ou

Atualmente existem tantos blogs sobre esmaltes que esse assunto já foi abordado bastante por aí, mas eu não tinha falado sobre isso ainda no blog e achei legal ter esse tema. Primeiro vou mostrar como eu organizo os meus esmaltes e apetrechos.

Acessórios que eu uso para fazer as unhas:

Lixas, creme amolecedor de cutículas, alicates e pauzinhos

Esses apetrechos são suficientes. Só depois que eu tirei a foto que reparei que não está aí o meu potinho de lencinhos removedores de esmalte, porque eu deixo na bolsa. Parei de usar acetona há um bom tempo.

Como eu não sou manicure profissional, esses acessórios aí de cima estão de bom tamanho. Procuro afiar o alicate de cutícula a cada seis meses e estou precisando comprar um pauzinho de madeira novo porque esse aí já deu o que tinha que dar.

Com relação às cores, resolvi simplificar para o meu dia-a-dia de trabalho (nada de cores muito fortes), mas mantendo alguns que eu posso usar quando sair à noite ou em outras ocasiões do tipo.

Para mim, uma mulher consegue sobreviver com três esmaltes básicos:

Branco ou renda, rosa bebê e vermelho

Eu já tive muitos, muitos esmaltes (mais de 250). Eles ficavam em uma caixa organizadora de plástico grande e não me incomodavam. O grande problema é que a maioria estragava sem que eu tenha usado mais de uma vez. Então, ano passado, eu resolvi fazer uma limpa geral e diminuir a quantidade de forma que eles coubessem em uma caixa organizadora quatro vezes menor. E não é que consegui?

Mesmo assim, eu ainda acho que tenho muitos:

Uma das minhas resoluções mulherzísticas de ano novo é usar um mesmo esmalte até acabar, semana após semana. Já fiz o teste e dá para ficar mais ou menos uns dois meses com cada vidrinho. As grandes vantagens são: economizar (afinal, você gastará apenas com um vidrinho de esmalte) e não deixar o esmalte estragar, já que ele estará sempre em uso.

Desses vidrinhos aí de cima, alguns eu uso muito pouco. Porém, eu gosto de tê-los como opção quando quero usar algo diferente. Como eles ainda estão bons, eu os mantenho, mas jogarei fora se estragarem, sem dúvida nenhuma. E, quando isso acontecer, eu quero ficar com no máximo meio dúzia deles. A ideia é ter um único vidrinho para usar no dia-a-dia e, quando e SE precisar de uma cor diferente para alguma outra ocasião, eu compro. Do contrário, não.

Eu guardo todos nesta caixinha aqui:

Dá para ter uma ideia do tamanho da caixa vendo o tamanho dos vidrinhos

Na outra caixa grandona, eu guardava todos os vidrinhos na vertical, mas percebi que eles estragavam mais rápido (eles decantavam, ficando esbranquiçados). Depois que eu passei a guardá-los na horizontal, eles passaram a durar mais. Também pode ser porque eu preciso mexer em todos eles quando vou escolher a cor que quero usar, e essa pequena agitada garante a durabilidade das cores.

Essa caixinha fica em uma gaveta do banheiro (por enquanto, pois vou colocá-la no quarto – sei que não é bom deixar no banheiro por causa da umidade, mas nos mudamos agora, estamos nos organizando etc).

Mais algumas ideias para organizar os esmaltes:

  • Fazer uma pintinha da cor do frasco na parte de cima da tampa para saber que cor é sem ter que tirar cada um dos frascos.
  • Fazer uma paleta de cores em CDs transparentes. Isso pode ajudar na hora de escolher a cor que você quer usar. Você também pode fazer em um caderninho.
  • Caixas organizadoras de papelão e madeira, cestos de plástico e prateleiras estreitas são sempre boas opções para guardar os esmaltes. Outra ideia é ter um gaveteiro somente para eles – isso se você tiver MUITOS esmaltes.
No mais, eu acredito que não existe organização sem redução e que ninguém tem tanta mão para 250 esmaltes. Então, minha principal dica com relação à organização de esmaltes é: tenha poucos.

E você, como organiza os seus esmaltes?

Thais Godinho
08/01/2012
Veja mais sobre:
Em casa, Meia hora, Organizar
31
Dicas para mudanças
Inspiração do dia: paredes brancas
Como organizar: Quarto do bebê