Imagem: Getty Images

Eu assino muitos, muitos feeds relacionados a casa, comida, limpeza, decoração, organização, e diariamente tenho recebido muitas atualizações sobre o Natal: planejamento, presentes, artesanato, cardápio etc.

Que tal trocar todo esse estresse relacionado ao Natal por simplesmente… nada?

Este ano, pela primeira vez, eu não estou me preocupando com absolutamente nada relacionado ao Natal. Com a mudança, nossa prioridade de foco e de dinheiro tem sido tornar nosso novo apartamento um lar habitável e isso exclui gastos com presentes, árvore de Natal etc.

É claro que eu tenho a imensa sorte de passar o Natal na casa da minha avó, onde ela organiza tudo (e adora, já é tradição). Se o Natal da família fosse em casa, certamente tudo seria diferente. De qualquer forma, eu reduziria ao mínimo:

  • Cada visita seria responsável por um prato e eu seria a responsável (talvez) pelo peru, pela recepção e pela decoração, o que já é bastante coisa.
  • A decoração seria mínima também: luzinhas baratinhas e uma guirlanda com material reciclável na porta. Não teria árvore de Natal porque nosso filho mexeria nela a todo instante e eu prefiro simplificar.
  • O que fosse necessário comprar – bebidas e utensílios de mesa  eu já teria comprado até novembro, para evitar aglomerações.

Como não é o caso, nada disso foi necessário. Compramos um único presente (para o nosso filho) e um par de luzes de Natal (que vou pendurar depois que as redes de proteção forem instaladas no apartamento).

A sensação é de alívio. Estou vivendo uma época da vida em que quero reduzir tudo ao essencial, para não perder tempo com o que não importa tanto e reduzir meu estresse.

Se você gostou dessa ideia, participe da campanha por um Natal mais simples no Facebook!

12 Comentários

  1. Parabéeeens! Tanto pela mudança, quanto pelo minimalismo de Natal! Eu já fiz essa escolha há alguns anos: não fico desesperada por roupa nova, só compro presentinhos para minhas sobrinhas e enfeito a casa com um arranjo com bolas e velas, só para marcar a data… sem muitas compras, muita aglomeração, horas no trânsito: sem estresse! Bjs e um excelente Natal e Ano Novo!

  2. Eu nunca fui muito estressada com natal…mas sofro por tabela em ver minha mãe agoniada com os preparativos dela. Eu tenho um presépio e luzes q são os mesmos tem uns…sei lá, 5 anos…só inovo na forma de montá-los, a cada ano um lugar diferente, de um jeito diferente… enfim…e este ano comprei uma árvore pequena, natural (pra depois plantar no jardim), pq meu filho já quer participar dos prepativos e queria uma árvore de natal. Propus a toda família q cada um levasse um prato pra minha mãe não ficar tão sobrecarregada este ano, já q sempre passamos o natal na casa dela, e agora, minha única preocupação é preparar o prato q possivelmente vou encomendar, presentes, só para as crianças…então, tô só esperando o papai noel chegar msm! Adorei a idéia de simplificar. O ano novo já é na minha casa, mas como ganhei um peixe…a ceia será simples, peixe assado, a minha tradicional sopa de lentilha, arroz, queijos e frutas…tbm sem estresse este ano. Parabéns pela iniciativa!

  3. Thaís, esse ano foi o primeiro que tivemos árvore em casa, depois de 6 anos de casados. Nossa filha, q faz 2 anos semana que vem, já está maiorzinha e só mexeu na árvore por alguns dias, depois desencanou! rs Deu tudoc erto e montamos pra ela, mas tb estamos pela simplicidade!
    Aliás, esse ano já diminui consideravelmente minha ista de comida natalina, há uns 2 anos atrás comprava mts coisas típicas de natal que mais serviam pra enfeitar os pratos principais que pra serem comidos, já que não faziam o gosto do povo aqui em casa. Agora só vsai pra mesa o que vai ser devorado!
    bjs

  4. Acho que tudo depende… com organização (duh), pode ser bem menos estressante. E sei lá, acho que no seu caso é mais fácil não fazer por conta da religião, mas para os cristãos não tem como deixar passar em branco. Eu acho gostoso a preparação toda, a decoração (mas sem transformar a casa da gente na Casa do Papai Noel dos shoppings), escolher presentes, e principalmente o significado do dia 25.

    Acho que como tudo, tem o meio-termo!

    Bjos

    • Gente, não é para deixar o Natal passar em branco – é apenas um STOP no meio da correria e da loucura que a 99% das pessoas ficam anualmente atrás de presentes, fazendo artesanato, enchendo a casa de tralhas etc. Claro que, com organização e focando em não ter mais tralha em casa, é legal. =)

  5. eu sou apaixonada por esta epoca do ano-coem 3 crianças que deliram com as decorações-todo o dia a arvore de natal tem efeitos a serem trocados-a festa é lá em casa mas cada qual traz um prato a minha parte são as sobremesas ,a decoração da mesa e o perú no dia de natal…não há nada melhor que ter a familia reunida lá em casa

  6. Esse natal vai ser menos estressante, conheci seu blog a 1 mes mais ou menos, estou mais preocupada em desentralhar minha casa ( não imaginava que tinha tanto)e cuidar da decoração permanente .No natal vou usar o que já tenho com uma nova roupagem.As bolinha serão penduradas nas janelas e porta de vidro e luzes na arvore.Presente só pro meu neto Nicolas.
    bjus e Parabens pela iniciativa do Blog.

  7. Perfeito !
    Tb sou assim, não faço ceia em casa, o almoço sempre é nada ou da mãe ou da sogra, e a decoração é o mais simples possivel, e os presentes só p/ as crianças da familia… no dia 24/12 passamos na igreja onde temos uma ceia somente de frutas é uma delicia, então, está td pronto este ano… aliviiiooo bjosssss

  8. Thais minha filha, adoro seus posts!Parabéns por mais um…vivo querendo simplificar minha vida,mas tá difícil me livrar dos problemas que os outros arrumam para mim!Tem como?!Aff…

    Beijos e Feliz Natal para vc,amora¨*

    Ho Ho Ho…

DEIXE UMA RESPOSTA