ou

Ultimamente a prioridade na minha vida tem sido a compra do meu primeiro apartamento. É uma loucura, gente. Você se depara com cada tipinho em imobiliárias, apartamentos ruins, caros, lugares feios. Mas está tudo correndo bem. Por isso, vou postar aqui algumas dicas para ajudar quem estiver passando por esse processo assim como eu:

* Quando você for a uma imobiliária, os corretores mostrarão primeiro os imóveis que estão encalhados por algum motivo. Não caia nessa! Seja bem claro desde o início sobre o que você está querendo e negue veementemente todas as opções que não têm nada a ver, mesmo quando o fulano insiste que você dê “somente uma olhadinha”. Não valem a pena, o tempo e o esforço.

* Determine um valor máximo que você pretende pagar. Feito isso, monte uma planilha no Excel com o valor das prestações, taxa de condomínio e todos os gastos. Estou montando uma assim pra mim, e assim que eu estiver satisfeita com ela eu posto o modelo aqui para que todos aproveitem. Vou colocar inclusive as mudanças que quero fazer no imóvel (piso, iluminação, tinta etc).

* Mantenha o foco. Se você quer um apartamento perto do seu trabalho, não se distraia com um maravilhoso e mais barato do outro lado da cidade. É claro que você deve ficar atento às opções mais em conta e maiores, mas veja se são melhores no contexto geral. Morar perto do trabalho ou, ao menos, em um lugar que facilite o seu dia-a-dia até ele faz toda a diferença.

* Procure plantas de apartamentos similares ao que você quer comprar pela Internet. Uma busca no Google dá uma boa idéia. Você também pode ver idéias de decoração e reforma, para ir se programando. Mas não gaste todo o dinheiro da entrada em revistas de decoração! Eu quase caí nessa.

* Acho que isso qualquer um já sabe, mas vale a pena reforçar: pesquise muito, muito, MUITO. Você encontra imóveis feios e velhos mais caros que muitos bonitinhos e mais novos, ou reformados. Nem sempre preço é garantia de melhor escolha.

Thais Godinho
03/10/2007
Veja mais sobre:
3
Rapidinhas: home-office minimalista
Destralhe e organize sua casa para 2013

 

  1. Ana Paula Cunha 10/07/2012

    Oi Thais, tudo bem?
    Uma amiga me indicou seu blog e estou amando, tenho um filha de 2anos e ele está sendo perfeito…
    Quando vi o título sobre “a procura do apartamento perfeito”, não acreditei que até nisso também irá me ajudar..rs…
    Neste texto acima você fala de uma tabela do excel. Você chegou a postar o modelo aqui?
    Se puder me enviar ou me indicar onde está me ajudaria imensamente!

    Muito Obrigada e Parabéns!!!!

    Bjos

    Ana Paula

    • Thais Godinho respondeu Ana Paula Cunha 11/07/2012

      Ana Paula, postei sim. Precisa dar uma vasculhada nos arquivos. =)

  2. Daniel Ferreira 06/10/2012

    Olá Thais! Gostei muito do seu site, tem muitas dicas ótimas, mas não concordei com tudo o que falou nesta matéria, sou corretor e dono de imobiliária e também trabalho para uma construtora. Penso que bons e maus profissionais existem em todos os lugares e profissões, não acredito que nenhum corretor vá mostrar primeiro o que está “encalhado”, pois ele ganha se ele vender um imóvel bom ou um ruim.

    Quando a busca do imóvel perfeito tem que começar primeiro com algumas perguntas básicas, por exemplo: Quanto eu posso pagar? (sinal, financiamento e parcelas); Depois: novo ou usado; Qual é a melhor localização? Pois o preço do imóvel está atrelado principalmente por, localização, tamanho e condição do imóvel. Acredito que recorrer a ajuda de um bom profissional poderá lhe poupar tempo e dinheiro.