Imagem: Getty Images

Tem como a gente se livrar de tanto papel? Por enquanto, acho que ainda não, pois recebemos papéis de todos os lados. Mas dá para organizar tudo reduzindo bastante e encontrando soluções de acordo com cada caso. Veja as dicas para organizar:

Correspondência no geral, incluindo contas

O importante é tomar uma providência assim que pegar o envelope na mão. Caso você não queira processar o que chegou assim que entrar em casa, coloque uma caixa de entrada no hall e deposite as correspondências ali, com a condição de resolver aquilo no mesmo dia.

Pegue um envelope na mão e diga: o que fazer com isso?

– É uma conta para pagar? Coloque em uma pasta com contas para pagar.
– É um comprovante do banco ou do FGTS? Coloque na pasta com 12 divisórias (uma para cada mês), onde você arquiva as contas pagas.
– É algo que precisa de uma providência (como telefonar ou ler com calma)? Coloque na sua agenda. 
– É um cardápio ou folheto de delivery interessante? Coloque em um local apropriado perto do telefone (eu uso um porta-guardanapos, porque mantenho poucos) ou arquive em uma pasta catálogo, por categorias.
– É propaganda? Jogue no lixo. 

Se não for nenhuma dessas coisas, jogue fora. Jamais coloque de volta na caixa de entrada para “resolver mais tarde”.

Papéis com dados pessoais

Antes de jogar fora qualquer papel que tenha seus dados (nome, endereço, telefone, documentos, números de cartões etc), picote. Se você tiver espaço para uma fragmentadora de papel, tanto melhor. Nunca jogue no lixo algum papel com dados seus, pois você não sabe onde eles irão parar.

Jornais

O jornal de ontem não vale muita coisa. Eu fui assinante durante anos de um bom jornal, mas cancelei porque leio somente pela internet. Quando quero ler o jornal físico, compro na banca (geralmente aos domingos). Depois de ler, eu separo para reciclagem. Atualmente, guardo um ou outro para embrulhar algumas coisas para a mudança. Você pode querer fazer usos diversos, como forrar a gaiola dos passarinhos ou o chão para o cachorro fazer xixi, por exemplo. O importante é não deixar o jornal empilhado em um canto, sem uso e sem propósito.

Se quiser guardar alguma reportagem interessante, recorte e arquive em uma pasta específica para isso.

Revistas

Hoje, quando vou comprar uma revista, eu penso: “pretendo guardar essa revista?”. Se a resposta for não, eu sequer compro. Já fui muito viciada em comprar revistas, mas hoje compro somente quando quero algo específico ou quero guardar alguma edição especial. Mesmo assim, ainda tenho muitas. Vira e mexe eu faço uma revisão e reciclo a maioria, guardando somente as matérias que possam me interessar no futuro.

Trabalhos de escola das crianças

Guarde durante um ano em uma pasta e, em dezembro, faça uma seleção. Se quiser guardar como recordação, tire foto e jogue fora. Um ou outro mais especial (principalmente desenhos) pode virar item de decoração.

Se você tiver mais de um filho, pode eleger “a obra de arte da semana” para ficar na geladeira durante esse período. Depois, resolva se vai fotografar/jogar fora ou usar na decoração.

Uma alternativa ao lixo é dar de presente para parentes e padrinhos da criança. Com certeza os avós ficarão felizes em exibir a obra de arte dos pequenos em suas casas.

Manuais e garantias

Tenha uma pasta específica para esses dois tipos de papéis. É melhor centralizar tudo em um só lugar dedutivo que ficar quebrando a cabeça procurando mais tarde.

Folhas de rascunho ou para desenhar

Eu mantenho uma caixa (daquelas organizadoras, de papelão), cheia de papéis desse tipo. Se não cabe lá, é sinal que eu tenho mais do que o necessário, então acabo doando ou reciclando.

Cartas e cartões

Apesar de não serem muito usados mais, algumas pessoas ainda enviam. Eu tenho uma caixa onde guardo cartas mais antigas e outra para cartões e acho que é a melhor forma de organizar. O que você precisa ver é se é uma prioridade mantê-las depois de algum tempo.

Folhetos de supermercado

Veja se tem alguma oferta interessante e, se for o caso, recorte e prenda com um clipe na agenda no dia em que for ao mercado. Recicle o resto.

Se você quiser saber mais sobre armazenamento de papéis, leia o post Criando um sistema de arquivos que realmente funcione.

18 Comentários

  1. nossa, papel é realmente meu ponto fraco em termos de organização…e agora terei de organizar definitivamente, pq a nova casa é menor q a anterior e me deparei com o fato de q não cabe tanto papel!!! Agora terei de doar, vender ou jogar fora, apostilas, recordações, etc…as contas eu finalmente consegui organizar…mas, falta tooodo o resto!!! Obrigada pelas dicas, tem me ajudado bastante!!! Ah, eu tenho tbm um verdadeiro histório de exames médicos…será q descarto ou realmente é importante manter?!

    • Aninha, mantenha os que achar relevantes. Coloque em uma pasta-catálogo e etiquete como “histórico médico”.

  2. Caramba Thais! Que Blog LEGAL que vc tem…Quando entrei li alguns posts juro por Deus que pensei- Se a Mônica Geller tivesse um blog, com absoluta certeza seria IGUALZINHO a esse….haahahhahah
    Depois olhando seu perfil cheguei a conclusão que vc tbm acha isso…kkkkk
    Vc é muito Geller!hauhauahuahuahau
    Eu realmente gostei muito do Blog…Sou extremente desorganizada, vou dar uma passada diariamente aqui para ver se eu melhor…..aff…Minha casa esta o caos!

    Bj!

  3. achei este vida organizada, muito neura.
    organizacao é simples é automatico, é muito menos do que toda essa sua neura.
    sao muitos itens, o que para quem ja e desorganizado fica dificil,
    voce deve simolificar com poucos itens e praticos.
    tem um roteiro que saiu na recista claudia, mil vezes melhor que isso.

    • Ana, você deve saber que blogs são visões pessoais. O que serve para mim, pode não servir para você, mas pode servir para outras pessoas. Não tem ninguém neurótico aqui – o blog é justamente sobre como ser organizado SEM NEURAS no dia-a-dia. Sugiro que você acompanhe os textos para perceber isso ou, então, se não quiser, não voltar a visitá-lo então. O tempo é muito curto para a gente perder lendo coisas que não gosta, quiçá para comentar ofendendo os autores.

      PS – Adoro a Casa Cláudia também!

  4. Thaís Godinho, sou uma ex-desorganizada que acaba de descobrir seu blog. Estou lendo há horas e adorando. Minha vida é muito melhor e mais produtiva depois que consegui botar a casa em ordem e me programar para usar o piloto automático. Por favor, não deixe que comentários como o acima te desestimulem. A repercussão positiva é mto maior. Bjo.

  5. Thais, todos os dias leio seus posts que são muito úteis para quem tem a vida cheia como a minha, e gosta de ter a casa organizada. Sua contribuição para nós que visitamos seu blog, é tudo de bom e essencial. Obrigada, viu? Bjs. Teresa.

  6. Thais, tenho papeis de antigos empregos, textos q imprimi e q nunca li, material da faculdade (já sou formada ha 6 anos) e com suas dicas me deu vontade de me desfazer de tudo isso. Vou aproveitar este fim de ano pra colocar a casa e a vida em dia. Mto obrigada por seu blog. Bjs

DEIXE UMA RESPOSTA