ou

Eu utilizo o sistema GTD no meu dia-a-dia e posso garantir com todas as letras que ter uma caixa de entrada física é essencial. Trata-se basicamente de centralizar em um só lugar tudo o que chega em casa – de contas a bilhetes que as crianças trazem da escola. Se você é mãe, veja porque ter uma caixa de entrada é fundamental:

  1. Você nunca mais se esquecerá de onde colocou o boletim que precisa assinar.
  2. A autorização de excursão que você precisa assinar certamente estará ali.
  3. O cupom de 10% de desconto em um restaurante no Dia das Mães também.
  4. Você finalmente pode colocar aquela receita que anotou em algum lugar onde não irá perdê-la.
  5. A conta de luz está ali.
  6. A carteira de vacinação do bebê também.
Os usos são infinitos. Considere que você não tem tempo algum para se organizar. Tendo ao menos um lugar para deixar tudo o que chega até você, as informações ao menos estarão centralizadas. Não é a solução para o problema, mas já ajuda. É o primeiro passo.
E como providenciar uma caixa de entrada? Não precisa gastar dinheiro com ela – basta colocar uma caixa ou bandeja perto da porta de entrada. Tenho certeza que você tem isso em casa.
Thais Godinho
10/09/2011
Veja mais sobre:
6
A importância de cada coisa ter o seu lugar em casa
Categorias da despensa
Como acordar cedo – guia prático

 

  1. Vivien Morgato 10/09/2011

    Nós, os desorganizados em tratamento, sempre, sempre, sempre perdemos contas, recibos, dinheiro e chaves.
    Adoro suas dicas, auxiliam meu tratamento.;0)

  2. Ana 10/09/2011

    Ah Thais, suas dicas são tão boas. Ontem mesmo “destralhei” meu quarto. Tirei uma sacola de coisas pra doar e outro saco cheio de lixo e coisas inúteis. Olhava pra cada bugiganga e pensava “Pq eu tenho isso?!!!!”.
    Suas dicas estão fazendo com que eu me torne uma pessoa mais organizada. E tudo é uma questão de hábito.

    Beijo.

    • Thais Godinho respondeu Ana 11/09/2011

      Obrigada você, Ana. Fico contente que esteja conseguindo se organizar.

  3. Sandra 12/09/2011

    Thais:
    Nâo sou mãe, mas já percebi há muito tempo a necessidade de ter uma “central” de entrada. Dessa forma a bagunça não invade a casa toda e é muito mais fácil localizar objetos como chaves, correspondências… Obrigada por compartilhar! Esteja certa que suas dicas ajudam a melhorar a qualidade de vida de muita gente (inclusive a minha!). GRAAAAAAAAAAAAAAAAANDE abraço de uma ex-desorganizada.

  4. daniela valente 10/03/2015

    OI Thais!!
    eu quero te agradecer em primeiro lugar por esse blog incrível que você criou e leva com tanta seriedade e carinho. Eu sou uma desorganizada em tratamento, desde que me entendo por gente sou desorganizada, e com isso vieram muitas consequencias ruins, tipo perder prazos, comprar coisas em duplicidade, fiz isso inclusive com seu livro, comprei duas vezes, contas que não são pagas por não saber onde estão, enfim, minha vida estava um caos. Esse ano de 2015 eu decidi mudar, estou devorando seu blog, seu livro, pesquisando demais na internet e tenho aprendido muito. Enfim sou muito agradecida de verdade pelo blog, pelas idéias, pelo capricho, pelo respeito com que nós leitores somos tratados. Meu desejo por organização é tão grande que vou viajar do Rio para fazer seu worshop ai em São Paulo, não vejo a hora. Pode parecer piegas, mas a organização me trouxe um sentimento de liberdade, sentimento que a bagunça trazia mas de forma falsa. uma excelente noite
    beijo
    Dani Valente

    • Thais Godinho respondeu daniela valente 11/03/2015

      Dani, muito obrigada por compartilhar comigo esse depoimento. Fez meu dia mais feliz. 🙂