ou

Como alguns de vocês sabem (cof), sigo algumas linhas de organização. Dentre elas, o GTD (que, aliás, é um tema que eu preciso falar mais aqui no blog). Gostaria de dar uma dica que venho implementando e tem dado certo. Além de todas as TO-DO lists que eu faço, defini uma regra para tarefas com datas específicas (tarefas, não compromissos): somente 3 por dia. Exatamente: listo apenas 3 coisas que preciso fazer naquele dia, senão o mundo acaba. Exemplo:

– terminar relatório para reunião do dia seguinte;
– comprar o remédio X para começar o tratamento;
– fazer um bolo de aniversário para a minha avó.

São as 3 coisas que eu definitivamente preciso fazer naquele dia em questão. Não adiciono “n” tarefas, correndo o risco de ter que riscá-las e passar para outro dia. Quem utiliza o método GTD sabe que isso é tarefa de calendário, então basicamente é isso – me limito a 3 tarefas. Não que eu só faça essas 3. Se der, faço mais. A questão é: preciso fazer pelo menos essas 3, não importa o que aconteça!

Quando listamos o que precisamos fazer, tudo fica mais fácil. Quando temos poucas tarefas, é mais provável que consigamos terminá-las, porque não sofremos do “estresse da TO-DO list” (falarei sobre ele mais tarde).

Tem funcionado por aqui.

Thais Godinho
04/08/2010
Veja mais sobre:
No trabalho, O dia inteiro, Organizar
4
Leve para o ano novo: manter a caixa de entrada vazia
Como eu organizo a minha agenda atualmente – Outubro 2016
Sexta é dia de encerrar a semana