ou

2012 é o ano conhecidíssimo da profecia maia, onde muitos dizem que o mundo acabará no final do ano etc. Teorias a parte, o assunto nos faz pensar o que faríamos se por acaso passássemos por alguma emergência. Não que vá ajudar muito no caso de o mundo acabar… mas é sempre bom colocar algumas ações preventivas em prática para desastres “menores”.

Por exemplo, você sabe o que sua família deve fazer caso:

  • A casa ou o prédio pegue fogo?
  • Sua rua ou casa seja inundada?
  • Algum parente passe mal, engasgue, tenha um ataque epilético, convulsão ou uma parada cardíaca?
  • Sua casa esteja em rota de furacões e tornados? (temos leitores fora do Brasil <3)
  • Uma grande epidemia assole a população e vocês precisem ficar isolados (conspiração!)
  • Ou simplesmente acabe a luz?

Como se preparar para emergências de qualquer tipo

1. Deixe perto do telefone uma lista com os principais contatos da família, dos amigos, do trabalho e de alguém que more perto de vocês. Lembre-se de ter também os números de emergência (bombeiros, polícia, ambulância). Vale a pena ter um modelo de telefone convencional, em vez dos eletrônicos, para não ficar sem linha caso acabe a luz. Celulares funcionam, mas as redes podem ficar congestionadas em caso de pane geral. Ensine as crianças como, quando e para quem ligar para pedir socorro.

2. Tenha uma caixa de emergência guardada em um local estratégico de casa. Guarde lá: garrafas de água, alimentos não-perecíveis, rádio de pilha com pilhas a mais, lanterna com pilhas a mais, kit de primeiros socorros e medicamentos básicos. O bom de deixar em uma única caixa é que é só pegá-la rapidamente para ter tudo em mãos. Troque os alimentos e as águas a cada seis meses.

3. Faça um curso de primeiros socorros. Se não puder, procure se informar bem sobre o assunto, de modo que saiba o que fazer em todos os casos. Veja aqui um exemplo básico de kit de primeiros socorros.

4. Leia sobre possíveis desastres para saber como aconteceram e como as pessoas lidaram com eles.

5. Prepare a sua casa de acordo com as condições e riscos regionais. Em qualquer região, vale a pena instalar detectores de fumaça (troque as baterias uma vez por ano). Faça uma vistoria na sua casa procurando riscos possíveis e providencie soluções assim que puder. Verifique quais as saídas de emergência e descubra os lugares mais seguros na sua casa para cada tipo de emergência.

O que fazer em caso de emergência

1. Mantenha a calma. Alguém precisa pensar. Lembre-se do que você já fez antes e ponha seu plano em ação.

2. Se houver pessoas machucadas, aplique os primeiros socorros e procure ajuda.

3. Ligue o rádio para saber mais informações. Siga as instruções para emergências.

4. Use lanternas. Não corra o risco de ligar fósforos e causar uma explosão em caso de vazamento de gás. Se suspeitar de vazamentos no geral, feche os registros.

5. Limpe tudo o que estiver derramado que for tóxico (remédios, produtos de limpeza, gasolina, entre outros).

6. Verifique se há abalos na construção (rachaduras, fumaça, vazamentos).

7. Prepare-se para evacuar sua família. Fale com os seus contatos.

8. Fique longe de fios que caíram.

9. Verifique a situação dos vizinhos, especialmente os idosos, com crianças pequenas e bichos de estimação.

10. Prenda ou isole seus animais, para que nada aconteça com eles.

Você tem um plano de emergência? Ficou um pouco preocupada(o) por não ter um? Então providencie! Nunca sabemos quando pode acontecer com a gente ou com as pessoas que amamos.

Thais Godinho
12/01/2012
Veja mais sobre:
12
31 ideias de atividades para fazer em família durante a semana
Como economizar água
Faça você mesmo(a): um fogãozinho de brinquedo