Imagem: Getty Images

Você pode ter acordado um pouco desanimado(a) nesta terça-feira. Será que seu trabalho tem a ver com esse sentimento? Faça duas perguntas-chave para definir mudanças em um futuro próximo (ou não):

1. Você está contente?

Você acorda todos os dias pensando que o dia pode ser melhor que o anterior, mas vai se decepcionando com o passar das horas? Você sempre diz que “as coisas vão melhorar quando _______________” (insira sua desculpa favorita aqui).

Estar contente é um estado de espírito. Isso significa que não depende de fatores externos, mas do seu ponto de vista com relação às coisas. Algumas pessoas são reclamonas por natureza e isso pode favorecer o desânimo no dia-a-dia. Controle seus pensamentos, pois às vezes eles são o único impedimento para fazer tudo melhorar na nossa rotina.

Eu repito a pergunta: você está contente consigo mesmo(a)? Se sim, parabéns. Se não, o que pode ser melhorado? Analise profundamente essas respostas.

2. Você faz o que você ama?

Ser bem-sucedido(a) não significa apenas ganhar dinheiro, mas estar satisfeito(a) com a sua situação no geral. Eu me lembro de um momento no filme “O Diabo Veste Prada”, quando os personagens estão em volta de uma mesa de bar e fazem um brinde “aos empregos que pagam o aluguel”, querendo dizer que praticamente todos trabalham em algo que não gostam, mas o fazem porque o emprego paga as contas. É o seu caso? Avalie o seguinte:

É temporário? Esse trabalho é uma ponte para algo que você vise no futuro? Talvez você esteja fazendo um estágio que não gosta muito ou trabalhando em algum lugar mais ou menos até terminar a faculdade, por exemplo. Nesse caso, tendo um objetivo, a coisa muda de figura e dá um impulso para continuar mais algum tempo.

Você não vê perspectiva? Se você está trabalhando em algum lugar que não gosta e não vê qualquer perspectiva de mudança de cenário, é preciso agitar. Eu tenho uma amiga que trabalha como auxiliar administrativo, mas seu sonho é ser chef de cozinha. Ela nunca mudará essa situação se não fizer um curso na área, por exemplo, e ir procurando trabalhos na área.

O que não dá é para viver reclamando.

O sucesso não é igual para todos. Ser bem-sucedido(a), ao meu ver, significa estar satisfeito(a) com a situação atual – aquela sensação de estar onde sabe que é o certo estar. Não tem necessariamente a ver com dinheiro (depende dos seus objetivos), mas esse é o meu ponto de vista.

E para você, o que significa ser bem-sucedido(a)?

7 Comentários

  1. Com certeza ser bem sucedido é fazer o que se gosta! Eu trabalhei alguns anos muito feliz mesmo, acordava empolgada pra ir trabalhar. Hoje a situação é outra, mas sei que é temporária, e mesmo esse trabalho fugindo muito da minha área, eu vejo pontos positivos como ser bem perto da minha casa… chego em casa em 5 minutos, então isso acaba me motivando de certa forma.

  2. Oi Thais, tive dois pinpolhos em seguida, um ja esta com 3 anos e meio e o outro com 1 ano e meio, desde então não trabalhei mais fora, mais estou sentindo a necessidade de fazer algo, estava pensando em trabalhar em casa, estive procurando algum trabalho pela internet, mais como já estou a algum tempo fora do mercado de trabalho estou meio sem noção, tem alguma dica ???? Agradeço muito se puder me ajudar, seu blog é espetacular, me salvou, estou até pensando em trabalhar, coisa que acha impossivel, estava perdida, patinando sem sair do lugar, agora digamos que sobra até um tempinho já…heheh quero fazer algo pra mim

  3. Pra mim, ser bem sucedida é se empolgar com um trabalho e querer fazer cada dia melhor. Eu estou na profissão errada, mas pretendo fazer o que amo o mais breve possível. Sei que não vai ser fácil, mas nunca me perdoaria se não tentasse. Sou farmacêutica e amo pintura em tela.

  4. Nossa mtooo bom o seu blog…estou a duas provas para me formar e realmente tem mta coisa que me ajudou mto nessas organizações de trabalho e faculdade, como vc cita várias vezes…

    Irei aplicar essas suas dicas aqui no meu trabalho!!

    E este post realmente correto…estar num trabalho temporariamente, é estar pensando em um futuro breve para mudanças…Não podemos ter planos se nunca corremos atras para mudá-los!

    Eu gosto do que faço, mas já estou com planos de crescer profissionalmente e isso num periodo curto…

    boa sorte a todos nós

DEIXE UMA RESPOSTA