. Leia sobre possíveis desastres para saber como aconteceram e como as pessoas lidaram com eles.

5. Prepare a sua casa de acordo com as condições e riscos regionais. Em qualquer região, vale a pena instalar detectores de fumaça (troque as baterias uma vez por ano). Faça uma vistoria na sua casa procurando riscos possíveis e providencie soluções assim que puder. Verifique quais as saídas de emergência e descubra os lugares mais seguros na sua casa para cada tipo de emergência.

O que fazer em caso de emergência

1. Mantenha a calma. Alguém precisa pensar. Lembre-se do que você já fez antes e ponha seu plano em ação.

2. Se houver pessoas machucadas, aplique os primeiros socorros e procure ajuda.

3. Ligue o rádio para saber mais informações. Siga as instruções para emergências.

4. Use lanternas. Não corra o risco de ligar fósforos e causar uma explosão em caso de vazamento de gás. Se suspeitar de vazamentos no geral, feche os registros.

5. Limpe tudo o que estiver derramado que for tóxico (remédios, produtos de limpeza, gasolina, entre outros).

6. Verifique se há abalos na construção (rachaduras, fumaça, vazamentos).

7. Prepare-se para evacuar sua família. Fale com os seus contatos.

8. Fique longe de fios que caíram.

9. Verifique a situação dos vizinhos, especialmente os idosos, com crianças pequenas e bichos de estimação.

10. Prenda ou isole seus animais, para que nada aconteça com eles.

Você tem um plano de emergência? Ficou um pouco preocupada(o) por não ter um? Então providencie! Nunca sabemos quando pode acontecer com a gente ou com as pessoas que amamos.

Thais Godinho
12/01/2012
Veja mais sobre:
12
FLY Lady e GTD: Zonas da semana
Colecione fotos do que deseja comprar, em vez de comprar
Como eu transformei completamente minhas compras no mercado

 

  1. Fiona 12/01/2012

    Excelente dica, Thais! Por acaso nunca tinha pensado nisto mas faz bastnate sentido termos um conjunto de coisas preparadas para qualquer eventualidade. Porque elas efectivamente acontecem e não é só nos filmes. Acho que gtenho aqui um conjunto de coisas para juntar à minha to do list de 2012 :). Bjs

  2. Thais Bessa 12/01/2012

    Mas se eu tenho um plano? rs Tenho varios, se eu entro em um lugar minha cabeca ja faz inconscientemente uma rota de fuga em caso de emergencia. Acho que os treinamentos de seguranca pra ir pra paises em guerra nos meus tempos na ONU me deixaram meio paranoicas, hehe.

    Das emergencias que vc mencionou eu sou tranquila com a maioria: em caso de acidente tem os numeros de tel, incluindo o 999. Aqui nao eh zona de alagamento, tornado, terremoto etc. E teorias conspiratorias, epidemias, fim de mundo eu nao acredito, porque ne.

    Entao tem 2 coisas que me assustam. A primeira eh incendio. Por isso nunca ligo nenhum eletrodomestico nao necessario (tipo lava-roupa, secadora, lava-louca) quando saimos de casa ou quando estamos dormindo (no apartamento sim, mas agora que a casa eh grande, nao). Muitos incendios q ja ouvi falaram comecaram com um curto-circuito enquanto os moradores dormiam or sairam e nao puderam fazer nada. Tendo em vista isso, eh preciso ter alem dos detectores de fumaca (um por andar), tambem extintores de incendio, um por andar. Tambem um cofre fire-proof, porque caso haja um incendio, pelo menos os documentos muito importantes, joias e lembrancas como foto sao salvas.

    A outra coisa que me da medo eh violencia. Por isso faco rotas de fuga, caso a casa seja invadida ou se estivermos em algum lugar e rolar assalto, no transito… Em casa tudo eh trancado, com alarme e conferido sempre. Quando eu for bem rica, vou ter um quarto do panico, rs.

    Quando as criancas estiverem maiores tambem acho importante treinar rotas de fuga e de evacuacao pra casos de violencia e incendio.

    Bjos

    • Thais Godinho respondeu Thais Bessa 13/01/2012

      Thais, como sempre, excelentes contribuições! =) Obrigada por estar sempre presente.

  3. Meire 12/01/2012

    Eu moro em Paris e a escola das crianças que fica na rua da minha casa entregou no inicio do ano letivo, um papel com as instruçoes em caso de emergência, com a frequencia do radio onde iam ser dadas infos, e mais algumas outras que esqueci (veja você e acabei de lembrar que nao sei onde esta’ o papel). Todas as quartas feiras meio dia, as sirenes de emergência tocam em modo teste. Ou seja a cidade tem um plano, eu nao!

    • Thais Godinho respondeu Meire 13/01/2012

      Meire, incrível como os europeus são organizados.

  4. Fabiola 12/01/2012

    Oi, Thaís!
    Gosto muito do seu blog, estou sempre passando por aqui.
    Uma dica legal que li não me lembro mais onde, mas que adotei, é ter uma pasta (eu uso uma maleta)onde fiquem reunidos os documentos mais importantes da família: certidão de casamento, de nascimento, escrituras de imóveis, diplomas, certificados,etc. No caso de algum sinistro, é mais rápido e fácil salvar documentação importante.
    Parabéns pelo blog e feliz 2012 – sem fim de mundo, rs!

    • Thais Godinho respondeu Fabiola 13/01/2012

      Oi Fabíola! Sim, ótima dica. Eu tenho uma pastinha assim também. =)

  5. mari m. 12/01/2012

    Sabe que apesar de ficar imaginando de vez em quando como seria o fim do mundo, nunca tinha parado pra pensar nessas coisas ?

    Sei lá, acho que faz parte da cultura brasileira não se preocupar muito com esse tipo de coisa.. em países que sofrem com terremotos, por exemplo, as pessoas são beeeeeeem mais prevenidas..

    Gostei da abordagem do post 🙂

    Bjs!

  6. Carol 14/01/2012

    Oi, queria saber que dicas vc dá pra quem mora sozinho em caso de emergência. Este ano morarei sozinha, estou longe da minha família. Sempre me preocupo com isso, fico pensando caso eu passe mal, entre outras coisas…

    • Thais Godinho respondeu Carol 20/01/2012

      Carol, algumas coisas do post servem para você – tenha contatos do trabalho, da vizinhança (se conhecer), dos pronto-socorros etc.

  7. Mirela 26/05/2012

    Oi, Thais!
    Sei que estou bem atrasada, mas eu estava lendo os comentários deste post e a respeito deles (especialmente o da Carol), queria mencionar uma informação correlata que vi um dia em um telejornal, onde os bombeiros estavam sendo entrevistados. Pesquisei na internet e o teor da entrevista foi praticamente isso que está abaixo.
    Beijos e parabéns pelo site! 🙂
    – – – – –

    “Samu lança campanha pelo AA Emergência na lista de contatos do celular
    Sáb, 25 de Junho de 2011 11:00

    O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) está lançando uma idéia em todo o Brasil que pode se tornar essencial no salvamento de vidas em caso de acidentes. A intenção é que todas as pessoas registrem nos seus celulares o telefone do parente mais próximo, gravado com o nome “AA Emergência”, para que apareça sempre no começo da lista de contatos do aparelho. Com isso, os atendentes do Samu poderão encontrar mais facilmente a quem avisar em caso de acidente.
    Segundo um levantamento feito pelos Samu espalhados pelo País, as ambulâncias e emergências médicas perceberam que muitas vezes durante o atendimento a acidentes os feridos geralmente têm um celular consigo. No entanto, é difícil localizar na lista de contatos a pessoa mais adequada a ser avisada.
    Dessa forma, o AA Emergência poderá constar o nome do marido, esposo, pai, mãe ou ainda outro familiar que deva ser avisado no caso de algum imprevisto.”

    • Thais Godinho respondeu Mirela 01/06/2012

      Mirela, obrigada pela contribuição. =)