Concorde em não comprar nada, nem mesmo recipientes para ajudá-lo(a) a se organizar. No momento você não tem certeza do que possui e como vai armazenar tudo. Comprar mais só aumentará a quantidade de tralha que precisa separar. Em vez disso, economize seu dinheiro. Pode ser também que o que você acha útil hoje se torne inútil amanhã, e terá gasto seu dinheiro a toa. Guarde.

19 Comentários

    • Eu sou assim também ,não posso entrar numa loja,se vejo algum pote bonitinho quero comprar,mas estou aprendendo a me controlar,e com a ajuda do blog to melhorando. =)

    • estou justamente fazendo isso no momento. um jejum de compras. como é dificil.. eu nao percebia o quanto eu comprava… estou percebendo que varias coisas posso deixar pra depois, outras, eu seguro por causa do jejum!! beijos

  1. estou justamente fazendo isso no momento. um jejum de compras. como é dificil.. eu nao percebia o quanto eu comprava… estou percebendo que varias coisas posso deixar pra depois, outras, eu seguro por causa do jejum!! beijos

  2. Estou começando a fazer isso, um ano sabático sem compras de roupas, calçados, acessórios, cds, dvs e livros, artigos de cama, mesa e banho, eletrônicos, eletrodomésticos, objetos de decoração, objetos diversos, etc. Permitido comprar alimentos, produtos de limpeza, produtos básicos de higiene, medicamentos, materiais para conserto e gastos moderados com conserto de roupas e objetos. Demais gastos que não envolvem a compra de objetos, serão todos moderados, onde puder cortar será cortado. Assim espero me livrar de dívidas com cartão de crédito, cheque especial e crediário. Em 2015 quero estar lidando melhor com meu dinheiro, comprando de forma mais consciente, levando uma vida mais leve e mais feliz.

    • Natália, li esse post hoje juntamente com os comentários. Achei interessante sua decisão para se livrar das dívidas com cartão de crédito. Olhei a data e percebi que já se passou um ano. Se puder contar como foi esse ano sem compras, ficaria grata em aprender com sua experiência. Abraço!

DEIXE UMA RESPOSTA